• Viral badge
Updated on 8 de jul de 2019. Posted on 27 de jul de 2015

As diferenças entre os comentários em notícias sobre eventos de negros e ruivos

"Da série: não existe racismo no Brasil."

São Paulo recebeu, neste domingo, a primeira edição da Marcha do Orgulho Crespo.

Nem alisamento,nem chapinha: a 1ª marcha do orgulho crespo pediu passagem em SP @g1 http://t.co/QGiWHLNJD0

O ato lembra Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha e ocorreu no vão livre do Masp.

Em uma notícia no G1 muitas pessoas criticaram o evento. Este aqui disse que quer planejar uma "marcha pelo orgulho liso" e desmereceu o ato.

g1.globo.com

"Gente com o cabelo liso não tem orgulho no cabelo, pensa mais é em estudar e melhorar de vida."

Esta deu entender que racismo não existe e que a marcha não "leva a lugar algum".

g1.globo.com

"Eu acho que quando se faz uma marcha de orgulho de algo automaticamente os participantes se colocam em uma posição inferior, que na verdade não existe. Acredito que isso não leve a lugar algum.Afinal quem é preconceituoso não muda sua mente conservadora e antiquada por conta de marchinhas anti-preconceito."

"Não há motivo para alguém declarar orgulho de sua cor, de sua raça, de suas preferências sexuais", escreveu outro.

g1.globo.com

"O que pretendem? Querem se valorizar com isso? Inútil!"

Um dos comentários fez uma comparação: "quando teve encontro dos ruivos não vi um comentário criticando o ato, por que branco ruivo pode e negro crespo não?"

Ele se refere ao Encontro Nacional de Ruivos (ou Redhead day Brazil), que já teve três edições e neste ano vai acontecer em SP, em setembro, durante três dias.

Virginia Nuñez

A página Desenrolando postou no Facebook duas fotos comparando alguns dos comentários.

Facebook: permalink.php

Dá para ver em outra matéria também no G1 sobre o encontro que os comentários são mesmo bem diferentes.

g1.globo.com

"Meninas, vcs são lindassss."

É quase impossível ver alguém reclamando do encontro. Por outro lado, sobrem elogios à beleza dos ruivos.

g1.globo.com

"Ta aí uma galera bonita por natureza!"

"Todas [ruivas] que conheço são doces e super amigos", escreveu esta.

"Da série: não existe racismo no Brasil", comentaram ironicamente algumas pessoas na postagem da comparação.

Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.