back to top

20 provas de que a sua infância foi uma grande Parada Gay

A sua TV era um arco-íris de energia.

publicado

1. Se você nasceu entre os anos 80 e 90, provavelmente se lembra que naquela época tinha muito cabelão, muita cor, muito babado e muita maquiagem.

Reprodução

2. Digamos que você praticamente cresceu numa Parada Gay que durou muuuuito tempo.

Reprodução

3. A Barbie e o Ken tinham looks que pareciam prontos pra arrasar na boate.

Reprodução

4. E seus outros brinquedos também seguiam o tema "já que é pra tombar, tombei!"

Reprodução

5. Isso aqui era praticamente o kit drag de toda criança.

Divulgação

6. O Meu Primeiro Gradiente foi como você começou a treinar suas dublagens babadeiras.

Reprodução

7. E foi na Maquininha de Tricô que você customizou suas primeiras brusinhas.

Reprodução

8. E os desenhos animados? Era um lacre atrás do outro.

Reprodução

9. Segura essa She-Ra fazendo a linha Cher e trocando de figurino no palco.

Reprodução

10. Já a Penélope Charmosa vinha de carro alegórico e tudo na "Corrida Maluca".

Reprodução

11. E a Carmen Sandiego, finíssima, sempre fazia uma saída finérrima.

Reprodução

12. Tinha também uns boys magia de sunga como o Lion-O do "Thundercats".

Reprodução

13. E uns vilões fechativos como o Vingador da "Caverna do Dragão".

Reprodução

14. Sem falar que os desenhos eram apresentados por figuras como a Vovó Mafalda.

SBT

15. Ou apresentadoras infantis com looks que deixavam qualquer drag queen de queixo caído.

Reprodução

16. E assistentes de palco que mais pareciam cosplay do Walter Mercado.

Reprodução

17. Nem os ídolos musicais escapavam, como a banda Dominó fazendo a linha Tieta na capa do disco.

Reprodução

18. Você tinha heroínas lacradoras, como a Kitana que vencia o recalque com golpes de leques. Sim, LEQUES.

Reprodução / Via SydLexia.com

19. Os Cavaleiros do Zodíaco que mais pareciam a entrada do Gala Gay no carnaval.

Reprodução

20. E a Power Ranger rosa que de tanto mandar beijinho no ombro para as inimigas já virou um ícone gay.

Reprodução

Melhor infância, sim ou com certeza?

Chris Mise

Veja também: