back to top

25 coisas que só quem comprava revistas de videogame vai se lembrar

Marjorie Bros, Baby Betinho e Akira E. Agora da SuperGamePower.

publicado

1. Você sabia qual game era importante porque estampava a capa.

Reprodução / Super Gamepower

2. E era assim que você ficava sabendo das novidades.

Descanse em paz, Dreamcast.
Reprodução / SuperGamePower

Descanse em paz, Dreamcast.

3. A melhor edição do ano era sempre no mês da E3.

Todo gamer já sonhou em poder ir na E3.
Reprodução / SuperGamePower

Todo gamer já sonhou em poder ir na E3.

4. Este era o máximo de informação que você tinha por edição.

Parece pouco, mas na época era suficiente.
Reprodução / Gamers

Parece pouco, mas na época era suficiente.

5. Existiam vários tipos de reviews, como os pequenininhos.

Reprodução / SuperGamePower

6. E também os enormes.

Especialidade da revista Gamers.
Reprodução / Gamers

Especialidade da revista Gamers.

7. Eles ainda faziam um menorzinho para quem queria ir direto ao ponto.

Reprodução / Gamers

8. Você ficava maluco quando saiam boatos como estes.

Reprodução / Gamers

9. Que depois virariam capas como esta.

Reprodução / Ação Games

10. Algumas imagens dos games você via nesta qualidade.

Dava bastante margem para imaginação, e também para a decepção.
Reprodução / Gamers

Dava bastante margem para imaginação, e também para a decepção.

11. E era aqui que você sabia o que estava bombando nas locadoras.

Reprodução / Ação Games

12. O pessoal mandava seus recordes para as revistas publicarem e desafiarem os outros leitores.

Reprodução / Gamers

13. Antes da popularização da internet e dos 'detonados' no YouTube, os leitores mandavam cartas para conseguir desempacar nos jogos.

Imagina esperar semanas para finalmente passar uma fase?
Reprodução / SuperGamePower

Imagina esperar semanas para finalmente passar uma fase?

14. Mesmo depois de um tempo, a internet não tinha as informações que o pessoal precisava, então eles mandavam email.

Reprodução / SuperGamePower

15. Você acha que reclamões são exclusividade da era da internet?

Ah, não são mesmo.
Reprodução / Ação Games

Ah, não são mesmo.

16. Era nesta seção que os gamers se livravam dos seus consoles antigos.

Tem muita coisa cara ai, hein?!
Reprodução / SuperGamePower

Tem muita coisa cara ai, hein?!

17. A pedido dos leitores, a SuperGamePower fazia joguinhos dos 7 erros em suas edições.

Reprodução / SuperGamePower

18. Era nesta página que você babava e queria ficar rico só para poder comprar TUDO que tinha nela.

Reprodução / SuperGamePower

19. Para saber os golpes de cada personagem dos jogos de luta, você tinha que colecionar páginas como estas.

Reprodução / Gamers

20. O que nos faz lembrar dos maravilhosos DETONADOS.

Reprodução / SuperGamePower

21. Caramba, como estes mapas eram úteis!

Reprodução / SuperGamePower

22. A Ação Games tinha uma seção com uma gata que jogava videogame.

Nesta aqui, Alessandra Scatena diz que preferia o Atari. Não tão gamer assim...
Reprodução / Ação Games

Nesta aqui, Alessandra Scatena diz que preferia o Atari. Não tão gamer assim...

23. Se você era um colecionador, esta página era bem tentadora.

Reprodução / Gamers

24. Você tinha MUITA vontade de ir na Sports Arcade.

Reprodução / SuperGamePower

25. Assim como tinha vontade de ligar para este número.

O que faltava era coragem mesmo.
Reprodução / SuperGamePower

O que faltava era coragem mesmo.

Veja também:

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.