back to top

24 CDs que formaram a sua homossexualidade

Gritando Spice Girls internamente.

publicado

1. "Spice" das Spice Girls.

Por que é hino: simplesmente o CD que você decorou para cantar com as suas amigas no recreio. Aquele disco que introduziu o girl power ao mundo e que é dono de hits como "Wannabe", "Say You'll Be There" e "2 become 1".

2. "...Baby One More Time" da Britney Spears.

Por que é hino: este disco nos deu a princesa do pop, que fazia você rebolar a bunda dizendo "Hit me baby one more time" e ao mesmo tempo chorar com cara de inocente ao som de "Sometimes".

Publicidade

3. O álbum de estreia da Christina Aguilera.

Por que é hino: não só de Britney vive o mundo, então nós gays ganhamos a Xtina e seu vozeirão cantando "Genie In A Bottle" e "What A Girl Wants". Fora que sempre tinha um "I Turn To You" pra você chorar no chão do banheiro.

4. "É o Tchan do Brasil" do É o Tchan.

Por que é hino: é só ouvir a introdução de "Ralando o Tchan" que você já começa a se requebrar inteiro e a fazer a mãozinha da odalisca. Este disco botou a dança do ventre e a cobra no mapa muito antes do clipe de "Sua Cara" sonhar em existir.

5. "As Quatro Estações" de Sandy & Junior.

Reprodução/Universal Music

Por que é hino: "no outono é sempre igual..." precisa dizer mais alguma coisa? O álbum mais "maduro" da dupla mais amada do Brasil fazia você chorar pelo Junior e pela Sandy igualmente.

6. "Backstreets Back" dos Backstreet Boys.

Por que é hino: não tinha como não ficar levemente umedecido ouvindo aqueles gatinhos cantando "As Long As You Love Me" no seu ouvido. Provavelmente foi aí que você percebeu que gostava deles e da Britney de formas bem diferentes.

7. O show "VH1 Divas Live".

Por que é hino: simplesmente o CD que juntou TODAS as maiores divas da época num show espetacular. Era lacração de "My All" até "My Heart Will Go On" e ainda serviu para apresentar a diva mór Aretha Franklin para as gerações mais novinhas.

Publicidade

8. A trilha sonora do filme "Moulin Rouge".

Por que é hino: todo mundo já ia comprar a trilha porque se apaixonou pela Nicole Kidman e pelo Ewan McGregor no filme. Mas quando vieram com a versão de "Lady Marmalade" com Christina, Pink, Lil' Kim e Mya, não teve quem não gritasse "hino!".

10. "The Immaculate Collection" da Madonna.

Por que é hino: você provavelmente era muito pequeno quando essas músicas foram lançadas, mas graças a essa coletânea, a Madonna teve seu reinado perpetuado por mais uma geração de gays no mundo inteiro. É um álbum atemporal com hino de uma ponta à outra.

11. "Survivor" das Destiny's Child.

Por que é hino: depois de "Say My Name", tudo poderia acontecer com as Destiny's Child. Mas elas vieram com um álbum ainda mais icônico que nos deu "Independent Women", "Survivor" e "Bootylicious". Mal sabiamos nós o quanto a Beyoncé ainda ia acabar com a nossa raça.

12. "En Extasis" da Thalia.

Por que é hino: quem viveu no Brasil nos anos 90 sabe que não dava pra ignorar a rainha das novelas, Thalia. Este álbum nos deu hinos como "Piel Morena" e "Maria La Del Barrio" e agradecemos até hoje o portunhol alcançado.

Publicidade

14. O álbum de estreia do Rouge.

Por que é hino: você torceu por elas no reality "Popstars" do SBT e elas não decepcionaram. Este álbum de estreia tem tiros como "Não Dá Pra Resistir" e "Ragatanga", cuja coreô você sabe até hoje.

16. "Come On Over" da Shania Twain.

Por que é hino: antes que a Taylor Swift sonhasse com a fama, Shania Twain já fechava nas paradas com este álbum recheado de hits. Quem nunca sambou de bota ao som de "Man! I Feel Like a Woman" não viveu.

Publicidade
Publicidade

E ouça a playlist aqui:

embed.spotify.com

Em parceria com