back to top

Dilma dobra a meta e agora quer levantar R$ 1 milhão em vaquinha

Crowdfunding busca custear viagens da petista, após Temer cortar voos pela FAB. Ex-ministro, que foi tesoureiro de 2014, diz que não doa porque está desempregado.

publicado

A presidente afastada Dilma Rousseff arrecadou em nove dias mais de R$ 710 mil na campanha de crowdfunding aberta por duas de suas amigas na plataforma Catarse.

A meta de R$ 500 mil foi batida há uma semana, mas a campanha se estendeu porque Dilma decidiu que quer arrecadar a R$ 1 milhão até a próxima sexta (15).


A equipe de Dilma só poderá retirar o dinheiro quando a campanha estiver encerrada. Além disso, terá de deixar 13% do total para a administração do Catarse, dona da plataforma digital, e pagar 4% em impostos.

Mais de dez mil pessoas doaram a partir de R$ 10.

O tesoureiro da campanha de Dilma em 2014, o ex-ministro Edinho Silva (Comunicação), disse ao BuzzFeed Brasil que não entrou na lista de doadores está sem dinheiro e desempregado.

Ele entrou com um pedido de quarentena para receber seis meses de salário, alegando conflito de interesses para voltar ao mercado. O governo Temer negou o pedido.

Mas Edinho não é o único nome de dirigente petista que não aparece na lista de doadores, apesar do apelo do presidente da legenda, Rui Falcão, que foi um dos primeiros a doar.

Acabei de fazer a minha doação. Faça a sua também!

O ex-presidente Lula, que doou R$ 1000, também fez propaganda da campanha, mas poucos petistas proeminentes participaram da vaquinha.

Entre os doadores estão os ex-ministros de Dilma Ricardo Berzoini e Aloizio Mercadante.

Nem todos os nomes dos apoiadores constam na página da campanha, mas todas as doações e a identidade dos doadores têm de ser registradas na plataforma de crowdfunding.

Esta semana, o líder do DEM no Senado, Ronaldo Caiado (GO), ingressou com uma representação junto à Procuradoria Geral da República (PGR) para questionar a legalidade da vaquinha.

Ele pediu que a campanha fosse suspensa, mas ainda não houve manifestação da PGR.

Ingressei hoje com representação contra Dilma Rousseff e o PT para que seja suspensa "vaquinha virtual”.

Uma das organizadoras da vaquinha, a advogado Guiomar Lopes, disse ao BuzzFeed Brasil que não recebeu nenhuma notificação sobre os questionamentos de Caiado.

"Espero que a suspensão não aconteça porque seria um absurdo. Esta é uma ação de solidariedade em virtude de uma medida descabida do governo interino", disse Guiomar.

A advogada se referiu à decisão do presidente interino Michel Temer, de proibir voos de Dilma pela FAB fora do trajeto Brasília-Porto Alegre, onde fica a residência particular da petista. O crowdfunding foi criado para juntar recursos para as viagens.

Guiomar informou que ainda não foi definida a forma como serão prestadas as contas da campanha, que deverão ser apresentadas pela internet aos doadores.

Dilma já está devendo duas viagens, que serão pagas com os recursos. Uma para Belém (PA), na semana passada, e outra para São Paulo, nesta sexta (8).

Veja mais:

Dilma bate a meta e arrecada R$ 500 mil em vaquinha

Como a Lava Jato fez o Instituto Lula encolher

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss