go to content

Desvendamos tudo o que você queria saber sobre o coletor menstrual

Uma boa opção para quem quer economizar, produzir menos lixo ou costuma ter alergia aos absorventes comuns!

publicado

Faz algum tempo que o coletor menstrual virou assunto entre as mulheres e há grupos no Facebook com mais de 30 mil membros discutindo o dito cujo.

Se você nunca ouviu falar dessa maravilha, ele nada mais é que um copinho de silicone medicinal que pode ser colocado no canal vaginal durante os dias de menstruação, substituindo o absorvente.

Devemos admitir que não é fácil entender como a coisa funciona assim de cara, então o BuzzFeed Brasil resolveu fazer as perguntas básicas para quem vai comprar seu primeiro coletor menstrual. Conversamos com as médicas Patrícia Rossi, ginecologista e obstetra do Conjunto Hospitalar do Mandaqui, e Luciana Taliberti, ginecologista e obstetra do Hospital e Maternidade São Luiz Itaim, e o resultado você vê a seguir:

1. O material é durável, pouco alergênico e não promove a proliferação de bactérias.

instagram.com

Ou seja: uma boa opção para quem quer economizar, produzir menos lixo ou costuma ter alergia aos absorventes comuns.

2. Existem várias marcas conhecidas e confiáveis de coletor menstrual e você consegue comprar online em sites brasileiros.

Dentre as principais estão InCiclo (R$ 79), Meluna (R$ 75) e HolyCup (R$ 77), que têm loja virtual, revendedoras autorizadas e a possibilidade de parcelar o valor. Pesquise a marca que você vai comprar: às vezes o coletor baratinho vendido por desconhecidos não é feito de silicone medicinal e pode ser prejudicial a sua saúde.

3. As marcas costumam ter mais de um tamanho de coletor, o que facilita na escolha ideal para você.

No geral, o tamanho varia se você tem mais ou menos de 30 anos e se já teve filhos. O fabricante Meluna disponibiliza as medidas exatas de cada copinho aqui.

4. A vida útil do coletor menstrual é longa (durando anos), então ele pode ser reutilizado por várias menstruações.

instagram.com

Alguns podem durar até dez anos, se não forem avariados com o uso, caírem no sanitário, queimarem na hora de higienizar… É só checar a vida útil com o fabricante.

"O silicone medicinal é um material durável, não teria porque se desfazer de algo que está em boas condições", explica Patrícia de Rossi, ginecologista e obstetra do Conjunto Hospitalar do Mandaqui, em São Paulo, em entrevista ao BuzzFeed Brasil.

5. A primeira vista o coletor parece caro, mas quando você coloca na ponta do lápis, ele sai mais em conta do que comprar absorventes todo mês por anos.

E acabou o drama de ter um com abas, um sem abas, um noturno, um diário, um com cobertura seca, um com…. Enfim, você sabe!

Faça aquela conta básica: quantos pacotes de absorvente você compra por mês? Em quantos meses de absorvente você pagaria um coletor? Você pode conferir uma conta rápida feita pelo fabricante InCiclo aqui, que calcula uma média de gasto de R$ 210,64 por ano com absorventes. Mas você sabe quanto custa para você!

6. Você não precisa ter mais de um coletor, só se quiser.

Mas se você se sentir mais segura para manter sempre boa a higienização do coletor, alternando durante o ciclo, claro, tudo bem.

7. Para colocar o coletor menstrual, você dobra ele e ele deve se abrir no canal vaginal. E sim, ele vai caber!

instagram.com

Não é tão grande assim, além de ser de um material flexível. "Quando você coloca o coletor no canal vaginal, ele deve se abrir como um guarda-chuva", explica a doutora Patrícia. Para checar se ele está aberto, você pode tentar girá-lo ou passar o dedo em volta dele.

8. Existem várias dobras para encaixar o coletor. Se não der certo na primeira, tente outras com muita calma.

Você encontra tabelas, dicas e até vídeos no YouTube explicando as dobras. Veja qual funciona melhor para você.

9. Você não vai "sentir" o coletor dentro de você se ele estiver no lugar certo.

"Nessa região, os dois terços superiores da vagina não tem sensibilidade como a pele", explica a médica Patricia.

10. Se estiver difícil de colocar o coletor, tente passá-lo na água para “deslizar melhor”.

instagram.com

"Nunca tente com lubrificantes ou óleos", explica a médica Patrícia Rossi. "Eles podem danificar o material e causar alergias", diz.

11. Não tente colocar o coletor “para cima”. Direcione ele na horizontal, em sentido ao ânus.

Se você colocá-lo muito para "o alto", sentirá incômodo ou um aperto na bexiga. Simples: retire e coloque novamente. Você precisa descobrir qual a melhor posição para você (em pé, com a perna levantada, agachada).

12. É possível que o cabinho do coletor te incomode. Não tem problema nenhum cortá-lo ou usar o coletor do avesso.

instagram.com

Existem opções de cabinho como haste, bolinha e anel.

13. Uma vez bem colocado, o coletor não sai do lugarzinho dele.

"O que mantém o coletor no lugar é o assoalho pélvico, uma musculatura que fica contraída o tempo todo", diz Patricia. Ela explica que a região tem uma parte muscular rápida, aquela da seguradinha do xixi, que é voluntária, e uma que se mantém reflexamente, é essa parte que mantém o coletor no lugar. "O coletor tem pequenos furos que promovem vácuo, garantindo que ele fique no lugar", explica.

14. Você pode ficar até 12 horas com o coletor! Mas para saber quantas vezes precisa esvaziá-lo por dia, só mesmo usando e conhecendo seu fluxo.

"A gente recomenda que nos dias de maior fluxo a pessoa confira o coletor no intervalo que trocaria absorvente interno", diz a doutora Patrícia. Mas se você está no trabalho e tem dificuldades de tirar e colocar o coletor, pode ficar tranquila e esperar chegar em casa, desde que não ultrapasse 12 horas sem retirá-lo.

15. Provavelmente seu fluxo é menor do que você imagina.

instagram.com

É o que relatam diversas usuárias dos coletores menstruais. Uma vez reunido em um coletor, você percebe que não é tanto sangue assim e que o copinho não fica sempre cheio.

Para visualizar a quantidade do fluxo: o coletor tamanho M da marca Meluna comporta 20 ml e o fluxo menstrual médio de uma mulher varia entre 30 e 80 ml durante todo o ciclo.

16. Para tirar o coletor você deve apertar a base dele com cuidado e puxá-lo. Fazer uma forcinha com o assoalho pélvico, como quando você vai fazer cocô, pode te ajudar na tarefa.

Se estiver muito cheio vai vazar um pouquinho, mas como já conversamos, você possivelmente menstrua menos do que imagina. E se vazar, é limpar e seguir em frente.

17. Você pode descartar o sangue no vaso sanitário ou na pia, e em seguida enxaguá-la. Não precisa ter nojinho!

O sangue é seu, amiga. E ele não tem cheiro!

18. Antes de recolocar, lave o coletor com água. Se você está num banheiro sem pia na cabine, usar uma garrafinha de água já ajuda!

Você também pode usar sabonete neutro para higienizar, mas sempre neutro, para evitar alergias e irritações. E se não rolar uma aguinha mesmo, limpe com papel, recoloque e não esqueça de lavar na próxima vez.

19. Ferva o coletor de cinco a dez minutos para uma limpeza power ao fim de cada ciclo.

instagram.com

Mas como qualquer coisa no fogo, fique perto para verificar se o coletor não está queimando! Se ele queimar, será preciso trocar por outro.

20. Quem usa DIU ou anel vaginal anticoncepcional pode usar o coletor menstrual sem problemas.

Patricia Rossi explica que para retirar o DIU é preciso de esforço. "Se o corpo expulsá-lo, não vai ser por causa do coletor", diz. Já o anel costuma ser usado fora do tempo de fluxo, mas você pode usar os dois se preciso, sem problemas. "Você pode até colocar o anel depois do coletor se preferir, ele não tem lugar específico, só precisa estar aberto e encostando nas paredes da vagina", diz.

21. O coletor não vai sair do lugar enquanto você faz suas necessidades.

A força para fazer cocô não move o coletor de lugar, mas se você sentir incômodo, é só retirá-lo, fazer as necessidades, a higiene e recolocá-lo. Quanto ao xixi, vale lembrar que ele sai pela uretra e o coletor fica em outro orifício, no canal vaginal.

22. Você não precisa usar absorvente com o coletor. Mas nos primeiros ciclos, se estiver insegura, pode usar os dois até pegar o jeito.

Talvez leve algumas tentativas para você colocar o coletor no lugar certo e para se sentir segura de que não vai vazar sangue. Mas a ideia, é claro, é usar só o coletor!

23. Sim, você pode usar só o coletor, sem alternar com absorventes, durante todo o ciclo.

instagram.com

Garantindo a boa higienização do coletor tá tudo certo!

24. Não use o coletor menstrual durante as relações sexuais.

Informação meio óbvia, mas não custa lembrar. Além de não ser recomendado, seu parceiro pode se machucar com a haste.

25. Se você estiver com infecção urinária ou uma DST, melhor não usar o coletor.

A médica Luciana Taliberti explicou ao BuzzFeed Brasil que o uso do coletor não é contraindicado, mas ela sugere evitá-lo. "Ele pode causar incômodos e, caso esteja contaminado, provocar infecções e piorar o quadro da DST, dependendo do tipo, ou da infecção urinária", diz.

26. O coletor é uma ótima opção para quem faz esportes, inclusive natação!

instagram.com

E bicicleta e Pilates e… Sim, ele é indicado para qualquer esporte! Há até coletores específicos para quem pratica atividades físicas com frequência, como esse aqui.

27. O coletor menstrual não deve ser usado durante o período pós-parto.

O sangramento durante a quarentena não é menstruação. "Trata-se do fluxo loquial e precisa ser eliminado", explica a ginecologista e obstetra Luciana Taliberti.

28. Se o coletor cair no vaso sanitário você deve comprar outro.

Ferver o coletor não vai desinfetá-lo e tanto os fabricantes quanto as médicas que conversaram com o BuzzFeed Brasil concordam que será preciso comprar outro. Dica: não manuseie ele quando estiver usando o vaso.

Também é preciso comprar outro coletor se você perceber alguma alteração de textura no coletor, alguma ranhura ou se ele queimou durante a fervura.

29. Seu coletor é de uso pessoal e intransferível, ok?

Nada de "ai amiga, você esqueceu? Usa o meu!".

30. Usar coletor é um exercício de autoconhecimento.

instagram.com

Em alguns grupos do Facebook, como o Coletores Brasil - menstrual cups, as participantes falam coisas muito legais, sobre como o uso do coletor ajuda a conhecer melhor o próprio corpo.

Talvez pareça confuso, talvez leve um tempo para você se acostumar ou colocar ele direitinho, talvez você ache que não vai caber, talvez você não tenha o costume de ter contato com sua vagina ou com o sangue menstrual. Tudo bem, essa é uma oportunidade de você se conhecer melhor.

E se você não se adaptar, tudo bem também, claro!

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss