go to content

"Estamos sendo exterminadas como animais", diz Marilac sobre crimes contra trans

Travesti conhecida por meme dos "bons drinks" postou imagem maquiada e vídeo para chamar atenção aos crimes contra transgêneros.

publicado

A travesti Luisa Marilac postou em seu Facebook na noite de ontem uma imagem sua com lesões por todo o rosto.

instagram.com

Seus seguidores começaram então a perguntar se estava tudo bem e o que tinha acontecido.

Duas horas depois, ela postou a foto em seu Facebook, seguida de uma lista com 70 nomes de transgêneros que foram agredidos e o tipo de violência que sofreram, indo de agressão a assassinato.

facebook.com

Na manhã de hoje, Luisa divulgou um vídeo explicando a ação.

"Meu nome é Luisa Marilac, sou travesti e fui vítima da transfobia, a transfobia existe, a transfobia mata", diz a travesti no começo do vídeo.

Em seguida Luisa indaga: "Assustei vocês aí de casa hoje, né? Também tenho me assustado todos os dias quando eu ligo o computador e recebo mensagem que mais um travesti (sic) foi assassinado, que mais um travesti tomou tiro, levou facada...", desabafa.

"Nós somos a minoria, precisamos da ajuda de vocês que são a maioria para cobrar. Estamos sendo exterminadas como animais, como bicho. Matam fazem o que querem e ninguém faz nada," explicou Luisa.

Veja este vídeo no YouTube

youtube.com

Ela então relatou um trecho de sua história e explicou que quer fazer de tudo para dar visibilidade à comunidade trans.

"A mulher trans tá sofrendo pão que o diabo almoçou, o jeito que ficou minha cara ali (na foto) muitas mulheres já ficaram. Eu levei sete facadas, perdi um pulmão e minha cara ficou pior que aquilo ali. Mas eu sobrevivi pra contar aqui."

Segundo o último relatório sobre violência homofóbica no Brasil da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) publicado em 2012, mais da metade dos crimes homofóbicos são contra transgêneros.

De acordo com a pesquisa, as travestis foram as mais vítimas de violência homofóbica, sendo 51,68% do total; seguidas por gays (36,79%), lésbicas (9,78%), heterossexuais e bissexuais (1,17% e 0,39% respectivamente).

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss