back to top

Entramos na casa do Big Brother Brasil para descobrir o que a Globo não mostra

A primeira coisa que eu fiz na "casa mais vigiada do Brasil" foi tirar o tênis, a segunda foi procurar comida.

publicado

A chegada

A Rede Globo convidou um grupo de 20 jornalistas e influenciadores para conhecer a casa do "BBB 17" dias antes da estreia do programa. O BuzzFeed Brasil foi um dos veículos escolhidos para ficar três horas lá dentro como se fosse um participante oficial do programa: com microfone, sem celular e sendo vigiado pelas câmeras. Agora a gente conta como é a casa e o que aconteceu por lá.

Embora soubesse há uma semana que ia entrar na casa do Big Brother sem qualquer comunicação com o mundo, a ficha só caiu mesmo quando colocaram o microfone do programa no meu braço. Detalhe: com a orientação de que era proibido tirar do corpo pra fazer qualquer coisa, menos se fosse pra tomar banho ou cair na piscina. Um minuto depois você esquece que tá com uma coisa presa no braço.

Como a produção deu autorização para todo mundo ficar bem à vontade, a primeira coisa que eu fiz quando entrei na "casa mais vigiada do Brasil" foi tirar o tênis, como eu faço na minha casa.

A segunda foi procurar comida, igual na minha casa também. Para a alegria de todos, fomos recebidos com uma mesona cheia de salgadinhos, lanchinhos e doces diversos.

O brigadeiro deles tinha o gosto daquela receita caseira bem gostosa que você come em casa. Se você curte o programa, faça o seu aí e vai ser igualzinho.

Também comi um mousse de maracujá fantástico que infelizmente foi servido em um potinho muito pequeno, então tive de comer vários.

Pra você ver: até as FRUTAS eu comi. A ameixa e as uvas estavam uma delícia. Tudo com o delicioso sabor da comida de graça, que é muito melhor do que quando você está pagando.

A casa

A casa tem cheiro de shopping, um mix de móveis com cheiro de novo, de loja, com aquele ar-condicionado ligado no modo Alasca. Enquanto isso, do lado de fora a temperatura é ambiente, ou seja, no modo verãozão carioca.

A decoração de todos os cômodos é muito colorida, sejam os lados de fora ou de dentro da casa. Mesmo um dos quartos, que é todo preto, pode cansar a vista de tanta cor diferente. Só os banheiros onde ficam as privadas são brancos.

A única parte da casa que não tem câmera é uma espécie de área de serviço onde a galera bota as roupas no varal. Também é o lugar com o visual mais verde, pois dali dá pra ver as árvores do Projac.

A parte de fora da casa do "BBB" é grande, mas parece muito maior na televisão. As áreas externas com jardim, piscina e tal, são relativamente pequenas, com espaço para poucas pessoas.

Tem uma banheira que cabe bastante gente e a água da piscina estava bem quente naquela tarde. A academia da casa é pequena e tem poucos aparelhos.

Eu abri absolutamente TODOS OS ARMÁRIOS da cozinha e vi muitos utensílios domésticos. Tem muitas panelas, pratos, copos, talheres, tudo muito legal e bem bonito. Porém, senti falta do mais estiloso e importante objeto de uma cozinha que se preze: o rodinho de pia. SINCERAMENTE!!!

Os quartos e a sala

A primeira coisa que fiz dentro de um dos quartos foi me dar um pulo bem alto em cima de uma das camas. E MEU DEUS DO CÉU QUE CAMA MAIS CONFORTÁVEL. Sério, imagine a sua cama de hotel favorita de todos os tempos da sua vida. Foi exatamente isso que senti ao deitar na cama dos quartos do "BBB".

Esse ano um dos quartos da casa tem quatro camas de solteiro, uma de casal e um chuveiro com box transparente que fica exposto pra geral. É difícil explicar sem imagens, mas é basicamente uma cena de paraíso para qualquer voyeur: uma cama confortável bem na frente de alguém que está tomando um banho bem gostoso.

O sofá também é bastante confortável. Eu resolvi deitar nele e passar um tempo só vendo as pessoas passando pra lá e pra cá. Até comentaram comigo: "está realmente se sentindo em casa?".

Só me incomodou muito duas estátuas horrorosas de cachorros que ficam perto da porta da sala. Aquelas coisas são os objetos de mais mau gosto que já vi em uma sala.

É olhar e pensar: "Pelo amor de Deus, quem teve a ideia de botar esses cachorros horríveis no meio da sala?". Repare na imagem abaixo, ao lado do Tiago Leifert.

No geral, podemos dizer que a casa do Big Brother é uma casa de praia ou de chácara de rico, com muito conforto e ótima para passar o tempo.

A primeira torta de climão

Ao pisar na casa, cumprimentamos o Boninho e os mais emocionados até entraram de joelhos gritando coisas como "obrigado, Brasil". Logo após a entrada, o pessoal teve a terrível ideia de sentar em uma roda na sala para as pessoas se apresentarem, falando um defeito e uma qualidade (!!!). Eles estavam levando um pouco a sério demais a ideia de ser participantes do "BBB".

Eu não aguentei nem cinco minutos e sai pra comer mais e conhecer outros cômodos.

