back to top

34 coisas sobre a relação dos brasileiros com o pornô que você provavelmente não sabia

Ninguém quer ver pornô no Ano-Novo e as atrizes mandam CV para conseguir um papel.

publicado

1. Realmente no Brasil o Carnaval é sagrado: durante a data, o site de vídeos pornôs RedTube tem uma queda de até 17% na audiência.

2. No Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Espírito Santo, a queda de audiência no site é de, respectivamente, 19%, 18% e 17% durante o Carnaval.

3. As mulheres brasileiras curtem mais pornô do que as do resto do mundo. Segundo o RedTube, elas são 33% da audiência, 8% a mais do que a média mundial.

4. Também somos acima da média quando o assunto é ver pornô no telefone: 65% dos brasileiros assistem pornô do celular, 15% a mais que o restante do mundo.

5. Já 30% usam o bom e velho desktop e só 5% aproveitam o tablet para ver vídeos pornôs.

6. Manaus é a campeã de assistir pornô pelo celular: 75% dos manauaras preferem ver os vídeos na telinha.

7. E se analisarmos o restante do mundo, a gente também ganha em tempo médio: ficamos 31 segundo a mais que a média mundial.

8. Ah, e o tempo médio de visita dos brasileiros é de 9 minutos e 6 segundos por visita.

9. Segundo o Alexa, um serviço que faz um levantamento de acessos em sites no mundo todo, o 20º site mais acessado no Brasil é agregador de vídeos pornôs XVideos, na frente de sites como o da Fazenda (usado para declaração do Imposto de Renda), Correios, Banco Itaú e até redes sociais como Tumblr.

10. Segunda-feira é o dia oficial do pornô, quando o site atinge seu pico de audiência.

11. Já o sábado é o dia menos popular para assistir a filmes eróticos.

12. Falando em mês, janeiro é o campeão.

13. Já durante o mês de junho é quando as pessoas menos buscam filmes pornôs.3

14. E o horário em que os brasileiros mais acessam o RedTube é das 22h às 1h.

15. As cinco categorias mais buscadas são: Lesbian (lésbicas), Anal, Teen (adolescentes), Mature (maduros) e Shemale (travesti).

16. Nós visitamos 89% a mais a categoria Shemale (travesti) do que o restante do mundo. Também vemos muito mais as sessões latina (+75%), anal (+33%) e dupla penetração (+12%).

17. Já os cinco termos de busca mais usados são: Brasil, brasileira, lésbicas e "putinha brasileira".

18. Os termos mais curiosos são hentai (9º) e panteras (23º), que é o equivalente ao termo "cougar", que segundo a pesquisa do RedTube significa "mulher madura, sedutora e voluptosa".

19. A atriz pornô brasileira Julia Paes é a campeã de busca de astros pornôs no Redtube, em segundo lugar está a americana Alexis Texas e em terceiro a libanesa Mia Khalifa.

20. Dos 24 astros e estrelas pornôs mais buscados no Brasil, só dois são homens: o brasileiro Kid Bengala, em sétima posição, e o americano Mandigo, em 17º lugar.

21. Já em 2015, o primeiro lugar no ranking de astros pornôs foi o Kid Bengala, seguido pela Mia Khalifa e, em terceiro lugar, a brasileira Marcia Imperator.

22. A faixa etária que mais assiste pornô no Brasil é a de 18 a 21 anos, e soma 43% do total. No mundo, esse público soma 27% da audiência.

23. Em compensação, o público brasileiro para de assistir pornô mais cedo: no Brasil, os usuários com mais de 45 anos somam 15%, já no mundo, 29% do total de visitantes.

24. A data campeã de queda de audiência é a noite do ano novo, quando 58% do público deixa de assistir vídeos eróticos. Em seguida a noite de Natal (-57%), primeiro dia do ano (-34%), dia de Natal (-28%) e a Sexta-Feira Santa (-17%).

25. Segundo o levantamento de 2015 do PornoHub, a pesquisa por "Hentai 3D" cresceu 700% no Brasil.

26. Em 2015, os termos Pokemon e Scooby Doo, aumentaram, respectivamente, 157% e 134%.

27. Em 2015, 410 mil pessoas assinavam canais adultos de TV paga.

28. Só em 2015, a Playboy do Brasil, que soma 10 canais adultos em VOD (Video On Demand), vendeu 4,5 milhões de filmes.

29. No Brasil, para se candidatar à vaga de atriz/ator pornô, é preciso enviar currículo por e-mail. As atrizes normalmente têm entre 20 e 30 anos.

30. Em geral, a segunda etapa é presencial e é preciso responder a um questionário com aproximadamente 15 perguntas, que vão desde conhecimento da família sobre a intenção de trabalhar com pornografia até se contam com cicatrizes pelo corpo.

31. Segundo a "Brasileirinhas", uma das produtoras de vídeos eróticos mais conhecidas do Brasil, a maioria dos que tentam seguir carreira são homens: são 50 e-mails com currículos deles a cada dez delas.

32. 90% dos homens que conseguem um teste para fazer uma cena acabam não conseguindo terminar a cena. Segundo a "Brasileirinhas", os diferenciais para contratação deles é ejacular muito e o tamanho do pênis.

33. A faixa etária dos atores pornôs é de 30 a 42 anos e, segundo os produtores da "Brasileirinha", todos tomam medicamentos para potencializar a ereção.

34. Segundo essa matéria do UOL, a média de salário para 95% das atrizes é R$ 3.000 por filme; já a dos atores, R$ 500 por produção.