back to top

Sete dicas da Fluvia Lacerda para encontrar seu estilo pessoal

A modelo plus size conversou sobre estilo e autoimagem com o BuzzFeed Brasil.

publicado

Com 14 anos de carreira no mundo da moda, não faz mais sentido tachar Fluvia Lacerda como “Gisele plus size”: ela é a Fluvia Lacerda.

instagram.com

Além de ser um dos nomes mais reconhecidos do plus size, a modelo está escrevendo um livro sobre sua carreira e dá palestras sobre autoimagem.

Em uma passadinha pelo Brasil (ela mora em Nova York), Fluvia conversou com o BuzzFeed Brasil sobre a identidade de moda da mulher gorda – e sobre como lidamos como esta palavra.

"Você só tem uma identidade de moda diante de opção, mas como uma mulher gorda você só veste o que tem, você não questiona muito, é aquilo: se coube está bom”, diz. E não, Fluvia não tem problema com a palavra gorda. “Fomos ensinadas que ser chamada de gorda é pior do que ser chamada de burra, mas eu posso te dar uma lista de 50 palavras que acho extremamente mais ofensivas. Gorda é uma palavra descritiva, não consigo ver essa conotação”.

Fluvia também deu algumas dicas de como encontrar seu estilo próprio:

1. Respeite suas medidas: escolha peças que te vestem bem, não importa o tamanho da etiqueta.

Flora Paul / BuzzFeed Brasil

"Respeitar as suas medidas é esquecer o número da etiqueta. Ainda mais porque não existe uma padronização de tamanhos no Brasil, já fotografei usando tamanhos 46 e 56 que tinham o mesmo tamanho", diz Fluvia. Usar uma roupa ajustada é diferente de usar uma roupa pequena demais para você. Não se apegue ao número da etiqueta!

Publicidade

2. Vista-se para você mesma.

Flora Paul / BuzzFeed Brasil

Existe muito tipo de papinho, desde de aquele que mulheres se vestem para os homens até o de que mulheres se vestem para as outras mulheres... "Eu me visto pra mim", diz Fluvia. "Eu me visto muito de acordo com as ocasiões, claro, mas sempre uso o que eu estou a fim". É sempre bom lembrar: a única pessoa que você realmente precisa agradar é você mesma!

4. Quando você faz não a menor ideia do que vestir, comece elegendo uma peça principal.

Flora Paul / BuzzFeed Brasil

"Eu escolho uma peça e daquela peça que vem o resto. Encasqueto com uma peça e começo o look por ali", diz Fluvia. Pode ser sua peça preferia ou um item que você quer começar a usar mais. Não importa se é roupa ou acessório, o importante é encontrar uma peça que te ajuda a organizar as ideias. "Às vezes começo pelo sapato!", diz a modelo.

5. Não tenha medo de usar alguma peça que você tem vontade, mesmo se o mundo da moda faz você acreditar que não deveria.

instagram.com

"Se eu gostei, então a peça fica bem em mim e foda-se o que você pensa", diz Fluvia. "Mas a gente não é ensinada a isso, as pessoas seguem muito o que os outros dizem". Por isso, vale a pena pensar mais sobre o que você gosta de vestir e como se sente usando as peças.

Publicidade

6. Encontre suas próprias peças curingas que te deixam se sentindo bem.

Flora Paul / BuzzFeed Brasil

"Sempre gostei muito de blazer, mesmo se você coloca jeans e camiseta, com um blazer fica instantemente outra coisa. Então vou sempre no blazer", diz Fluvia. Pense nesta ideia como um uniforme que vai fazer você se sentir poderosa sempre que precisar – seja por falta de ideia, por um compromisso importante ou só para se animar.

7. Procure inspirações de moda que tenham a ver com você.

instagram.com

"É muito valioso ter alguém que te dá uma oportunidade de se inspirar, que abra dentro de você tudo aquilo que você tem potência pra ser. Eu não quero que você seja eu, eu quero que você seja o melhor de você", diz a modelo. "A ideia é você não se odiar, e sim querer ser fantástica". Procurar referências no Pinterest, no Instagram e em qualquer outro lugar é ótimo, mas tente focar em exemplos que te ajudem a se sentir melhor consigo mesma.