back to top

Kim Kataguiri diz que PT quer "jogar fogo" na crise política

Para Rogerio Chequer, líder do Vem Pra Rua, anulação de sessão impeachment não tem "pé nem cabeça.

publicado

Para movimentos que lideraram as manifestações anti-PT desde o ano passado, a decisão do presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), de anular a sessão que aprovou a continuidade do impeachment não tem efeito prático e foi uma espécie de última tentativa dos governistas de jogar gasolina na crise política.

“Este mesmo recurso da AGU (Advocacia-Geral da União) já havia sido rejeitado pelo Supremo Tribunal Federal e, agora, o Maranhão aceita quando não está mais na competência dele? O processo já está no Senado”, criticou Kim Kataguiri, líder do MBL (Movimento Brasil Livre).

“É só fumaça. O que os petistas querem é jogar fogo na crise política agora que estão vendo que vão sair do governo”, disse o ativista. O MBL está convocando uma manifestação na avenida Paulista, em São Paulo, a partir das 19h desta segunda (9).

Rogerio Chequer, líder do Vem Pra Rua, se mostrou indigando com a decisão de Waldir Maranhão: “Não tem pé nem cabeça. O processo já se encerrou na Câmara e já está no Senado”.

O presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Paulo Skaf, ainda não se pronunciou.