back to top

Romário vai até a Suíça rebater denúncia de revista "Veja"

Ex-jogador postou foto em Genebra no Facebook e disse que a revista usou documentos falsos para dizer que ele tinha uma conta irregular.

publicado

Romário disse em sua página no Facebook na manhã desta quarta-feira (29) que está "chateado". Ele postou uma foto em Genebra, na Suíça, e falou que não encontrou os R$ 7,5 milhões que a "Veja" disse que ele possuía em uma conta no país.

facebook.com

"Galera, bom dia! Chateado! Acabei de descobrir aqui que não sou dono dos R$ 7,5 milhões." Na última sexta-feira (24) a revista acusou Romário de ter o dinheiro em uma conta bancária no banco suíço BSI e não ter declarado à Justiça.

O post do ex-jogador foi curtido mais de 100 mil vezes.

Segundo o senador, o documento utilizado pela "Veja" para comprovar a existência da conta não é verdadeiro. "Gostaria que eles explicassem como conseguiram este documento falso", escreveu em outro post.

facebook.com

O texto da "Veja" foi ao ar na última sexta-feira (24) no site e saiu também na edição impressa da revista.

veja.abril.com.br

Romário disse à 'Veja" que nunca tinha ouvido falar da conta e disse que, se o dinheiro realmente existisse, ele ficaria muito feliz. "Espero que seja verdade, como trabalhei em muitos clubes fora do Brasil, é possível que tenha sobrado algum rendimento que chegou a essa quantia. Estou me sentindo um ganhador da Mega Sena, só que do meu próprio honesto e suado dinheiro.", postou no Facebook.

Romário fez então uma nota de esclarecimento, chamou a "Veja" de "revista cretina" e disse que o ataque seria provavelmente por conta das pesquisas que mostravam o nome dele no topo das intenções de voto para a prefeitura do Rio.

facebook.com

"Aos repórteres que assinam mentiras, nos vemos na justiça."

Depois de lamentar não encontrar os R$ 7,5 milhões, ele disse que agora a "a conta vai chegar de todas as formas" para aqueles que o acusaram.

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss