back to top

Dilma bate a meta e arrecada R$ 500 mil em vaquinha

A petista pediu dinheiro para viajar pelo país. Em dois dias, mais de 7 mil doadores colaboraram com a campanha.

publicado

A presidente afastada Dilma Rousseff atingiu na noite desta sexta-feira (1) o objetivo de sua campanha de crowdfunding e, em dois dias, arrecadou R$ 500 mil pela plataforma Catarse. Foram 7390 apoiadores.

Agora que atingiu a meta, a equipe da presidente vai decidir se mantém a campanha no ar para ampliar.

Aliados da petista decidiram fazer uma vaquinha para pagar as viagens da presidente afastada. O presidente interino, Michel Temer, a proibiu de usar aviões da FAB a não ser no trecho Brasília-Porto Alegre, onde fica sua residência particular. O PT também disse que não tem recursos para bancar as despesas das viagens.

Andressa Anholete/AFP / Getty Images

O projeto de Dilma, organizado por duas de suas amigas do tempo da militância contra a ditadura, é o segundo maior do Catarse. O primeiro foi feito por um engenheiro que pediu R$ 50 mil para um projeto e chegou a R$ 602 mil em arrecadação.

Na quinta-feira (30), Dilma viajou ao Pará para encontro com eleitores e apoiadores. Segundo sua assessoria jurídica, uma decisão da Justiça Federal do Rio Grande do Sul a autorizou a usar aviões da FAB, desde que pague pelo combustível.

Roberto Stuckert Filho/PR

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), já informou à presidente afastada que o julgamento final do impeachment deverá ocorrer entre 25 e 27 de agosto.

Veja mais:

Dilma está pedindo R$ 500 mil em vaquinha para viajar pelo país



Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.