go to content

Sean Penn entrevistou "El Chapo" durante a fuga do chefão do tráfico

O ator detalhou sua "visita secreta ao homem mais procurado do mundo".

publicado

O ator Sean Penn secretamente se comunicou com Joaquín "El Chapo" Guzman e viajou ao México para entrevistá-lo para um artigo da Rolling Stone publicado no sábado, um movimento que acabaria levando à captura do tão procurado chefão do tráfico.

El Chapo speaks: Sean Penn recounts his journey to meet the world's most notorious drug lord https://t.co/Qbrcv09Ssg

Penn, que assinou o artigo "El Chapo Fala", escreveu que ele voou para o México no início de outubro de 2015 para se encontrar com Guzman — que foi recapturado na sexta-feira depois de fugir da prisão em julho do ano passado.

Horas depois que o artigo da Rolling Stone apareceu on-line, uma autoridade mexicana disse que a entrevista de Penn com Guzman ajudou as forças mexicanas a descobrir seu paradeiro, noticiou a Associated Press.

Agora, segundo a CNN, as autoridades mexicanas supostamente querem interrogar Penn sobre a entrevista.

O agente de Penn não quis declarar nada ao BuzzFeed News. O Departamento de Justiça se recusou a comentar se entraram em contato com Penn.

Quando perguntamos se El Chapo será enviado para os Estados Unidos para responder a acusações, um porta-voz do Departamento de Justiça disse ao BuzzFeed News que "é prática dos Estados Unidos buscar a extradição sempre que os réus sujeitos a acusações nos Estados Unidos são detidos em outro país". Ele acrescentou: "Nós podemos confirmar que, a pedido dos Estados Unidos, o México emitiu um mandado de detenção provisória mais de uma década atrás e que, após a prisão anterior de Guzman, os Estados Unidos apresentaram pedidos de extradição completos ao México."

Na sexta-feira à noite, a Procuradora-Geral do México, Arely Gomez Gonzalez, disse que a chave para encontrar Guzman foi o fato de ele estar mantendo contato com diretores e atores durante a fuga, na esperança de fazer um filme biográfico sobre sua vida.

Sean Penn recounts his secret visit with El Chapo, months before the drug lord's recapture https://t.co/OnaRMVr1tv

O artigo de Penn começa com um aviso de que os nomes foram alterados, os locais não foram mencionados, e "o indivíduo", Guzman, tinha de aprovar o artigo antes da publicação.

"Não tenho nenhum orgulho em guardar segredos que podem ser considerados como proteção a criminosos, nem tenho qualquer exultante arrogância em posar para selfies com seguranças sem eles saberem", escreveu Penn. "Mas estou no meu ritmo. Tudo que eu digo a todos precisa ser verdade. Tão verdadeiro quanto compartimentado. A confiança que El Chapo tinha depositado em nós não devia ser sacaneada."

O líder do cartel de drogas de Sinaloa foi pego por fuzileiros navais de elite em uma batida antes do amanhecer. Ele agora vai voltar para o mesmo presídio de segurança máxima de onde fugiu.

Autoridades mexicanas já haviam declarado que "El Chapo" não seria enviado para os Estados Unidos, mas a Procuradoria-Geral do México disse, em um comunicado no sábado, que o processo de extradição de Guzman será retomado agora que ele está novamente atrás das grades.

Marco Ugarte / AP

Joaquin "El Chapo" Guzman é escoltado por soldados e fuzileiros navais mexicanos em um hangar federal na Cidade do México, México, sexta-feira, 8 de janeiro de 2016.

De acordo com o artigo, a atriz mexicana Kate del Castillo, que em certo ponto queria fazer um filme sobre Guzman, encontrou-se com Penn em Los Angeles e concordou em ajudar a facilitar um encontro no México.

Também de acordo com o artigo, a correspondência de Castillo com Guzman começou em algum tempo em 2014 depois que um advogado a encontrou "por meio do equivalente mexicano do Screen Actors Guild", para discutir um potencial filme sobre Guzman.

"Ele (Guzman) estava interessado em ver a história de sua vida contada em um filme, mas só confiaria isso a Kate", escreveu Penn.

Durante os estágios de planejamento da viagem de Penn para ver Guzman, ele disse que usava um telefone pré-pago diferente por dia e falava "em código sussurrado" com um colega, Espinoza.

Logo após o encontro de Penn com Castillo, ele se juntou a ela, bem como a Espinoza e outro colega, El Alto Garcia, em um voo para o México. Penn disse que ele foi levado de carro, outro avião e depois outros carros para a selva a fim de se encontrar com Guzman.

Após a chegada de Penn à selva, Guzman o cumprimentou com um sorriso e um abraço de "compadre".

"Ele está usando uma camisa casual de seda estampada e uma calça jeans preta, e parece muito bem-arrumado e saudável para um homem em fuga", escreveu Penn, acrescentando que lhe ofereceram tacos e enchiladas de uma família local.

Daí, Guzman teria dito a Penn que, embora não costume beber, "eu quero beber com você".

Ele falou com Penn de seu império construído com a venda de drogas e de quando conheceu Pablo Escobar.

Os dois tiraram uma foto apertando as mãos e se separaram depois de um breve período juntos. Planos de se encontrarem novamente fracassaram em meio a batidas no cartel, de acordo com o artigo. Mas Guzman concordou em responder a mais perguntas da entrevista de Penn em uma entrevista em vídeo.

No que Penn descreveu como um vídeo de 17 minutos, Guzman fala sobre sua infância e vida familiar, terrorismo e violência, e descreve a si mesmo como uma pessoa "que não está procurando problemas de forma alguma".

Um vídeo de dois minutos da entrevista foi publicado no artigo de Penn:

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss