21 coisas que os cientistas descobriram em janeiro deste ano

    Por exemplo, que alguns ovos de dinossauro levavam SEIS MESES para chocar.

    1. 2016 foi o ano mais quente já registrado.

    2. Se o aquecimento global persistir, uma corrente marítima que mantém a Europa e a América do Norte aquecidas pode entrar em colapso. Sem essa corrente, a temperatura em algumas regiões europeias durante o inverno pode diminuir até 7ºC.

    3. A Lua é provavelmente um pouco mais velha do que nós pensávamos. Aos 4,51 bilhões de anos de idade, ela se formou "apenas" 60 milhões de anos após o próprio Sistema Solar.

    Gregory H. Revera / en.wikipedia.org
    NASA

    4. Lontras do tamanho de lobos habitavam a Terra há 62 milhões de anos.

    5. Alguns ovos de dinossauro levavam seis meses (e possivelmente até mais tempo) para chocar.

    6. Pandas vermelhos e pandas gigantes desenvolveram a habilidade de digerir bambu separadamente, mas isso deixou uma marca semelhante em seus genomas.

    7. Um caranguejo descoberto há 20 anos na ilha de Guam, no Oceano Pacífico, é, na verdade, uma nova espécie – cientistas o batizaram de Harryplax severus, em uma homenagem à série "Harry Potter".

    8. Nós bombardeamos a Lua com oxigênio da Terra há bilhões de anos.

    Greg Wood / AFP / Getty Images
    http://www.tandfonline.com/doi/figure/10.1080/14772019.2016.1267666?scroll=top&needAccess=true

    9. Resultados preliminares de um estudo da Nasa sobre gêmeos (feito com os irmãos astronautas Scott e Mark Kelly) mostram que o Espaço pode mudar a forma como o corpo funciona de maneiras inesperadas.

    10. Ser ativo está relacionado a ser mais feliz, mesmo que o exercício consista em apenas caminhadas.

    11. Se você só consegue ter tempo para se exercitar no fim de semana, provavelmente ainda vale a pena – há evidências de que isso reduzirá sua probabilidade de ter câncer ou doenças cardiovasculares.

    12. Cientistas acreditam ter descoberto o porquê de algumas mulheres sofrerem de transtorno disfórico pré-menstrual (TDPM) – uma forma grave de TPM que as impede de viver suas vidas normalmente.

    13. Quase metade dos homens nos EUA pode ter HPV genital.

    Dusanmanic / Getty Images
    Jacob Ammentorp Lund / Getty Images

    14. É possível fazer o coração de um porco voltar a bater colocando uma "luva" robótica ao redor dele.

    15. O álcool parece ativar as células do cérebro que fazem as pessoas sentirem fome, pelo menos em ratos.

    16. Filhotes de cães respondem melhor quando você fala com eles como falaria com um bebê.

    17. Músicas reggae e de rock suave podem ajudar cachorros a relaxar.

    NASA/JPL-Caltech/Space Science Institute
    http://www.nature.com/ngeo/journal/vaop/ncurrent/full/ngeo2873.html

    18. Há uma onda gigante em forma de arco em Vênus que é provavelmente uma onda de gravidade criada na atmosfera do planeta pelas montanhas em sua superfície. (Observação: não é uma onda gravitacional, que é uma coisa completamente diferente).

    19. É possível derreter um sólido abaixo de seu ponto de fusão no laboratório.

    20. Os anéis de Saturno podem conter milhões de "miniluas" que fizeram lacunas nos anéis.

    21. Pode haver "poeira estelar" – também conhecida como meteoritos minúsculos – se acumulando sobre o seu telhado.

    Este post foi traduzido do inglês.

    BuzzFeed Daily

    Keep up with the latest daily buzz with the BuzzFeed Daily newsletter!

    Newsletter signup form

    Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

    Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.