back to top

Perguntamos às pessoas a coisa mais diferente que já aconteceu com elas e as respostas são de cair o cu da bunda

"Eu tenho um irmão gêmeo idêntico e quando a gente era bebê a minha mãe chutou quem era quem, então a minha vida pode ser uma mentira."

publicado

Inspirados por um tópico do grupo do BuzzFeed Brasil no Facebook perguntamos na nossa página histórias muito curiosas dos nosso leitores. Eis as melhores respostas:

Os depoimentos foram editados para clareza.

1. "Eu sou filha de padre."

Kadirdemir / Getty Images

"Eu sou filha de padre, e toda vez que as pessoas descobrem elas ficam meio malucas fazendo milhões de perguntas. A minha mãe trabalhava como secretária da igreja na época da faculdade e meu pai era o padre da paróquia. Eles tiveram um romance que durou muitos e muitos anos e eu surgi! Meu pai nunca quis assumir e hoje, 31 anos depois, continua como padre." – Carolina Halter (leitora que deu origem a ideia deste post!)

2. "Já caiu um raio em mim."

Efks / Getty Images

"Eu levei um raio quando estava andando na rua. Na realidade fui atingida de forma indireta pela corrente que caiu pertinho de mim ao torrar meu celular.

Minha primeira preocupação pós desespero/susto/lágrimas ao sentir eletricidade passar pelo meu corpo foi achar que eu estava careca (rs), e ainda fui chamada de para-raios um bom tempo." – Jaqueline Guimarães

3. "Talvez eu seja o meu irmão gêmeo."

Borupfoto / Getty Images

"Eu tenho um irmão gêmeo idêntico e quando a gente era recém-nascido a mamãe marcava uma inicial na sola do nosso pé com caneta pra não confundir. Um dia, a vovó deu banho na gente e, sem saber desse esquema de identificação, apagou as iniciais. Elas chutaram quem era quem e minha vida pode ser uma mentira." – Henrique Gil

Publicidade

4. "Eu conheci meu marido num jogo online."

Stevanovicigor / Getty Images

"Eu e meu marido nos conhecemos jogando 'Smite' online e namoramos à distância por dois anos. Depois de um ano só no Skype, ele finalmente veio pro Brasil me conhecer e se apaixonou pela comida brasileira, pelas pessoas e por mim principalmente, né? Aí decidimos que ele se mudaria pra cá, nos casamos em maio e ele está amando o Brasil." – Melanie Castro Boehmer

5. "Meu coração é do lado direito."

Amoklv / Getty Images

"Meu coração é do lado direito. É uma síndrome que faz o treco ficar do lado de lá! Teoricamente, todos os meus órgãos deveriam ser também, só que somente o meu coração resolveu ser do contra. E olha que eu não tenho nenhum problema de saúde por causa disso. Eu adoro, quando abraço as pessoas os corações REALMENTE batem juntos." – Kathlyn Pereira

6. "Conheci meu melhor amigo porque ele chutou o meu número no WhatsApp."

Andreypopov / Getty Images

"Quando ele me mandou mensagem, eu achei que era algum conhecido, então conversamos sobre séries e músicas que a gente gostava. Aí no final eu perguntei onde ele tinha conseguido meu número e ele disse que chutou um número qualquer porque estava entediado no trabalho. A gente se deu muito bem, conversamos bastante todo dia e acabamos marcando um rolê." – Gabi Oliveira

7. "Eu quase morri num acidente de avião."

Yakobchukolena / Getty Images

"Lembram do avião que escorregou na pista, bateu no prédio e pegou fogo no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, em 2007? Eu tinha reservas para aquele voo e na hora que fui confirmar/pagar, a moça da agência me ofereceu passagens em promoção em outra companhia aérea. Já não bastasse o fato de estar vivo por ser pobre, eu esqueci de avisar minha família que havia mudado de voo. E tinha um passageiro com o meu nome entre as vítimas! Eu só lembrei que não havia avisado eles no dia seguinte. Eu liguei pra minha mãe e ela estava chorando se preparando para ir ao aeroporto para se juntar às famílias das vítimas." – Bruno N. Sá

Publicidade

8. "Eu já fui presa."

Diephosi / Getty Images

"Eu fui presa e ninguém nunca acredita quando eu conto. Depois que eu explico o porquê, todo mundo entende e diz 'nossa, verdade, bem tua cara'. Foi na ocupação de reitoria da minha universidade. Fui presa pela PM e processada pela Polícia Federal. Mas agora tá tudo bem, fui absolvida e vai fazer dez anos já." – Carolina

9. "Eu ganhei R$300 mil num programa de TV."

Reprodução/Warner / Via imdb.com

"Eu ganhei R$ 300 mil no programa do Roberto Justus '1 Contra 100'. Eu me inscrevi no site e, da primeira vez que me chamaram, eu estava de plantão no trabalho e NINGUÉM QUIS TROCAR O COMIGO. Então eu não pude ir, fim. Ainda bem que me chamaram de novo, não sei por quê. Acho que era difícil para a produção conseguir cento e tantas pessoas a cada gravação e difícil também arrumar alguém que topasse ir lá na frente jogar contra os cem. Antes de eu sair de casa, o meu namorado falou 'ah, qualquer coisa tá bom, se você ganhar uns R$ 1.000 a gente pode ir jantar num lugar bem caro'. Ele era a única pessoa que sabia, e depois que terminou a gravação, eu falei: 'ganhei R$ 300 mil'. Ele ficou passado. Um dia eu abri meu extrato e tinha R$300.037,84 na minha conta. Sendo os R$37,84 tudo o que eu tinha antes. Usei pra pagar o meu apê onde moro hoje." – Anônima

10. "Eu caí no vão do trem."

Long8614 / Getty Images

"Já cai naquele vão que pedem pra termos cuidado entre o vagão e a plataforma. Tinha acabado de extrair dois sisos e a minha mãe estava de acompanhante, eu tinha uns 13 anos. Eu estava dopada de anestesia, nem vi o vão e passei direto. A coitada começou a gritar e conseguiram me pegar." – Erika C Silva

11. "Meu ex virou meu irmão."

Reprodução/Globo / Via canalviva.globo.com

"Tive um relacionamento que durou sete anos. Separei seis meses depois e, quando eu chego para visitar a minha mãe, me deparo com meu ex-sogro na casa dela. Eles casaram, meu ex-sogro hoje é meu padastro e o meu ex acabou virando meu 'irmão'! São sempre cômicos os encontros em família, para não dizer trágicos." – Ana Paula

Publicidade

12. "Conheci a minha tia perdida por acaso."

Max-kegfire / Getty Images

"O meu avô saiu de casa quando meu pai ainda era adolescente e se casou com outra mulher. Anos se passaram e tinha uma moça que trabalhava na cantina do meu colégio que sempre era um amor comigo. Depois fomos descobrir que ela era filha do meu avô, portanto irmã do meu pai e minha tia." – Thaís Pereira

13. "Eu e o meu namorado nos encontramos 40 minutos depois de trocarmos três mensagens no aplicativo."

Spiderstock / Getty Images

"Conheci meu atual namorado num aplicativo de relacionamentos. Até aí normal, né? O legal da nossa história é que eu estava entediada e entrei na esperança de achar alguém pra conversar, já que tinha ido num encontro que não tinha sido lá essas coisas. Daí um menino me mandou a mensagem 'estão falando merda sobre política numa festa de família, me salva?' Eu respondi que, se ele viesse pro meu bairro, poderíamos comer pizza. Ele disse que tudo bem e que me encontraria em 40 minutos. Essas foram as nossas ÚNICAS mensagens pelo aplicativo. No meio do encontro descobrimos que tínhamos estudado no mesmo colégio, que morávamos em lados opostos da mesma rua e que fazíamos natação no mesmo clube. O encontro foi das 23h até as cinco da manhã e começamos a namorar uma semana depois desse dia." – Carol Cardoso

14. "Eu perdi o navio em que estava com só o biquíni no corpo e passei 10 dias sem um centavo."

Reprodução/Dreamworks / Via imdb.com

"Eu trabalhava num navio e, toda noite, a gente tinha que ajustar os relógios pro fuso horário do próximo porto. É um tal de uma hora a mais, uma hora a menos, você tem que ficar esperto. Então eu ajustei meu despertador no fuso da manhã seguinte, chegamos em Aruba, eu trabalhei das 8h às 12h e me troquei rapidão para conhecer as praias de lá. Coloquei biquíni e canga, peguei uma bolsinha de crochê pro óculos, protetor solar e uma nota de US$ 100 pro táxi. E só. Acontece que troquei de relógio por um à prova d'água que obviamente não estava ajustado. Eu teria que estar às 16h de volta no navio, e só cheguei às 17h. Eu vi o navio partindo e ele iria navegar por três dias antes de aportar em Miami. Eu fiquei desesperada, como é que eu ia voar até Miami daqui a três dias de biquíni e canga? Nem um cartão de crédito eu tinha. Os US$ 100 eu já havia gastado com o táxi, mas pelo menos a empresa do navio tinha parceria com um hotel local para eu ficar. Vendo minha aflição, um cara me levou num jipe até uma loja e me pagou uma calça jeans. Então, após três dias, eu voei pra Miami e... devido a um mau tempo, meu vôo atrasou e quando cheguei em Miami o navio já havia partido novamente. Durante os próximos dias, o navio percorreria várias ilhas do Caribe que não têm aeroporto. Eu fiquei mais dois dias em Miami sem um puto no bolso e mais cinco dias esperando meu navio em St. Lucia, a primeira ilha que tinha aeroporto. Passei dez dias com o mesmo biquíni, lavava na pia à noite e dormia com a saída de praia como camisola. A calça jeans era só pro vôo. De volta ao navio, eu já estava chorando pela dívida que teria que pagar, mas meu chefe ligou para a companhia aérea pra explicar o tamanho do preju que eu teria por causa de um atraso no vôo. Daí eles arcaram com as minhas despesas desde Aruba. Ufa!!" – Aline Aguirre

15. "Foi meu pai quem contou para o meu agora marido que eu era afim dele."

Ragıp Ufuk Vural / Getty Images

"Um dia eu estava na missa, olhei pro outro lado e vi um rapaz bonito. Aí fiquei com a cara dele na cabeça. Depois o vi na rua por duas vezes num período de seis meses, mais ou menos. Até que um dia eu peguei o ônibus das 4h da manhã pra ir pra faculdade (acompanhada do meu pai) e lá estava ele de novo. E assim continuou durante três meses. Até que eu tomei coragem e falei com ele. Nos cumprimentamos por três dias seguidos. Eu não sabia nada do garoto: nome, idade, nada. Na segunda-feira seguinte, eu não peguei o ônibus e fui dormir na minha tia. Liguei pro meu pai à noite e ele disse que aquele rapaz estava na missa também e que o nome dele era Renato. SIM, MEU PAI DISSE PRO GAROTO QUE EU GOSTAVA DELE. Conclusão: estamos juntos há quase sete anos e casados há quase dois!" – Laís Fernandes

Publicidade