15 coisas que aprendemos fazendo terapia

    Amor próprio não é uma jornada fácil.

    Perguntamos aos nossos leitores no grupo do BuzzFeed Brasil no Facebook o que eles aprenderam fazendo terapia. Aqui estão as maiores lições:

    1. Comemore todas as suas vitórias, sejam pequenas ou grandes.

    Anastasiia_new / Getty Images

    "Nenhuma meta é pequena demais para comemorar. Levantar da cama é um exercício e tanto e se foi tudo que você conseguiu fazer no dia, se parabenize! Já tá ótimo, amanhã você tenta de novo".

    - Raíssa Rs

    2. Reconhecer as coisas boas da vida é um exercício.

    Lankogal / Getty Images

    "Um exercício que aprendi foi fazer um registro TODOS OS DIAS, sem exceção, de algo bom que tenha acontecido no meu dia. Mesmo que tenha sido o pior dia da minha vida, eu tenho que anotar algo bom que aconteceu nele. Isso me ajudou muito a pensar com clareza, porque quando estamos com o óculos da depressão não conseguimos enxergar nada de bom que acontece na nossa vida".

    - Bárbara De Carvalho Gomes Jardim

    3. Tudo bem chorar.

    Oleksiik / Getty Images

    "Eu aprendi que tudo bem sentir, que não posso engolir o choro. Tudo bem chorar. Até porque esse é o meu primeiro sinal físico de quando vou entrar em uma crise e preciso saber reconhecer o momento. É realmente muito diferente de um pro outro".

    - Bárbara De Carvalho Gomes Jardim

    4. Você não é um peso.

    Cienpies / Getty Images

    "Aprendi que eu não sou um estorvo para as pessoas. Eu tenho amigos, namorado e meus pais que se preocupam e me querem bem. E eu não sou um peso pra eles. Foram muitas sessões para conseguir chegar nessa conclusão de que as pessoas estão na minha volta porque gostam e querem minha companhia".

    - Gabrielle Senna Viegas

    5. Aceite quem você é.

    Viktoria_yams / Getty Images

    "Aprendi que eu tenho que aceitar meus erros e defeitos, e parar de buscar a perfeição como forma de ter a aprovação das pessoas".

    - Kelly Barcaro

    6. O mundo não gira ao seu redor.

    Nujtmom / Getty Images

    "Aprendi que nós devemos nos tirar das situações que nos chateiam. Na grande parte das vezes, não se trata de nós. Se todas as suas amigas saírem e não te chamarem, se retire da situação e verá que são só um grupo de pessoas que resolveram sair hoje.

    O mundo não gira ao nosso redor. As pessoas que nos machucam muitas vezes nem nos colocam na equação. No geral, nossos amigos não dizem 'olha, vamos sair sem fulana pra ela ficar magoada'".

    - Maradja Aryelle

    7. Você não tem culpa por estar doente.

    Anna_isaeva / Getty Images

    "Eu tenho depressão, então o mais importante pra mim foi entender que eu não precisava me culpar por ter ficado doente, que pode acontecer com qualquer um, e que não é o fim da vida, mas um recomeço".

    - Cecília Alkimin

    8. Cada um tem o seu tempo.

    Barkarola / Getty Images

    "Aprendi a respeitar mais o meu próprio tempo, seja em relação a qualquer coisa, é injusto eu me comparar a fulano porque ele fez isso e aquilo em tal idade. Somos pessoas diferentes, em tempos diferentes, e não existe tarde demais".

    - Camilla Souza

    9. Não tem problema dizer "não".

    Undrey / Getty Images

    "Eu tenho a força de dizer 'não' quando sentir que aquilo não vai fazer bem para mim. Não há nada de errado em ser egoísta, aliás, você não está sendo egoísta, e sim cuidando de você".

    - Juliana Araújo

    10. Pratique empatia.

    Akavector / Getty Images

    "Minha psicóloga me falou na última sessão que, muitas vezes, eu só reclamo das pessoas e acabo não ouvindo. Ela me instruiu a perguntar o que está acontecendo ao invés de chegar e dizer o que está me incomodando. A frase que me pegou foi 'isso é empatia, ouvir o que o outro também passa'".

    - Bárbara Borowski

    11. Aceite elogios.

    Alenache / Getty Images

    "Aceite os elogios ao invés de tentar justificá-los. Se alguém te elogia de qualquer maneira responda com 'obrigada' ao invés de dizer: 'você tá doido' ou 'mas nem sou tão boa nisso assim'... Isso faz milagres"!

    - Thati Soares

    12. Respeite os seus limites.

    Jossnatu / Getty Images

    "Eu aprendi a me respeitar acima de tudo. Que não é porque é pai, mãe ou marido, que a pessoa tem o direito de me magoar. E que se eu quiser apenas sair daquele lugar que me faz mal, tudo bem. Se eu quiser gritar, tudo bem também".

    - Bru Della Posta

    13. Amor próprio não é uma jornada fácil.

    Ponomariova_maria / Getty Images

    "Aprendi que o amor próprio não é uma jornada fácil, mas vale muito a pena! Depois que eu entendi isso, toda a minha perspetiva sobre a vida mudou. É preciso estar de acordo com você e quem você é, e então caminhar em frente".

    - Júlia Lehmann

    14. Você não pode controlar os outros.

    Anastasiia Boriagina / Getty Images

    "Eu aprendi que não tenho controle da vida dos outros, das ações dos outros e que eu não posso supor razões do porque as pessoas agem da forma que agiram. Se eu quero saber o por que, eu devo perguntar. O mundo não pode ser controlado por mim".

    - Madyam Morgado Martins

    "Você não pode mudar a pessoas, mas pode mudar a forma como você lida com elas".

    - Thayna Keidel

    15. E todo mundo erra.

    Normaals / Getty Images

    "Não preciso ser perfeita no trabalho, está tudo bem errar porque sou humana. Todo mundo erra e ninguém espera perfeição de ninguém".

    - Elana Borri

    Lembre: você sempre pode pedir ajuda, seja para amigos, para familiares, para especialistas, no posto de saúde, no pronto socorro ou no Centro de Valorização da Vida, ligando gratuitamente a qualquer dia ou hora para o 188.

    BuzzFeed Daily

    Keep up with the latest daily buzz with the BuzzFeed Daily newsletter!

    Newsletter signup form

    Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

    Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.