back to top

13 dicas de especialistas sobre como discutir sem arruinar seu relacionamento

É importante dar as mãos e não interromper o outro.

publicado

1. Sentem-se em um sofá confortável.

Universal Pictures

Um estudo publicado em 2010 por professores do MIT, de Harvard e de Yale mostrou que, quando as pessoas se sentavam em uma "cadeira de madeira", elas eram mais rígidas e inflexíveis em suas tomadas de decisão. Mas, quando elas se sentavam em uma "cadeira almofadada macia", elas eram mais flexíveis. Embora o estudo tenha sido pequeno (com somente 86 pessoas), este truque pode ser uma ferramenta útil para qualquer conversa importante.

2. Deem as mãos.

collegetimes.com

"O toque libera oxitocina — um hormônio do prazer — no cérebro", diz a terapeuta de casais Lori Gottlieb. "Você ficaria surpreso ao ver quão difícil é levantar a voz para alguém que está segurando sua mão".

Publicidade

3. Inicie a conversa com a palavra "eu", em vez de "você".

Parkwood / Columbia / Beyoncé

"Dizer 'você' no começo faz soar como uma acusação", diz a terapeuta de casais Irina Firstein. "Sempre comece uma conversa importante com algo como: 'Eu tenho algo que queria compartilhar com você', para impedir a outra pessoa de ficar na defensiva".

4. Quando você realmente só quer expôr suas ideias sobre um assunto, avise.

AirBnb / Via youtube.com

Isso pode ser especialmente útil em casais do tipo extrovertido-introvertido, em que uma pessoa é normalmente mais cuidadosa com o que diz, enquanto a outra verbaliza tudo que passa em sua cabeça.

"Quando os extrovertidos começam a pensar em voz alta, a cabeça de alguns introvertidos começa a girar", diz a especialista em introvertidos e a autora do livro "Quiet Influence", Jennifer Kahnweiler.

Então, deixe seu parceiro saber que há um deleite intelectual chegando, para que ele não tome tudo ao pé da letra.

5. Ponha a mão no coração.

giphy.com

"Eu acho que, quando você faz isso enquanto olha para a outra pessoa, mostra que o que está dizendo vem de um lugar amoroso", diz Firstein. "Isso realmente pode suavizar o clima".

6. Usem seus apelidos, se isso soar natural.

giphy.com

Obviamente, você não deve fazer isso de maneira manipuladora, mas às vezes as pessoas são tentadas a usar o nome completo da pessoa com quem estão discutindo. Isso pode parecer excessivamente formal e distante, diz Gottlieb. "Abaixe sua voz e, se quiser, use um apelido carinhoso para mostrar à pessoa que você se importa".

7. Defina limites que você sabe que não serão atravessados, mesmo no calor de uma discussão.

AirBnb / Via youtube.com

É muito importante respeitar o seu parceiro, mesmo quando você está frustrado com ele. Se você acha que ele está tocando em algo que esgota o limite de sua paciência para tentar provar um ponto, espere a situação se acalmar para seguir em frente.

Isso pode parecer algo como: "Eu notei que você tocou nesse assunto no meio de nossa discussão, e isso é algo sobre o qual podemos conversar se você quiser, mas eu não me sinto confortável com a exposição disso quando estamos discutindo".

Publicidade

8. Considere trocar a palavra "meu" por "nosso".

giphy.com

Se o seu companheiro já expressou que se sente excluído de alguma parte da sua vida, tente usar a palavra "nosso" mais frequentemente (como a nossa casa, o nosso fim de semana etc.). O uso excessivo da palavra "meu" pode fazer o seu parceiro se sentir como um intruso, diz Gottlieb.

9. Faça uma pausa, mas por um tempo definido.

wifflegif.com

“A pausa é uma habilidade de relacionamento crucial sobre a qual você deve conversar com seu parceiro de antemão", diz a psicoterapeuta e apresentadora do programa "Terapia de Casal" Jenn Mann.

"Combinem que, se a discussão ficar muito feia, vocês farão uma pausa". E façam uma estimativa de tempo.

"Acho que pode ser útil dizer algo como: 'Estou me sentindo muito nervoso e gostaria de falar sobre isso quando estiver melhor, então vou dar uma caminhada de cinco minutos'".

10. Pare e reflita antes de responder.

giphy.com

"O primeiro passo é ter um diálogo interno com seus sentimentos", diz a terapeuta de casais Jean Fitzpatrick. "Dessa forma, em vez de simplesmente explodir, você pode considerar como se expressar de forma calma e construtiva".

11. E, se o seu parceiro for introvertido, espere um pouco mais.

giphy.com

"Como os introvertidos passam mais tempo processando seus pensamentos internamente, as pessoas tendem a falar por cima deles, mesmo quando eles têm mais a dizer", diz Kahnweiler. Permita uma pausa depois que ele terminar de falar, no caso da pessoa ter ainda outras ideias.

12. NÃO INTERROMPA.

giphy.com

Todos os especialistas concordam que interromper é desdenhoso e só coloca mais lenha na fogueira. Se você interromper o seu companheiro, reconheça que você o cortou e lhe dê tempo para continuar.

13. Considere uma visita a um terapeuta (sozinho ou juntos) se observar os mesmos problemas se repetindo.

FOX

Se vocês estão discutindo sobre as mesmas questões com pouco progresso ou estiverem pensando em terminar, considerem a terapia de casais.

"Há situações em que uma pessoa quer ir à terapia de casais e a outra pessoa vai dizer: 'Mas nós já estamos juntos dessa maneira há muitos meses!'", diz Mann.

"Mas a maioria dos casais precisa aprender as habilidades para um bom relacionamento e, quanto mais cedo puderem aprendê-las, melhor".

Em parceria com

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss