back to top

17 ensaios de famosos que são verdadeiras obras-primas

O Brasil Renascentista com toques de Surrealismo.

publicado

1. O Nascimento de Vênus na Moita, de Botticelli.

Também conhecido como "Camila Pitanga pensativa em meio a folhagens".
BuzzFeed Brasil/Reprodução / Via Twitter: @bicmuller

Também conhecido como "Camila Pitanga pensativa em meio a folhagens".

2. A Última Ceia, por Leonardo Da Vinci.

A obra traz uma conotação política ao representar Angélica comendo correntes de ouro no lugar do macarrão.
BuzzFeed Brasil/Reprodução / Via angelical-touch.blogspot.com.br

A obra traz uma conotação política ao representar Angélica comendo correntes de ouro no lugar do macarrão.

3. Moça Com Muita Melancia, de Johaness Vermeer.

Estudiosos ainda não conseguiram decifrar o simbolismo da interação de Marjorie Estiano com a fruta tropical.
Unknown / Via extra.globo.com

Estudiosos ainda não conseguiram decifrar o simbolismo da interação de Marjorie Estiano com a fruta tropical.

4. Mãe Coruja, de James Abbott Whistler.

Eliana, grávida, é retratada segurando sua coruja.
BuzzFeed Brasil/Reprodução / Via altoastral.com.br

Eliana, grávida, é retratada segurando sua coruja.

5. A Vênus Sem Espelho, de Velázquez.

A obra apresenta Alexandre Frota vestido de noiva. O motivo não foi revelado.
BuzzFeed Brasil/Reprodução / Via enlacecasamentos.com.br

A obra apresenta Alexandre Frota vestido de noiva. O motivo não foi revelado.

6. Mulher com Xicrinha, de Monet.

Este retrato de Xuxa está entre as obras mais famosas do Impressionismo.
BuzzFeed Brasil/Reprodução / Via caras.uol.com.br

Este retrato de Xuxa está entre as obras mais famosas do Impressionismo.

7. A Ronda Noturna, de Rembrandt.

Aqui, Bárbara Paz encarna a opressão, enquanto tenta vender jóias.
BuzzFeed Brasil/Reprodução / Via uai.com.br

Aqui, Bárbara Paz encarna a opressão, enquanto tenta vender jóias.

8. O Desespero, de Courbet.

Na obra, Ana Furtado substitui mulher correndo de pássaros.
BuzzFeed Brasil/Reprodução / Via jobmix.com.br

Na obra, Ana Furtado substitui mulher correndo de pássaros.

9. Gótica Americana, por Grant Wood.

Nana Gouvêa arrisca sua vida para fazer um importante alerta sobre o aquecimento global.
BuzzFeed Brasil/Reprodução / Via veja.abril.com.br

Nana Gouvêa arrisca sua vida para fazer um importante alerta sobre o aquecimento global.

10. Retrato do Artista Sem Barba, por Van Gogh.

Junior Lima reflete sobre a juventude usando macarrão instantâneo.
BuzzFeed Brasil/Reprodução / Via br.vida-estilo.yahoo.com

Junior Lima reflete sobre a juventude usando macarrão instantâneo.

11. A Primavera do Ego, de Botticelli.

Nesta obra singular, Mulher Melão representa Emília, Geisy Arruda interpreta Dona Benta, Laura Keller é Narizinho e a Cuca é vivida pelo estagiário do Ego.
BuzzFeed Brasil/Reprodução / Via ego.globo.com

Nesta obra singular, Mulher Melão representa Emília, Geisy Arruda interpreta Dona Benta, Laura Keller é Narizinho e a Cuca é vivida pelo estagiário do Ego.

12. Número 2, de Jackson Pollock

BuzzFeed Brasil/Reprodução / Via noticiasnalata.blogspot.com.br

"Devido às enormes dimensões da obra, Gracyanne Barbosa consegue deter e transmitir a ideia de monumentalidade", disse um crítico de arte.

13. Nu, Folhas e Busto, de Pablo Picasso.

O quadro mais caro já vendido em um leilão traz Ângela Bismarchi em sua essência de Deusa Grega.
Unknown / Via ego.globo.com

O quadro mais caro já vendido em um leilão traz Ângela Bismarchi em sua essência de Deusa Grega.

14. Natureza-Morta com chocolate sobre tela, de Balthasar van der Ast.

Note a delicadeza das pinceladas de chocolate neste retrato da ex-BBB Cacau Colucci.
BuzzFeed Brasil/Reprodução / Via ego.globo.com

Note a delicadeza das pinceladas de chocolate neste retrato da ex-BBB Cacau Colucci.

15. Retrato de Adélia, por Gustav Klimt.

Solidão, desamparo, fome. Está tudo representado no simbolismo da ex-BBB Adélia Soares.
Unknown / Via ego.globo.com

Solidão, desamparo, fome. Está tudo representado no simbolismo da ex-BBB Adélia Soares.

16. A Lição de Anatomia do Dr. Torquatto, por Rembrandt.

Susana Vieira desafia a representação do corpo humano nesta obra disruptiva de 1632.
BuzzFeed Brasil/Reprodução / Via revistaquem.globo.com

Susana Vieira desafia a representação do corpo humano nesta obra disruptiva de 1632.

17. O Grito, de Edvard Munch.

David Brazil representado sob a ótica do tiro, berro, grito.
BuzzFeed Brasil/Reprodução / Via ego.globo.com

David Brazil representado sob a ótica do tiro, berro, grito.

Veja também: