• Poll badge
Posted on 27 de jun de 2018

Aqui estão todas as informações para você decidir se Manuela D'Ávila sofreu ou não "manterrupting"

Tire suas próprias conclusões.

Nós publicamos nesta terça (26) um post sobre o quanto a pré-candidata à presidência da república Manuela D'Ávila (PCdoB) foi interrompida durante sua sabatina no programa Roda Viva, da TV Cultura.

Independente da ideologia política dos entrevistadores e da entrevistada, chamou atenção o número de vezes que @ManuelaDavila foi interrompida durante a sabatina. https://t.co/Gc6LWj4BOF

Segundo contagem do Mídia Ninja, Manuela foi interrompida 62 vezes.

Machismo a gente vê assim: Quando jornalistas num programa de entrevistas não deixam a convidada pré-candidata a presidência falar! Como Manuela D'Ávila bem disse, é preciso desconstruir o machismo e misoginia no Brasil. https://t.co/h3dloCNENP

A Folha de S.Paulo fez uma contagem das interrupções e trouxe outros números: Manuela D`Ávila foi interrompida 40 vezes no Roda Viva; Marina Silva, apenas 3; Guilherme Boulos, 9, e Ciro Gomes, 8.

Manuela D`Ávila foi interrompida 40 vezes no Roda Viva; Marina Silva, apenas 3; Guilherme Bolos, 9, e Ciro Gomes, 8. Levantamento da @folha. https://t.co/5JOAB7oWkt

Eles justificaram a diferença pois consideram como interrupções as ocasiões em que a entrevistada teve dificuldades de concluir sua fala devido a intervenção de alguém.

A Secretaria Nacional de Mulheres do PT compilou em um vídeo todas as vezes que Manuela foi interrompida no programa e contou as mesmas 62 interrupções apontadas pelo Mídia Ninja.

Facebook: video.php

As repetidas interrupções sofridas por Manuela D'Ávila têm sido classificadas por muitas pessoas, incluindo ela mesma, como exemplos claros de "manterrupting", um recurso que atrapalha o raciocínio de uma mulher que está tentando falar.

Manterrupting-quando um homem fica interrompendo a fala de uma mulher,impedindo que ela conclua o q estava sendo dito Mansplaining-quando um homem dedica seu tempo para explicar algo óbvio a uma mulher,de forma didática, como se ela não fosse capaz de entender Por Herlon Rabiscos https://t.co/KJwZf5SF8M

A revista Marie Claire, na coluna de Bárbara Thomaz, explicitou os efeitos negativos dessa prática, que é uma das manifestações do machismo, na vida profissional, acadêmica e pessoal das mulheres.

Facebook: barbara.thomaz

Há uma petição no Avaaz, com mais de 30 mil assinaturas, pedindo que a TV Cultura faça um pedido de desculpas para Manuela.

Reprodução / Folha de S. Paulo / Via www1.folha.uol.com.br

Matéria da Folha de S.Paulo trouxe o lado de Ricardo Lessa, apresentador do Roda Viva. Ele refutou que as interrupções à Manuela fossem uma questão de gênero.

Folha de S.Paulo

Para Vera Magalhães, colunista do "O Estado de S.Paulo" uma das duas entrevistadoras da bancada na ocasião, as interrupções sofridas pela candidata são do jogo.

Sou mulher e divido os microfones diariamente com 3 colegas homens. Interrompo-os e sou por eles interrompida. Por vezes o debate acalorado pressupõe isso. Em caso de perguntas a candidatos, há que se fazer o contraponto, apontar tergiversações, contradições.

E disse ainda que interrupção e debate são próprios da comunicação humana e que "mimimi não tem gênero".

Sou mulher e atuo em ambientes predominantemente masculinos (Congresso, STF, redações, minha casa). Ouvir e ser ouvida, interromper e ser interrompida, debater, divergir são da comunicação humana desde sempre. Mimimi é outra coisa. E não tem gênero.

A opinião dela foi endossada por outras jornalistas.

Por fim, veja abaixo o vídeo da entrevista na íntegra:

Veja este vídeo no YouTube

youtube.com
  1. O que você acha disso tudo?

Oops, alguma coisa deu errado. Por favor, tente de novo mais tarde
Parece que estamos com um problema no servidor.
O que você acha disso tudo?
  1.  
    voto votos
    Foi obviamente "manterrupting".
  2.  
    voto votos
    Ela foi muito interrompida sim, mas não por ser mulher.
  3.  
    voto votos
    Normal, acho que é do jogo.
  4.  
    voto votos
    Não vi nada de errado, acho que estão exagerando.

Veja também:

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil no seu celular? Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.

BuzzFeed Daily

Keep up with the latest daily buzz with the BuzzFeed Daily newsletter!

Newsletter signup form

Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.