8 de mar de 2018

    11 coisas que os homens já deveriam estar fazendo pelas mulheres

    Bem melhor do que ganhar um buquê de flores.

    1. Escutá-las.

    Iryna Alekseienko / Getty Images

    Para muitas mulheres (assim como pessoas não-binárias), pode ser intimidante compartilhar com amigos ou parceiros o que vivenciamos diariamente, seja o assédio nas ruas ou a discriminação no trabalho, entre outras coisas. Portanto, ouça o que elas têm a dizer. Valorize sua experiência como mulher e expresse seu interesse em compreender sua visão de mundo.

    2. Perguntar o que você pode fazer para ser um parceiro melhor.

    Getty Images

    É ótimo ter uma pessoa que nos apoia ou mesmo um parceiro que se autointitula feminista. Mas não pare por aí. Pergunte a mulher da sua vida como você pode ser um aliado melhor a ajudá-la a enfrentar os percalços do dia a dia. Talvez seja lendo ou assistindo mais livros/programas/filme feitos por mulheres, ou estudando sobre o movimento feminista. Apenas lembre-se — a função de se educar sobre o assunto é sua e de mais ninguém.

    3. Prestar atenção se há quaisquer papéis de gêneros implícitos no seu relacionamento.

    Getty Images

    Se vocês estiverem recebendo amigos para um jantar em casa, quem está constantemente cozinhando/recepcionando/lavando a louça/fazendo papel de anfitrião? Se você saem para jantar, quem paga a conta "automaticamente"? Todo relacionamento é diferente, mas sempre vale a pena olhar com sinceridade para as dinâmicas do casal e ver se existem estereótipos ali que reforçam a desigualdade. Se sim, tome atitudes para dividir o trabalho e as responsabilidades de forma mais justa entre vocês.

    4. Ir ao médico.

    Getty Images

    Pode parecer bobagem, mas os homens vão ao médico bem menos do que as mulheres e, quando marcam uma consulta, geralmente é porque suas parceiras insistiram. Portanto leve sua saúde a sério — será um alívio para todos.

    5. Ser um amante generoso — ou seja, não suponha que quando você gozou, acabou a transa.

    Crystal Ro / BuzzFeed

    A diferença na frequência de orgasmos é real, e é sua função ser paciente, fazer perguntas e ser generoso para garantir que sua parceira também experimente o mesmo prazer durante o sexo.

    Veja também: Um cara perguntou porque sua namorada se masturbava após eles fazerem sexo, e o Twitter não perdoou

    6. Ser solidário nas escolhas de sua parceira sobre métodos contraceptivos e saúde sexual.

    Getty Images

    Seja camisinhas, DIU, implantes ou pílula, tudo leva tempo, energia e dinheiro para desvendar. Como os métodos contraceptivos são um serviço tanto para você quanto para ela, você pode até se oferecer para dividir os custos.

    7. Chamar a atenção de amigos que ainda fazem piadas machistas.

    Getty Images

    Em vez de ignorar comentários ofensivos, diga ao seus amigos que você não acha o machismo (ou homofobia, racismo e transfobia) aceitável. Se forem bons amigos, eles vão entender o recado e seguir em frente.

    8. Fazer sua parte dos trabalhos domésticos.

    Getty Images

    50%, pessoal. Não tem porque um trabalhar mais do que o outro.

    9. Acreditar quando elas dizem que algo é machista.

    Getty Images

    Acredite quando elas dizem que um filme, anúncio ou colega é machista, mesmo que pareça o contrário para você. Acredite.

    10. Dar à sua parceira um livro feminista — e leiam juntos!

    caroljadams.com, amazon.com

    Casal que aprende junto, permanece unido.

    11. Dica extra: fazer todas essas coisas todos os dias do ano, não apenas no dia 8 de março.

    Gunay Aliyeva / Getty Images

    Veja também:

    Você já tem o app do BuzzFeed Brasil no seu celular? Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.

    Este post foi escrito originalmente em francês.

    BuzzFeed Daily

    Keep up with the latest daily buzz with the BuzzFeed Daily newsletter!

    Newsletter signup form