back to top

Obama corrige pergunta de repórter da GloboNews para Dilma

Em coletiva com os dois presidentes, Sandra Coutinho disse para Dilma que "Os EUA nos veem como uma potência regional" e logo foi rebatida por Obama, que falou que o Brasil "é uma potência global".

publicado

O presidente Barack Obama corrigiu uma pergunta de Sandra Coutinho, repórter da GloboNews, feita para Dilma Rousseff durante entrevista coletiva concedida nesta terça (30), na Casa Branca, em Washington.

Roberto Stuckert Filho / PR

Dilma Rousseff viajou aos EUA para se reunir com Obama e fechar acordos bilaterais entre os países. Alguns dos objetivos alcançados foram acordos de cooperação militar, redução da burocracia para viajantes brasileiros ao país e regras que facilitam a exportação da carne brasileira.

Depois de cumprimentar os dois líderes, Sandra perguntou para Dilma: "O Brasil se vê como um ator global e liderança no cenário mundial, mas os EUA nos veem como uma potência regional. Como você concilia essas duas visões?"

Antes de Dilma responder, Obama interveio: "Vou responder em parte a questão que você acaba de fazer para a presidente. Nós não vemos o Brasil como uma potência regional e sim como uma potência global."

O presidente dos EUA continuou dizendo que há coisas que não são possíveis de serem feitas sem o Brasil e cita temas como saúde global, mudanças climáticas e redução da extrema pobreza no mundo.

youtube.com

Obama disse que considera o Brasil "um parceiro absolutamente indispensável" em assuntos como a saúde global. "Não vamos ter sucesso a não ser que trabalhemos com o Brasil e outros grandes países, para saber onde podemos identificar o surgimento de uma doença, como evitar que ela se torne uma pandemia... Se quisermos ter sucesso em [temas como] mudanças climáticas, contraterrorismo e redução da extrema pobreza no mundo", completa o presidente norte-americano.

Dilma falou logo depois e começou dizendo "bom, acredito que o Obama já respondeu boa parte da pergunta, quero agradecê-lo por isso".

youtube.com

A presidente do Brasil seguiu dizendo que queria fazer uma lembrança e disse que "países passam por crises e dificuldades. É natural. Mas as dificuldades não deve dar a nenhum país um papel menor no mundo", afirmou.

Veja aqui entrevista coletiva completa, disponibilizada pelo canal no YouTube da Casa Branca:

Veja este vídeo no YouTube

youtube.com

Em parceria com

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss