go to content

Entenda como ajudar as vítimas do desastre em Mariana

Elas precisam de dinheiro, água, voluntários e gente que ajude a cobrar os responsáveis.

publicado

A tragédia em Mariana já é considerada o maior desastre ambiental da história do Brasil. Centenas de milhares de pessoas tiveram as vidas afetadas pelo rompimento das barragens, além de sete vítimas fatais e outros 15 desaparecidos.

Nós preparamos um guia com as informações que temos até agora sobre como você pode ajudar as vítimas, localização de pontos de coleta de água potável, maneiras de ajudar os animais de região e como contribuir sendo voluntário.

Christophe Simon/AFP / Getty Images

A água do Rio Doce foi altamente prejudicada com a tragédia e não há como garantir abastecimento provisório, por caminhões-pipa, de toda a população das cidades atingidas pela tragédia.

Só em Governador Valadares são 280 mil pessoas (que recentemente receberam um caminhão da Vale com 300 mil litros de água contaminada com querosene).

Há algumas instituições e grupos que estão recebendo doações de água em Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro e Vitória, além de outras cidades. Os locais que estão distantes têm diferentes organizações para entregar a água aos locais que precisam; alguns fazem entregas de dois em dois dias, enquanto outros entregam de acordo com a quantidade doada.

BELO HORIZONTE

Cruz Vermelha

Alameda Ezequiel Dias, 427

(31) 3239-4211 e (31) 3239-4223.

Legião da Boa Vontade (LBV)

Avenida Cristiano Machado, 10.765, Planalto

(31) 3490-8101.

GOVERNADOR VALADARES

43° Batalhão de Polícia Militar

Rua Francisco Caetano Pimentel, 506, Vila Isa.

(33) 3201-0200

6° Batalhão de Polícia Militar

Rua Marechal Floriano, s/n°, Bairro de Lourdes

(33) 3201-0100

JUIZ DE FORA

A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) está arrecadando água mineral em dez locais na cidade. Saiba mais aqui.

VITÓRIA

Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo

Rua Tenente Mário Francisco de Brito, Enseada do Suá

(27) 99904-5736

Defesa Civil de Vitória

Avenida Nossa Senhora dos Navegantes, 225, edifício Tucumã

(27) 99904-5736

SÃO PAULO

Legião da Boa Vontade (LBV)

Avenida Rudge, 908, Bom Retiro

(11) 3225-4500

Universidade Presbiteriana Mackenzie

Rua Itambé, 135

(11) 2114-8000

Escola de idiomas Alumini

Rua Afonso Braz, 518

Alexandre Dumas, 2220

Rua Padre João Manuel, 319

Rua Clodomiro Amazonas, 161

São Paulo - SP

(11) 2114-8391

Igreja Batista Água Branca

Gustav Willi Borghoff, 480

(11) 3618-3030

RIO DE JANEIRO

Centro Acadêmico de História da UERJ

Rua São Francisco Xavier, nº 524, 9º andar, sala 90257-F

(21) 98538-3810

BRASÍLIA

Um grupo na capital federal está arrecadando água para moradores de Governador Valadares (MG). São mais de 20 pontos de coleta. Veja mais informações aqui.

OUTROS LOCAIS

O site Rio Doce Help está compilando postos de coleta no Brasil inteiro. Dê prioridade a órgãos oficiais do governo e a universidades, por exemplo. Veja aqui.

Christophe Simon/AFP / Getty Images

A prefeitura de Mariana suspendeu temporariamente o recebimento de doações de mantimentos para evitar desperdícios, mas ainda precisa de voluntários para fazer a triagem dos itens (veja abaixo, em "Voluntariado").

As contribuições em dinheiro, para contas da prefeitura criadas para esse fim, ainda são aceitas.

Veja os dados abaixo:

Titular: Prefeitura de Mariana

CNPJ: 18.295.303/0001-44

BANCO DO BRASIL

Agência: 2279-9

Conta corrente: 10.000-5

CAIXA ECONÔMICA

Agência: 1701

Operação: 013

Conta-poupança: 100-2

BRADESCO

Agência: 2068-0

Conta corrente: 100000-4

Você pode se cadastrar no site Rio Doce Help oferecendo-se para se mobilizar na arrecadação de donativos e dar suporte local -- ou seja, botando a mão na massa.

Médicos, enfermeiros, dentistas, veterinários, biólogos, cozinheiros, engenheiros, webdesigners e outros profissionais podem oferecer suas habilidades específicas.

O site repassará seus dados a instituições, ONGs e coletivos locais que podem selecioná-lo para ajudar.

O governo de Minas Gerais orienta interessados a ajudar a se inscrever no sistema Servas (Serviço Voluntário de Assistência Social), por meio deste link.

A Associação Ouropretana de Proteção Animal (Aopa) suspendeu a doação de rações depois de receber 50 toneladas, mas ainda precisa de jornais, medicamentos (principalmente os injetáveis) e materiais de limpeza. As doações devem ser entregues no Galpão da Coterplan, que fica na rodovia Mariana-Samarco, próximo ao Canil de Mariana. O telefone de contato é (31) 98860-2469.

O Instituto de Defesa dos Direitos dos Animais (Idda) - Ouro Preto, que arrecadou 70 toneladas e também suspendeu o recebimento de ração, ainda está aceitando doações em dinheiro. Seguem os dados:

Titular: Luciana Inácia Salles (vice-presidente da ONG)

CPF: 116.374.896-09

Banco: Banco do Brasil

Agência: 2279-9

Conta-corrente: 23873-2

Christophe Simon / AFP / Getty Images

Outra forma de ajudar é monitorar as atividades das comissões parlamentares criadas especialmente para acompanhar as consequências do rompimento das barragens, como a Comissão Extraordinária das Barragens, da Assembleia Legislativa de MG e a Comissão Externa da Câmara dos Deputados.

Também dá para ficar de olho nos comunicados da Samarco e cobrar respostas satisfatórias e ações que reduzam o impacto da tragédia por meio do site também do Facebook da Vale, uma das principais acionistas da Samarco.

Veja mais formas de ajudar no site Rio Dolce Help.

Este post será constantemente atualizado. Tem alguma sugestão de ajuda? Comente abaixo.

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss