John Boyega fez um forte discurso durante protesto de Black Lives Matter

    "Trata-se de desmantelar a supremacia branca da base até o topo" disse o ator de Star Wars ao BuzzFeed News, depois de fazer um discurso acalorado para a multidão.

    by ,
    Daniel Leal-Olivas / Getty Images

    Milhares de manifestantes se reuniram em Londres, nesta quarta-feira, para demonstrar solidariedade aos EUA depois da morte de George Floyd na cidade de Mineápolis. Eles também protestaram por não haver nenhuma prisão depois da investigação da morte de Belly Mujinga, uma funcionária ferroviária de Londres que morreu de COVID-19 depois que cuspiram nela.

    Os manifestantes marcharam pela capital, começando no Hyde Park, parando na entrada da Downing Street, até terminarem próximo ao parlamento. Eles entoavam "O Reino Unido não é inocente", "Justiça para Floyd", "Justiça para Belly" e mais.

    Entre os manifestantes, estava o ator John Boyega, que discursou para a multidão.

    "Vidas negras sempre importaram", disse Boyega. "Nós sempre fomos importantes. Nós sempre tivemos significado. Nós sempre vencemos, no fim das contas. E agora é a hora. Eu não vou esperar. Não vou esperar."

    “Black lives have always mattered. We have always been important. We have always meant something. We have always succeeded regardless. And now is the time. I ain’t waiting,” @johnboyega just told #BlackLivesMatter protesters in London’s Hyde Park

    Boyega parou para falar ao BuzzFeed News durante o protesto e disse que participar da manifestação era mais do que só mostrar seu rosto. Ele disse que vivenciou o racismo de inúmeras formas tanto explícitas quanto veladas, e que o protesto era uma forma demonstrar solidariedade.

    “Nós sabemos que tipo de tragédia foi essa. Este foi um momento para representarmos fisicamente nosso pensamento compartilhado de que as vidas negras importam", Boyega disse.

    O ator de “Star Wars” falou que o protesto se trata de pessoas negras clamando por igualdade em todo o mundo.

    "O que queremos são oportunidades iguais. Nós vencemos de qualquer jeito, naturalmente, então é isso que estamos aqui para representar fisicamente", ele disse.

    Boyega disse que, quando conseguiu o papel de Finn em “Star Wars”, ele esperava que o mundo ficaria feliz por ele. E então, ele viu a reação das pessoas quando o trailer saiu.

    "Eu percebi imediatamente que, sendo negro, eu era definitivamente o único membro do elenco do filme cuja raça era uma questão tão importante", ele disse. "Então eu percebi... ok, essa é a realidade do mundo, e essa é a realidade dessa mentalidade."

    Ele disse que os protestos são uma ótima maneira de ver pessoas com o mesmo pensamento, o que faz os protestos serem tão poderosos, mas que ele quer concentrar seu tempo em fazer parte de algo com longevidade.

    "Para mim, eu estou dedicando minha vida, criatividade e tudo mais para garantir que sejamos parte de algo que vai existir além dos protestos", ele disse. "Existir além destes momentos acalorados que estamos tendo para promover uma mudança".

    Manifestantes e ativistas da região já vêm há algum tempo enfatizando que o Reino Unido não é inocente. Segundo os manifestantes, houve 1.500 mortes sob custódia da polícia na Inglaterra e no País de Gales desde 1990.

    A entrevista de George the Poet no programa “Newsnight”, da BBC, viralizou depois que ele explicou que os protestos no Reino Unido eram em solidariedade aos EUA, mas também em resposta à brutalidade policial no Reino Unido.

    This is superb from @GeorgeThePoet on #newsnight with #BlackLivesMatter (1)


    Quando perguntando sobre a entrevista que viralizou, Boyega disse: "Para mim, sabe, apresentadores e outras pessoas de destaque, especialmente se forem brancos, devem ficar de boca fechada.

    "Nós não queremos ouvir vocês. Olha, vocês não podem me ensinar sobre as minhas experiências. Vocês são brancos. O que significa que, quando saem de casa, vocês não são julgados pela cor da sua pele."

    "Não é tão intenso para você. Por que você está mentindo? Você está mentindo porque está com medo. Uma pessoa com essa mentalidade, eu acredito100% que seja racista."

    "E o racismo, para mim, se manifesta de diversas maneiras, e quanto mais e mais eu analiso o homem, o medo que vem sido demonstrado é porque eles querem seu mundo normal."

    "Eles querem que as coisas voltem ao normal. Isso não vai acontecer."

    Ele disse que as pessoas estão protestando pelas gerações que virão.

    Daniel Leal-olivas / Getty Images

    "Eu tenho dois sobrinhos pequenos, eles não sabem o que estão acontecendo. Entende o que que eu quero dizer? Eu não quero que eles tenham ciência dessa tragédia e desses atos bárbaros que estão acontecendo nos Estados Unidos", ele disse. "Então agora é a hora. Eles [racistas] gostam de ficar na passivo-agressividade. Eles gostam de agir de forma sutil, e isso vem à tona no trabalho. Trata-se de desmantelar a supremacia branca da base até o topo. Nós precisamos desmantelar isso."

    Boyega disse que é importante para as pessoas negras, especialmente neste momento, fazerem terapia. E ele tem feito publicações em seu Instagram sobre terapeutas negros/as que podem ajudar.

    "Com uma coisa que é um trauma tão grande para nós, constantemente ver cadáveres negros", ele disse. "Sabe, você vê seu tio ali. Você vê um membro da sua família. E para nós, chega. Chega, desta vez."


    Este post foi traduzido do inglês.

    BuzzFeed Daily

    Keep up with the latest daily buzz with the BuzzFeed Daily newsletter!

    Newsletter signup form

    Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

    Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.