go to content

Phelps disse que a Olimpíada do Rio o salvou e inspirou as pessoas

Deprimido, o nadador procurou ajuda e manteve seu objetivo de chegar à sua quinta Olimpíada.

publicado

Antes de vir para a Olímpiada do Rio e chegar ao recorde de 26 medalhas, Michael Phelps tinha se aposentado e passou por um momento difícil em sua vida. O nadador fala sobre isso em um documentário da ESPN.

espn.uol.com.br

Phelps anunciou a aposentadoria na Olimpíada de Londres de 2012 e logo depois passou por dois escândalos, sendo flagrado fumando maconha e detido por dirigir embriagado.

O nadador ficou muito triste e teve pensamentos suicidas, até decidir que o melhor a fazer seria tentar nadar mais uma Olimpíada e procurou tratamento em uma clínica de reabilitação. O resultado, você já sabe: não faltou pódio no Rio 2016!

A história de Phelps está incentivando pessoas a falarem sobre depressão e a busca por apoio. O jornalista André Trigueiro postou sobre o assunto em seu Facebook:

Facebook: AndreTrigueiroJornalista

"A depressão não escolhe idade, nível de renda ou escolaridade, credo, cor de pele ou gênero sexual. Se isso lhe acomete - ou alguém conhecido - informe-se. Tem jeito. E quando deixa de ser um problema, vale mais que qualquer medalha de ouro", escreve o jornalista.

Facebook: AndreTrigueiroJornalista

"Exatamente! A depressão não é um caminho sem saída, ele tem volta. Só é preciso enfrentar sem preconceito e pedir ajuda... E quando saímos dela, saímos muito mais fortalecidos. A melhor Medalha dele foi conquistar a alegria de viver novamente, tenho certeza!"

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss