back to top

24 coisas que toda mulher deveria parar de fazer depois dos 30

Apenas... pare.

publicado

1. Pare de comprar maquiagem barata. Em vez disso, gaste metade do seu salário em produtos de beleza caríssimos feitos com sangue de mocinhas virgens...

2. ...e depois invista a outra metade do seu salário em um par de sapatos elegantérrimos, mas super desconfortáveis e que vão causar um dano irreparável na sua coluna.

3. Pare de trabalhar. Obviamente, você já deveria estar imprimindo seu próprio dinheiro falsificado em casa, porque essa é a maneira mais rápida de reduzir a diferença salarial entre homens e mulheres.

4. Se você está solteira, não pare de namorar. Na verdade, você deveria se demitir e abrir o seu próprio bar chamado: "Essa sou eu! Uma solteirona na casa dos 30" só para esse fim."

5. Se você está em um relacionamento, não assuste o seu parceiro sendo ~muito verdadeira~ sobre o que você quer. Em vez disso, compre um manequim de si mesmo, bem falseta, feito de cera, e troque-o por você quando seu parceiro não estiver olhando.

6. E, se você for casada, não deixe que as coisas fiquem ENTENDIANTES no quarto. Apimente a relação! Faça uma massagem sensual em seu maridinho usando um molho de pimenta bem forte. Ele vai amar!

Publicidade

7. Se você é mãe, não se esqueça de fazer uma caixinha de sugestões para que outros pais coloquem comentários para você na linha: "coisas que você está fazendo errado". Depois, você pode queimar essa caixa e juntar seus filhos para assar marshmallows na fogueira.

8. CHEGA de usar sombra azul estilo ˜divertido˜! Na sua idade, você deve sempre usar cores mais neutras que denotam: "Focada na minha aposentadoria" e "Por que eu tenho azia?"

9. Não invente trocar a cor do cabelo também. Em vez disso, raspe uma frase na cabeça que diga às pessoas para cuidarem da própria vida.

10. Nunca deixe ninguém ver suas rugas. Em vez disso, use uma máscara de palhaço assustadora e persiga os que pedirem para ver o seu ~verdadeiro rosto~.

11. O mesmo vale para os cabelos grisalhos... use um chapéu.

12. Pare de comprar roupinhas da moda. Seu gosto por roupas e acessórios não deve mudar após os 30. Use apenas a roupa que você está usando neste exato momento pelo resto de sua vida.

13. Abandone aquelas camisetas divertidas com frases que mostram sua personalidade. Em vez disso, agite um cartaz gigante que diz: "Inofensiva" para ter um look fácil no dia a dia.

14. Desista de usar shorts. As pernas das mulheres de 30 anos não devem ver a luz do dia. Solução: enrole folhas de insulfilm nelas sempre que sair.

15. Minissaias: veja o conselho acima.

16. Pensando em comprar uma blusinha cropped? Não mesmo. Mulheres com mais de 30 anos só devem usar uma blusinha desgastada e uma peruca velha para combinar.

17. Meias arrastão estão completamente fora dos limites depois que você completa os temidos 3.0. É hora de amadurecer e usar algo um pouco mais adulto, como uma redinha de cabelo com laço.

18. Jogue fora os seus enormes óculos de sol. Se você quiser proteger seus olhos dos raios nocivos, basta cobri-los com as mãos. ESSAS sim nunca saem de moda.

19. Sapatos de salto alto estilo boneca e outros modelos ~fofinhos~ não ficam bem após determinada idade. Experimente algo mais maduro, como sapatilhas sem salto. Na verdade, corte logo as solas dos seus pés para que eles fiquem bem planos como uma placa.

20. Pare de beber tanto! Não é nada atraente beber assim. Tente beber vinho educadamente, em seguida, cuspa-o em forma de lindas flores por toda a parede.

21. Nunca use calças legging. Você não tem permissão para ficar confortável depois dos 30.

22. Nunca seja vista em um restaurante sozinha. Em vez disso, sempre leve com você alguns bonecos e aprenda a fazer ventriloquia com eles.

23. Não tente usar o Snapchat ou qualquer outra rede social. Atenha-se ao que você sabe fazer de melhor: papel de pergaminho, canetas de pena, pinturas rupestres... entendeu a ideia, né?

24. E, finalmente, apenas pare de ser uma mulher com mais de trinta anos. Construa uma máquina do tempo e volte para quando você tinha vinte e poucos.

Este post foi traduzido do inglês.

Em parceria com