Updated on 25 de mai de 2020. Posted on 25 de mai de 2018

    10 Crianças que fizeram seus pais morrer de vergonha

    Elas não têm filtro e muito menos limites.

    1. "Minha irmã foi almoçar na casa de um casal de amigos e me levou junto. Quando entrei na casa, passei o dedo no rack que estava cheio de pó e falei bem alto ‘NOSSA, COMO ESSA CASA TÁ SUJA!’."

    SBT / Via youtube.com

    "Eu sou a mais nova de três filhas. Tenho, aproximadamente, 15/17 anos de diferença das outras.

    Quando era criança, elas me levavam muito pra sair e os amigos delas me conheciam, seja por comentários ou pessoalmente.

    Certa vez, minha irmã mais velha recebeu um convite para almoçar na casa de um casal de amigos e estenderam o convite a mim, que tinha uns 5 anos na época. Entrei na casa, cheguei na sala e andei passando o dedo no rack. Nisso juntou uma camada gigante de pó no meu dedo e eu falei bem alto ‘NOSSA, COMO ESSA CASA TÁ SUJA!’. Minha irmã quis me socar, mas felizmente não apanhei.

    Hoje tenho 18 anos e ela não tem coragem de falar com esses amigos até hoje. Acabei com a amizade." — Geovanna Gomes da Silva

    2. "Eu estava dentro de uma igreja, vi uma borboleta voando e gritei: 'VOA VOA, BORBUCETINHA'!"

    Reprodução / Via giphy.com

    "Quando era pequeno, tinha uma amiga da minha mãe que sempre que via uma borboleta chamava ela de ‘borbuceta’. Eu não sabia o que significava, achei que era algum apelido engraçadinho. Foi então que uma vez, dentro de uma igreja, eu vi a tal da ‘borbuceta’, apontei e gritei ‘voa, voa, borbucetinha’. Todos olharam com cara de espanto pra mim e eu só fui entender depois de velho". — Kaio César Mergulhão

    3. "Quando minha mãe viu, eu estava com a mão apontada pra cara de uma moça, que tinha o rosto cheio de espinhas e verrugas, apontando uma por uma e dizendo 'uma bolinha, outra bolinha, uma bolinha, outra bolinha'."

    Reprodução / Via youtube.com

    "Quando eu tinha dois anos, minha mãe contou que estava comigo no ônibus depois do trabalho, CANSADAÇA, e eu não parava de falar. Enquanto ela tentava tirar um cochilo no busão, eu ficava de pé no banco olhando pra trás dizendo "bolinha, bolinha, bolinha, quanta bolinha, mãe". E minha mãe, sem dar atenção, falava "é mesmo, filha". E eu seguia: "uma bolinha, outra bolinha, quanta bolinha, mãe". E minha mãe nem ‘tchum’.

    Quando finalmente ela olhou, eu estava com a mão apontada pra cara de uma moça, que tinha o rosto cheio de espinhas e verrugas, apontando uma por uma e dizendo "uma bolinha, outra bolinha, uma bolinha, outra bolinha". Ela não sabia onde enfiar a cara." — Bruna Mass

    4. "Eu cheguei em casa e meu pai estava sem camisa espremendo uma espinha nas costas da minha mãe. Vi a cena e gritei 'ARRÁ, FAZENDO SEXO!'"

    Lsophoto / Getty Images

    "Eu tinha uns 8 anos e, na escola, um coleguinha disse que fazer sexo era quando nossos pais estavam muito perto um do outro sem roupa. Pois bem, cheguei em casa e meu pai estava sem camisa, espremendo uma espinha nas costas da minha mãe, que tava com a camisa levantada apenas nas costas. Eis que eu aponto pra eles e grito: ‘ARRÁ, FAZENDO SEXO!’. Levei algumas chineladas." — Orlando Munhoz Gomes

    5. "Assim que acenderam as velas em volta do caixão, eu fui a primeira a puxar: 'parabéns a você, nesta data querida!'"

    6. "Eu disse que minha mãe poderia dar uma XOTADA caso fosse agredida durante um almoço em família".

    Vladimirfloyd / Getty Images

    "Eu tenho uma prima que tem uma bunda do tamanho do universo, tipo ‘mulher melancia’. E também tenho uma tia que tem um par de peitos gigante. Num almoço em família, começaram a falar que se alguém fosse agredir minha prima, era só ela dar uma bundada que era nocaute. E se fosse a minha tia, era só dar uma peitada, e assim por diante.

    E então perguntaram: "e a Meire?" (minha mãe).

    Eu disse: “a mamãe vai com a xota, dá uma xotada!”

    Tensão no ar.

    Na real, eu falei a única parte do corpo que eu sabia e não tinha sido citada ainda." — Lilian Di Staci

    7. "Meu pai comprou pastel pra toda garotada da rua e quando a moça entregou o meu, ela disse que era de brinde. Eu comecei a berrar e a xingar todo mundo porque eu não gostava de pastel de brinde, eu queria de carne."

    Bonchan / Getty Images

    "Quando eu era criança, tinha uma banca de pastel que ficava na esquina de casa. Toda sexta-feira meu pai passava lá e comprava pastel pra garotada toda da rua. Certa vez, quando a moça da barraca entregou o meu pastel, ela disse: ‘e esse é o seu, de brinde’. PRA QUÊ??? Eu comecei a berrar, xingar meu pai e a banca de pastel toda porque eu não gostava de pastel de brinde, eu queria pastel de carne!" — Laura Vieira

    8. "Meu tio estava traindo a minha tia e deram um tempo. Dias depois eles foram almoçar na minha casa junto com uma amiga. Quando eu vi os três saí correndo e gritei pra todo mundo: 'O TIO TROUXE A AMANTE DELE PRA ALMOÇAR AQUI'."

    Antonioguillem / Getty Images

    "Uma vez, meu tio e minha tia resolveram dar um tempo do casamento porque ele estava traindo ela. Uns dias depois, eles reataram e foram almoçar lá em casa, junto com uma amiga deles que eu não conhecia, tudo naquele clima de recomeço. Quando vi eles entrando, saí correndo e gritando pra todo mundo: ‘O TIO TROUXE A AMANTE DELE PRA ALMOÇAR AQUI’." — Bruno Oliveira Cruz

    9. "Minha tia namorava um cara que tinha o rosto e o corpo cheios de pintinha. Um dia fui zoar e chamei ele de 'seu pintudo' no meio de um almoço de família".

    Jhorrocks / Getty Images

    "Há uns 15 anos, minha tia namorava um cara que tinha o rosto e o corpo cheios de pintinhas. Ele vivia me chamando de ‘zoiuda’, aí fui zoar de volta e chamei ele de ‘seu pintudo’ no meio de um almoço de família." — Carol A. Lima

    10. "Eu estava no ônibus com a minha mãe e quando passamos na frente de um puteiro eu disse: 'olha, mãe, a igreja que tu vem'."

    Globo

    "Uma vez estava no ônibus com a minha mãe, passamos na frente de um puteiro e eu disse: ‘olha, mãe, a igreja que tu vem’ O ônibus todo ficou olhando meio estranho e até hoje ninguém sabe de onde eu tirei esse comentário." — Branca Lamas

    Veja também:

    Você já tem o app do BuzzFeed Brasil no seu celular? Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.

    Atualização (25/05/2020): o post foi editado para excluir uma história.

    BuzzFeed Daily

    Keep up with the latest daily buzz with the BuzzFeed Daily newsletter!

    Newsletter signup form