back to top

Este projeto pode te dar uma luz na hora de escolher seu candidato

Entrevistamos Gui Mohallem, um dos criadores do #VoteLGBT que listou todos os candidatos que apoiam os direitos da comunidade gay.

publicado

BuzzFeed Brasil: Como surgiu a ideia do Vote LGTB?

Gui Mohallem: A ideia surgiu no âmbito da revista Geni, da qual algumas pessoas que coordenam a campanha fazem parte, como uma série de reportagens sobre a inclusão de pautas feministas e LGBT nas discussões internas dos partidos políticos. Com a proximidade das eleições e a crescente presença de fundamentalistas LGBTfóbicos no cenário político, achamos que era necessária uma ação mais direta, visando especificamente o processo eleitoral.

Publicidade

BuzzFeed Brasil: Como está sendo feito esse levantamento dos candidatos?

Gui Mohallem: É um trabalho de formiguinha, de olhar candidato por candidato, quem tem no material de campanha propostas que defendem a cidadania lgbt. O site pretende listar todos os candidatos ao Legislativo brasileiro, em nível estadual e federal, que explicitem, em material de campanha, propostas que contemplem a diversidade sexual e apoio aos direitos LGBT. As candidaturas podem ser consultadas por estado e por cargo.

A gente tem recebido muitas sugestões de nomes também, mas a gente só põe depois de averiguar no site ou página da pessoa se tem mesmo propostas

BuzzFeed Brasil:Quantas pessoas estão nesse processo?

Gui Mohallem: Muito poucas, são cerca de quatro pessoas tocando e duas apenas focada na pesquisa. O coletivo tem 14 pessoas ao todo mas cada um toca uma ou algumas áreas, que são muitas. além da pesquisa tem programação, diagramação, ilustração, divulgação, relações públicas, etc.

Publicidade

BuzzFeed Brasil:Muitos criticam a escolha de candidatos por conta de uma única pauta, no caso a LGBT. O que vocês teriam a dizer sobre isso?

Gui Mohallem: Primeiro, acho que encampar uma agenda pró LGBT diz que pelo menos o candidato não é ligado ao conservadorismo e isso é um indício de que ele pode ser ligado à defesa dos direitos humanos como um todo, incluindo outras minorias. Mas a gente não indica um candidato ou outro. A gente tem no site candidatos de vários partidos e de várias corrente ideológicas. A ideia é que pessoa possa pesquisar e escolher a partir dessa pauta e não somente baseada nela. O importante é fazer resistência ao conservadorismo que tomou conta do congresso.

BuzzFeed Brasil: Quais os planos para o projeto depois da eleições, vão seguir acompanhando os candidatos?

Gui Mohallem: Nosso foco é exclusivamente o período eleitoral, até 5 de outubro, quando serão eleitos os representantes do Legislativo. Após isso não temos nada planejado, mas as informações coletadas durante a campanha serão mantidas no ar, no nosso site.

Para acompanhar os candidatos com propostas pró LGBT basta clicar aqui.

Em parceria com