back to top

Conheça 10 dos lugares mais lindos -- e escondidos -- do mundo

Está na hora de planejar a sua próxima viagem.

publicado

1. Zhangye Danxia -- China

Eric Pheterson (CC BY 2.0) / Via Flickr: pheterson

Por incrível que pareça, esta formação colorida é de verdade! Fica em um parque na província de Guandong, na China. Foi formada ao longo de milhões de anos por arenito vermelho e depósitos de minério. As características geológicas da região se formaram pelos mesmos movimentos tectônicos dos quais surgiu a cadeia dos Himalayas. Onde ficar: uma opção é o Zhangye Hotel na cidade de Zhangye, que fica a 90 minutos de ônibus do parque.

2. Parque Nacional Gunung Mulu -- Malásia

Paul White (CC BY 2.0) / Via Flickr: thinkofacolour

Com seus picos de arenito de mais de 2 mil metros de altura, quase 300km de cavernas e uma grande biodiversidade, o parque revela uma história geológica de mais de 1,5 milhão de anos. Como chegar: o aeroporto local recebe vôos diários de Miri e Kuching, e de lá você pode pegar um transporte até o parque.

3. Lago Hilier -- Austrália

Auscape / Getty Images

Este lago cor de rosa também é de verdade, e fica na região sudoeste da Austrália. Acredita-se que uma alga com pigmentação vermelha, Duinella salina, seja responsável pela cor rosada da água. O lago, que tem apenas 600 metros de comprimento e fica à beira do oceano, também tem o mesmo nível de salinidade que o Mar Vermelho. Como chegar: como o lago fica em uma ilha de proteção ambiental, a melhor opção é conhecer a região de barco com um grupo de excursão.

4. Svalbard -- Noruega

Gary Bembridge (CC BY 2.0) / Via Flickr: tipsfortravellers

"Costa fria" na língua nórdica antiga, Svalbard é um arquipélago no ártico, no extremo norte da Europa. Apesar de boa parte da região ser coberta por uma enorme geleira, é o ponto mais próximo do Polo Norte que é habitado durante o ano inteiro. Onde ficar: o aconchegante Radisson Blu Polar Hotel tem vista para as geleiras.

5. Meteora -- Grécia

Marcin Grabski (CC BY 2.0) / Via Flickr: wentuq

A região de Thessaly, na Grécia, é populada por picos de arenito de difícil acesso. Então, pouco surpreende que desde o século XI são habitados por monges. Com o tempo, 24 mosteiros foram construídos em cima dos picos. Onde ficar: a pousada Archontico Mesochori fica a 1 km das pedras imponentes de Meteora.

6. Maly Semyachik -- Kamchatka, Russia

Winfried Wisnlewski / Getty Images

No extremo oriente russo existe um lago quente e ácido dentro de uma cratera vulcânica ainda ativa. A formação foi resultado de uma erupção do vulcão Ceno-Semyachik há 400 anos. Dizem que a água é tão ácida que pode rapidamente corroer alumínio. Como chegar: os mais aventureiros vão curtir fazer uma viagem de 7 dias para conhecer este e outros vulcões.

7. Templo Ranakpur -- Rajasthan, Índia

Honza Soukup (CC BY 2.0) / Via Flickr: honzasoukup

Construído no século XV em um vale isolado na região noroeste da Índia, o templo é inteiramente feito de mármore e é considerado uma obra-prima da arquitetura da época. Suas 24 salas e 80 cúpulas são sustentadas por 400 pilares que mudam de cor, variando de dourado para um azul claro ao longo do dia. Onde ficar: o hotel Fateh Bagh fica em Ranakpur, próximo ao templo.

8. Rangiroa -- Polinésia Francesa

Gerard Soury / Getty Images

Um dos poucos lugares onde você consegue ver o horizonte de todos os lados, Rangiroa é um atol na Polinésia francesa que abriga uma enorme lagoa. Sua diversidade marinha faz do refúgio um destino ideal para quem curte a natureza e o mergulho. Onde ficar: o Kia Ora Resort & Spa é um dos mais indicados hotéis da região.

9. Gila Cliff Dwellings -- Novo México, EUA

Greg Newington / Getty Images

Homens se abrigavam há milênios nas cavernas à beira do Rio Gila, no Novo México, nos Estados Unidos. Há 700 anos, o povo Mogollon construiu suas casas dentro dessas cavernas. Deixaram o local após apenas 20 anos, mas os abrigos permanecem até hoje. Como chegar: ir de avião até Silver City ou outra cidade da região e alugar um carro. Uma vez no parque, a entrada custa US$10 por família.

10. Cavernas de Mármore -- Chile

Barcroft / Getty Images

Considerada por alguns a mais linda rede de cavernas do mundo, elas se encontram do lado chileno do lago General Carrera, que fica na Patagônia e faz fronteira com a Argentina. O lago é abastecido por nascentes de geleiras vindas da cordilheira dos Andes. As cavernas, túneis e pilares foram esculpidas nas encostas de mármore pelo movimento de ondas ao longo de 6 mil anos. Como chegar: faça uma excursão de Coyhaique às cavernas -- este passeio tem duração de entre 12 e 14 horas.

Ficou com vontade de conhecer estes destinos incríveis? Mesmo nos lugares mais improváveis, você pode contar com o seu cartão Visa, aceito em mais de 42 milhões de estabelecimentos no mundo inteiro.

Em parceria com

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss