back to top

Depois de sofrer pressão, Doria afrouxa as regras para Uber

Agora, o limite de idade da frota de carros vai saltar de cinco para oito anos, como ocorre com os táxis. A medida já foi informada aos motoristas de aplicativos.

publicado

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta terça (30) que vai "flexibilizar" as regras dos aplicativos de transportes, como Uber, 99 e Cabify. Agora, o limite de idade da frota de carros vai saltar de cinco para oito anos, como ocorre com os táxis. A medida já foi informada aos motoristas de aplicativos.

Tatiana Farah/BuzzFeed News

Ele disse que também que está discutindo a restrição ao uso de veículos emplacados em outras cidades — pela flexibilização, não haveria mais restrição a veículos de outras cidades do Estado de São Paulo, e sim apenas aos emplacados em outros Estados.

"Estamos discutindo ainda o tema do emplacamento. A cidade não pode evidentemente aceitar que veículos emplacados em Curitiba e Belo Horizonte sejam utilizados comercialmente na cidade. Até locadoras devem ser comunicadas que devem utilizar veículos emplacados no Estado de São Paulo", disse Doria.

As mudanças na idade da frota e no emplacamento eram as maiores reivindicações dos aplicativos de transporte.

Nesta tarde, o secretário de transportes, Sergio Avelleda, deve se reunir com representantes dos aplicativos, com o vereador Fernando Holiday (DEM), do MBL (Movimento Brasil Livre), e com o prefeito regional de Pinheiros, Paulo Mathias, , para discutir o plano de flexibilização.

O MBL, que era um dos principais apoiadores de Doria nas redes sociais desde a campanha eleitoral, nas duas últimas semanas voltou-se contra o tucano e passou a criticá-lo publicamente por causa das restrições aos aplicativos.

O prefeito disse que já conversou com MBL e representantes dos aplicativos sobre as mudanças.

"Flexibilizamos o tempo de uso da frota. Tínhamos uma separação de cinco e oito anos, e entendemos que oito anos fica mais fácil para todos", disse o prefeito nesta terça. "Isso já foi comunicado aos aplicativos e ao sindicato dos taxistas."

Para o prefeito, a alteração serviu para pacificar a primeira crise que sua gestão sofreu com o MBL.

"Não se tem de imaginar que, em nome do liberalismo, nenhuma regra se aplique. E o MBL não se coloca contra isso. Ele compreende bem que as regras são importantes e apenas deseja que as regras sejam objetivas e, se possível, menos burocratizadas. E foi assim que nós fizemos."

Tatiana Farah é Repórter do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ela pelo email tatiana.farah@buzzfeed.com.

Contact Tatiana Farah at Tatiana.Farah@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.