back to top

Policiais viram meme depois de aparecem em fotos 'feridos' por tinta rosa

PMs postaram imagens tentando mostrar que foram atacados por professores e viraram piada no Facebook.

publicado

A página Amigos do Beto, feita por "admiradores do governador do Paraná" Beto Richa (PSDB), postou a foto de um policial manchado de rosa no Facebook dizendo que "a inconsequência destes ativistas profissionais feriu muitas pessoas".

O texto da postagem diz "cenas que ninguém mostra. Estas imagens revelam os bastidores do confronto entre sindicalistas da APP Sindicato, CUT, MST e black blocs com os policiais. Os grevistas tentaram furar o bloqueio policial derrubando as grades da ALEP. Quando a polícia tentou impedir, objetos e bombas voaram em direção ao pelotão. A inconsequência destes ativistas profissionais feriu muitas pessoas. Triste! #VQVPR".
facebook.com

O texto da postagem diz "cenas que ninguém mostra. Estas imagens revelam os bastidores do confronto entre sindicalistas da APP Sindicato, CUT, MST e black blocs com os policiais. Os grevistas tentaram furar o bloqueio policial derrubando as grades da ALEP. Quando a polícia tentou impedir, objetos e bombas voaram em direção ao pelotão. A inconsequência destes ativistas profissionais feriu muitas pessoas. Triste! #VQVPR".

Portanto, a frase "a inconsequência destes ativistas profissionais feriu muitas pessoas" sugere que os policiais foram feridos no protesto.

E a PM é acusada de ter abusado da força ao tentar reprimir a manifestação. As fotos de professores feridos circularam bastante na internet ontem e hoje.

#URGENTE!! Professor ferido no Paraná (foto via @G1 ) há instantes...

Segundo autoridades do Paraná, 20 policiais e 150 manifestantes foram feridos.

Por conta disso, o policial Umberto Scandelari também postou uma foto onde aparece com manchas pelo rosto e corpo com a legenda "professor, conta outra...", como se também estivesse ferido.

O policial foi imediatamente criticado nos comentários da postagem porque as pessoas perceberam que as manchas não eram sangue, já que eram cor de rosa.
Reprodução / Via Facebook

O policial foi imediatamente criticado nos comentários da postagem porque as pessoas perceberam que as manchas não eram sangue, já que eram cor de rosa.

A Polícia Militar do Paraná confirmou à BBC Brasil que o líquido rosa é mesmo tinta.

"Este é o produto de uma bomba usada como munição menos letal. É usada para marcar pessoas que estão envolvidas nos protestos", disse a PM.

"Nestes confrontos o uso é normal e aconteceu de marcar também o policial porque manifestantes e policiais estavam muito próximos", disse a corporação.

Muita gente ridicularizou o fato dos policiais estarem "feridos por tinta rosa", já que imagens que rodaram a internet ontem e hoje mostram professores feridos e sujos de sangue.

Reprodução / Via Facebook: amigosdobeto

A postagem da página Amigos do Beto, que tem milhares de compartilhamentos, foi inundada de memes com fotos dos policiais.

Postado por Marco Aurélio Drosdoski.
Reprodução / Via facebook.com
Postado por Marcel Angelo.
Reprodução / Via Facebook: amigosdobeto

Postado por Marcel Angelo.

Alguns foram foram ao post denunciar o que disseram ser a arma dos professores que protestaram em Curitiba.

Postado por Vanessa Caron.
Reprodução / Via facebook.com

Postado por Vanessa Caron.

Outros apontaram a mandante do 'crime'.

Postado por Lorena Brandz.
Reprodução / Via facebook.com

Postado por Lorena Brandz.

Questionaram se o policial sabe "a trabalheira que é tirar batom assim".

Aqui postaram a imagem do suposto flagrante de onde um dos policiais estava quando foi 'atingido'.

Postado por Ariel Augusto Marcos.
Reprodução / Via facebook.com

Postado por Ariel Augusto Marcos.

Embora há quem diga que ele estava em outro lugar.

Postado por Raquel Malina.
Reprodução / Via Facebook: pegaumafacaememata

Postado por Raquel Malina.

E aqui alguém disse ter flagrado um grupo de professoras pronta para agredirem policiais.

Postado por Sócrates Magno.
Reprodução / Via facebook.com

Postado por Sócrates Magno.

Teve gente que foi solidária.

Reprodução / Via Facebook: amigosdobeto

Mas neste comentário alguém disse ter conseguido clicar algumas black blocs que podem ter 'agredido' os policiais.

Postado por Luciane Dias.
Reprodução / Via facebook.com

Postado por Luciane Dias.

E aqui tentam resumir as armas que atingiram o batalhão da polícia: "tinta guache, suco de beterraba e tang sabor uva".

Reprodução / Via Facebook: amigosdobeto
Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.