back to top

J.K. Rowling acabou de revelar um grande momento da história da magia norte-americana

Que é a razão pela qual os bruxos da América do Norte tiveram que ficar ainda mais escondidos no fim do século 18.

publicado

Na manhã da quinta-feira, J.K. Rowling lançou o terceiro conto de sua nova série sobre a magia na América do Norte no site Pottermore. Você pode ler o primeiro conto aqui e o segundo aqui.

Chip Somodevilla / Getty Images

E no conto aprendemos uma coisa que pode reverberar por todas as outras histórias envolvendo o mundo da magia na América do Norte.

Pottermore / Via Twitter: @EW

Após uma grave violação do Estatuto Internacional de Sigilo, em 1790 foi instituída uma lei para segregar completamente os bruxos norte-americanos da comunidade não-mágica.

Pottermore / Via Twitter: @EW

Dorcas Twelvetress, filha de um alto oficial da MACUSA (Magical Congress of the United States of America), apaixonou-se por um trouxa chamado Bartholomew Barebone, que acreditava que todos os membros da comunidade mágica eram malignos.

Como aprendemos no capítulo de quarta-feira, os Scourers eram um grupo de cruéis bruxos mercenários que traficavam outros bruxos e passaram o seu ódio profundo pela comunidade mágica aos seus descendentes. Bartô era um desses descendentes.
Pottermore / Via Twitter: @EW

Como aprendemos no capítulo de quarta-feira, os Scourers eram um grupo de cruéis bruxos mercenários que traficavam outros bruxos e passaram o seu ódio profundo pela comunidade mágica aos seus descendentes. Bartô era um desses descendentes.

Através das informações conseguidas com Dorcas, Bartô expôs o mundo mágico à imprensa no-maj (a palavra americana para trouxas) e fez o possível para matar todos os bruxos e bruxas que pudesse.

Isso resultou na morte acidental de um grupo de civis não-maj. A intenção de Bartô era ferir funcionários da MACUSA.
Warner Bros.

Isso resultou na morte acidental de um grupo de civis não-maj. A intenção de Bartô era ferir funcionários da MACUSA.

Esse evento levou à criação da Lei Rappaport. Os bruxos sequer poderiam ser amigos de não-majs, muito menos casar com eles. A comunicação foi reduzida ao mínimo necessário.

Warner Bros.

As penalidades por confraternização e comunicação desnecessária eram pesadas.

Basicamente, acabamos de aprender sobre um grande momento na história da magia, que fez com que os bruxos norte-americanos tivessem que se esconder muito mais do que o comum...

Pottermore / Via Twitter: @EW

E um que CERTAMENTE vai reverberar pela década de 1920 e pelas aventuras de Newt Scamander em Animais Fantásticos e onde habitam.

Warner Bros.

Ah, e também aprendemos que a moeda bruxa norte-americana se chama "Dragote".

Warner Bros.

Você pode ler o novo conto de J.K. Rowling no site Pottermore, aqui.

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.