Áudio em que senador diz que STF vai mandar militares fecharem o Congresso é FALSO

Homem (com voz grossa) diz que é Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e viraliza no WhatsApp ao falar que Supremo pode convocar eleições gerais com ajuda dos militares. "Foi um ato criminoso", disse senador ao BuzzFeed Brasil.

publicado

Um áudio falsamente atribuído ao senador Randolfe Rodrigues (Rede), primeiro partido a pedir o impeachment do presidente Michel Temer (PMDB), botou lenha no clima de instabilidade do país e viralizou no WhatsApp.

Na gravação, uma voz diz: "A situação é gravíssima. Não vejo que vá haver golpe de estado. O que pode acontecer é a Cármen Lúcia (presidente do Supremo Tribunal Federal) chamar as Forças Armadas, fechar o Congresso e convocar eleições gerais".

Apesar de as postagens dizerem que a voz é do senador, ela não se parece com o timbre de Randolfe. "Todo mundo diz que um traço inconfundível é a minha voz. Ela é muito aguda. Apesar disso, essa gravação viralizou. Eu fico pasmo. Isso serve para medir o poder das redes sociais", disse o senador ao BuzzFeed Brasil.

Randolfe contou que vai acionar ainda hoje a Polícia Legislativa e a Polícia Federal para descobrir a origem da gravação e da divulgação do áudio. "É uma ação criminosa", disse.

O senador fez questão de ressaltar que a voz do "falso" Randolfe tem um tom mais grave e contou: "Já me recomendaram um fonoaudiólogo porque minha voz é muito aguda. Mas eu sempre deixei esse traço distintivo".

Nesta manhã, em sua página no Facebook, Randolfe também alertou seus seguidores.