Porém, voltei pra sala a tempo de ouvir a apresentação da influenciadora Thaynara Og. Um jornalista usou da ironia para perguntar se ela era a YouTuber estrela do filme "É Fada", que no caso foi feito por outra YouTuber conhecida na internet.

Então Thaynara ficou EXTREMAMENTE VERMELHA E SEM GRAÇA garantindo aquela dose de torta de climão gostosa que buffet nenhum jamais poderia oferecer, o que faz pensar que o grupo estava realmente empenhado em passar por experiência de "BBB" 200% verdadeira.

Em dois momentos deu pra perceber bem como começam as brigas entre os participantes da casa.

Alguém derrubou suco no chão e uma das pessoas ficou muito irritada. Toda hora que a pessoa passava perto da sujeira, reclamava que alguém derrubou e não limpou.

Em outro momento, juntou uma galera em um dos quartos e quando um rapaz foi sentar sentiu a cama molhada. Alguém disse que era um absurdo terem largado a cama molhada daquele jeito e que, seja quem fosse, merecia ser eliminado.

Entendi que é assim que eles começam a escolher em quem votar. Hehehe.

A prova do líder

Parte da experiência envolvia, de surpresa, uma prova como daquelas que vemos na TV.

Fomos divididos em quatro grupos e tivemos de preencher um painel com placas de edições passadas do "BBB". Essas placas estavam escondidas em uma grande piscina de bolinhas. Apenas uma pessoa entrava na piscina e trazia de volta a imagem para o resto do grupo.

Eu me ofereci para ser a pessoa que entrava na piscina e, pelo amor de Deus, jamais imaginava o quanto seria difícil fazer algo que na TV parece simples. Eu terminei a prova suando em bicas, sem energia nenhuma, respirando fundo.

A despensa e a farmácia

Quem um dia já assistiu ao Big Brother sabe que eles não mostram as marcas de todos os produtos da casa e eu sempre quis saber se eles consumiam coisa boa. Então, resolvi consumir e mexer em absolutamente tudo que vi na frente para descobrir.

O azeite, o óleo, a maionese, os ketchup e mostarda são os melhores do supermercado. As latas de refrigerantes são de cor cinza e elas estavam com um leve cheiro de tinta, pareciam ter sido recém-pintadas pela produção. Dentro delas tinha Guaraná Antarctica e Sprite.

Arroz, feijão, macarrão, tapioca, café, pipoca e outros mantimentos estavam crus em potes e não deu pra reconhecer as marcas. O biscoito recheado era de uma marca completamente genérica e não conhecida (eu sinceramente fiquei decepcionado).

A dispensa é o paraíso para um fã de remédios básicos de farmácia. Dei aquela fuçada boa e saí de lá com a certeza de que quem entrar não vai passar dor de cabeça, dor muscular, nem de barriga: tem Dorflex, Paracetamol, Coristina D e Aspirina para todos. Ninguém vai ter ressaca brava depois das festinhas se souber usar bem do estoque farto de Engov e Epocler.

Tem muita camisinha na dispensa, pro pessoal transar à vontade. Reparei que tem uma grande quantidade de shampoo e condicionador. Eles estão divididos por tipos de cabelo: liso, crespo e cacheado, por exemplo. Também tem uma grande quantidade de cotonete, algodão, OB e absorvente.

O banheiro

Eu jamais sairia da casa do Big Brother sem ter a sensação de usar o banheiro. Bom, é muito estranho entrar em um espaço todo branco e pequeno com uma câmera bem em cima da sua cabeça.

Assim, mijar em pé de frente para essa câmera é algo que não rolou fazer. Eu sentei mesmo e já aproveitei para mandar ver naquilo mesmo que você está pensando. Afinal, qual a chance de fazer cocô no banheiro do "BBB" novamente?

Não foi a melhor experiência em termos de cocô da minha vida pois a todo momento eu imaginava que muitas pessoas estavam me vendo.

O papel é Neve folha dupla. Aprovadíssimo.

Depois, a produção da Globo explicou que a câmera do banheiro fica ligada, mas as imagens não aparecem para ninguém. Ela só é acionada em caso de emergência. Por exemplo, quando um participante fica muito tempo lá dentro sem dar sinal de vida.

Conclusão

Por mais que a casa esteja rodeada de câmeras, você simplesmente esquece que elas existem. Elas estão posicionadas em locais bem discretos, você meio que esquece que está sendo filmado e só faz seu rolê.

Nessa, dois jornalistas saíram da piscina molhados, resolveram trocar de roupa embaixo do edredom e acabaram ficando completamente pelados em frente às câmeras por alguns segundos. A produção do programa viu, mas só comentou depois que saímos da casa.

Você automaticamente lembra das câmeras só ao entrar no confessionário, quando uma das ENORMES fica apontada diretamente para sua cara.

As frases mais ditas por quem passou pela experiência foram "impressionante como de repente a gente começou a formar panelinhas" e "em quem você votaria?".

E em vários momentos eu botei a mão no bolso para pegar o celular e ele não estava lá. O pior foi sair, abrir o Facebook e "COMO ASSIM O MINISTRO DA LAVA JATO MORREU?!?!".

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss