back to top

25 confissões brutais e honestas de terapeutas de casal

Não vamos dizer se vocês devem terminar ou não.

publicado

Agradecemos aos terapeutas de casal que forneceram informações e relatos para este post: Irina Firstein, Rachel A. Sussman e Jean Fitzpatrick.

1. Não somos juízes e a terapia não é um tribunal.

CBS / Via gfycat.com

"Acabou. Acabou."

Não venha com a intenção de obter um desempate sobre alguma questão. Não estamos aqui para decidir quem está certo e quem está errado — nosso objetivo é ajudar a construir um relacionamento satisfatório e respeitoso que beneficiará ambas as partes.

Publicidade

2. E também não vamos dizer se os dois devem terminar ou não.

TBS / Via giphy.com

"Termine com ele."

Raramente fazemos esse tipo de sugestão — é importante que isso parta do casal. A menos que seja uma situação de risco, nosso trabalho é fazer as perguntas difíceis em momentos apropriados, para que os casais cheguem em suas próprias conclusões.

3. Um dos motivos mais comuns que levam casais a buscarem terapia é a "falha de comunicação" — e isso pode ter diferentes significados.

FOX / Via buzzfeed.com

"Estou me abrindo com você!"

MAS, geralmente, tudo se resume a isto: As pessoas precisam ser ouvidas e precisam de alguém que crie espaço para que elas sejam ouvidas e possam se expressar. É aí que a gente entra.

4. Não é nosso trabalho mudar um parceiro ou outro.

Universal / Via buzzfeed.com

"Por que estou dizendo a verdade, isso faz de mim uma vadia?"

Obviamente, ambos podem aprender a se comunicar e se entender melhor, fazendo com que sejam parceiros solidários e saudáveis. No entanto, se o problema está em diferenças de personalidade, objetivos, valores ou crenças, bom... não há o que possamos fazer a respeito. Nós trabalhamos para descobrir o que não é negociável, o que é possível trabalhar e o que é possível abrir mão.

5. Na maioria dos casos, o problema não está concentrado em uma única pessoa — a questão é como o casal funciona junto.

Warner Bros. / Via buzzfeed.com

"Mas não estamos brigando."

Pense no alvejante e na amônia. Sozinhos, funcionam muito bem. Misturados, se tornam tóxicos e perigosos.

6. Mas é claro que, às vezes, uma das pessoas é a fonte da maior parte dos problemas no relacionamento.

HBO

Às vezes, nos casais há uma pessoa que está claramente decidida a terminar o relacionamento. Às vezes, uma delas não colabora com a terapia e é reativa. E, às vezes, também vemos situações abusivas.

Dessa maneira, a terapia de casal pode ser uma porta de entrada para a terapia individual, caso uma pessoa precise — talvez ela tenha problemas com a raiva, autoestima, ciúmes ou abuso de substâncias.

Publicidade

7. Nós vemos pessoas que não estão mais apaixonadas o tempo todo, mas nem sempre isso precisa resultar em um término.

ABC / Via giphy.com

"Eu tenho tanto amor por você, mas não me sinto mais apaixonado."

Em um relacionamento longo, é esperado que isso aconteça de tempos em tempos. O amor não é apenas um ~sentimento~ — é uma opção que você continua escolhendo. Quando um dos dois não está mais apaixonado, é preciso se concentrar na qualidade da conexão entre o casal. Nós vemos pacientes que voltam a se apaixonar o tempo todo também.

8. Se você vier para uma consulta, deve estar preparado(a) para falar sobre como você contribui para os problemas do relacionamento.

OWN / Via buzzfeed.com

"Você precisa parar de enrolar, de verdade. Pare de falar besteira."

A perspectiva de encarar seu comportamento negativo é assustadora, a gente sabe disso. Mas ninguém é perfeito e nosso trabalho é chamar a sua atenção a respeito do problema.

9. Muitas pessoas esperam até que o relacionamento esteja por um fio para fazer terapia. Realmente gostaríamos que esse não fosse o caso.

MTV / Via outofclutterfindsimplicity.tumblr.com

"Pessoalmente, gosto de ignorar o problema até que ele eventualmente desaparece sozinho."

Se sua perna estivesse quebrada, você não ficaria mancando por uma semana até ir ao médico. Então, por que esperar até quase terminar um relacionamento para obter ajuda? Em vez disso, não tenha receio de abordar o problema se ele começar a aparecer com frequência, sem apresentar solução.

10. Às vezes, os casais terminam durante a sessão.

FOX / Via thelostie.tumblr.com

"-- Isso parece muito com um término, para mim.
-- Você sabe que não está funcionando."

Mas também pode acontecer de recebermos uma ligação para reagendar uma consulta na próxima semana, pois o casal reatou o relacionamento alguns dias depois.

11. Nós somos humanos, então ficamos frustrados quando os pacientes não assumem a responsabilidade pelos seus atos, questionam nossa autoridade ou são grosseiros.

NBC / Via degrassi.wikia.com

"Estávamos dando um tempo!"

É natural agir na defensiva e retrucar quando alguém diz algo que não queremos ouvir, então entendemos. Mas isso não quer dizer que não é irritante quando um cliente nos interrompe, ignora nossas observações ou provoca brigas.

Publicidade

12. Também ficamos em um fogo cruzado quando os pacientes descontam sua raiva e frustração na gente.

The CW / Via heckyeahreactiongifs.tumblr.com

"Você pode calar a boca por cinco segundos, por favor? Obrigada."

Alguns casais não conseguem direcionar seus sentimentos entre si, então acabam os direcionando a nós. É desconfortável e horrível, mas fazemos o possível para descobrir para onde os sentimentos devem ser direcionados.

13. E, sim, às vezes não gostamos dos nossos paciente. Mas isso é raro.

NBC / Via buzzfeed.com

"Você é um idiota profissional."

De vez em quando, recebemos pessoas que são difíceis de lidar, por diversos motivos. Elas não assumem suas responsabilidades. Elas só culpam o parceiro ou parceira. Elas culpam a nós. Elas são egocêntricas. Elas guardam rancor. Elas são narcisistas. Elas são grosseiras. Etc., etc., etc. Felizmente, muitos de nós têm sorte e conseguem estabelecer relacionamentos positivos com a maioria dos clientes.

14. Precisar de terapia não é sinal de que vocês fracassaram ou que deveriam terminar.

instagram.com

"Lute o máximo que puder pelo que você acredita."

Muitas pessoas pensam: "OK, bom, se as coisas estão tão ruins que é necessário fazer terapia, então deve ser melhor terminar". E não é bem assim. Precisar de um pouco de ajuda profissional não é motivo de vergonha.

Em vez disso, veja desta forma: procurar a terapia de casal vai fazer vocês melhorarem. Vai deixá-los mais saudáveis em algum nível. Assumir responsabilidade pela sua vida e pelo seu relacionamento é ótimo.

15. Na verdade, os conflitos em um relacionamento não são necessariamente ruins e a terapia de casal dará a vocês a chance de serem parceiros melhores e de conhecerem um ao outro de maneira mais profunda.

instagram.com

"Resistiu ao impulso de fazer alguma coisa sobre mim."

TODO relacionamento passa por conflitos. É normal. E, se você tiver a oportunidade de lidar com os conflitos com a ajuda de um especialista, você poderá aprender sobre coisas que não tinha considerado antes ou terá seus sentimentos validados de alguma forma. E isso nunca é ruim.

16. Nós provavelmente jamais vamos "demitir" um paciente ou classificá-lo como um caso perdido — maaas podemos sugerir a terapia individual antes de voltar a passar conosco.

FOX / Via symonetownley12.tumblr.com

"SOCORRO!"

Alguns pacientes não fazem progresso porque estão presos no mesmo padrão de pensamento ou comportamento ou se recusam a participar. Embora não digamos diretamente: "Não posso ajudar você", podemos dizer: "Se não mudarmos esse padrão, não acho que eu seja o melhor terapeuta para você" ou "Não acho que essa seja a melhor hora para fazer terapia de casal".

Publicidade

17. Nós não respondemos quando os clientes perguntam: "Você acha que podemos superar isso?"

FOX / Via scrooogejones.tumblr.com

Às vezes, sim, temos a sensação de que um casal vai terminar. Mas não somos videntes e um relacionamento depende em boa parte do que as pessoas estão dispostas a fazer e o quanto estão dispostas a abrir mão.

18. Isso também vale para quando perguntam: "Você já viu algo assim antes?" ou "Nós somos o pior caso que você já viu?"

replygif.net

A questão é: não há respostas para essas perguntas. Não dá para comparar os problemas dos pacientes e a questão do "pior" é muito subjetiva.

19. fazer terapia não vai ajudar. É preciso se comprometer.

TaylorSwiftVEVO / Via theodysseyonline.com

"Parece uma competição de quem consegue fingir se importar menos."

As pessoas acham que basta ir ao consultório que vamos consertar seus relacionamentos num passe de mágica, mas não é bem assim. Você precisa deixar seu ego lá fora. Entre, seja humilde, confie no processo e esteja disposto a aprender e a amadurecer. Senão, nem se dê ao trabalho.

20. Não espere mudanças repentinas se estiver trabalhando em padrões enraizados que geram problemas há anos.

Loryn Brantz / Via instagram.com

Algumas pessoas têm um histórico extenso, maus hábitos e outras coisas que precisam ser trabalhadas — o que é perfeitamente humano e leva tempo.

21. Sendo assim, para algumas pessoas, a terapia não precisa ser de longo prazo.

BuzzFeed UK / Via buzzfeeduk.tumblr.com

“Mozão: Precisamos trabalhar em nosso relacionamento
Eu:”

Às vezes, tudo que um casal precisa é de algumas sessões com um mediador para que possam se sentir validados ou para ter um espaço seguro para conversar sobre um problema dos quais ambos têm medo de abordar.

Publicidade

22. Ser terapeuta de casal não significa automaticamente ter uma vida amorosa incrível.

WE tv / Via giphy.com

"Está nu"

As pessoas SEMPRE presumem que nossos relacionamentos ou casamentos são perfeitos — mas, na verdade, isso só quer dizer que estamos um pouco mais capacitados para entender e lidar com os problemas, não que a gente não tenha nenhum problema.

23. Algumas das coisas mais valiosas que ensinamos são pequenas maneiras de trazer mais conexão e gratidão ao relacionamento.

NBC / Via buzzfeed.com

"Estamos nessa juntos."

Para um relacionamento melhorar de forma real e sustentável, você precisa pensar nele como uma mudança de vida, não como uma dieta. Isso significa que fazer terapia não quer dizer fazer alguns exercícios e depois praticar só por um tempo. A terapia mostra como mudar comportamentos para a vida toda — como ter mais tempo para o parceiro, deixar o celular de lado ao conversar, acrescentar pequenos momentos de afeto no dia a dia — esse tipo de coisa.

24. Sinceramente, é um trabalho difícil e desgastante.

Studio Ghibli / Via survivingcollege.com

É difícil ver as pessoas sofrendo tanto. Não só isso, mas você está sentado em uma sala com pessoas que estão sofrendo e está dando o máximo de si para descobrir como ajudá-las. Muitas vezes, a resposta não é simples.

25. Mas, no fim do dia, é extremamente recompensador ajudar casais a serem mais felizes e saudáveis — estando juntos ou não.

Mackenzie Kruvant / BuzzFeed

"( ) solteiro
( ) comprometido
( ) super ocupado literalmente arrasando"

Este post foi traduzido do inglês.

Em parceria com