back to top

Atrizes da Globo lançam campanha contra assédio; José Mayer recua e pede desculpas

Primeiro, ator negou ter cometido assédio. Agora, em carta aberta, Mayer admitiu ter errado ao fazer "brincadeiras de cunho machista." Globo pediu desculpas à figurinista e considerou o caso "inaceitável".

publicado

Atrizes da Globo começaram uma campanha nesta terça (4) contra o assédio sexual. O movimento surgiu depois que a figurinista Su Tonani denunciou o ator José Mayer por assédio durante as filmagens da novela "A Lei do Amor", que terminou na semana passada.

Logo depois disso, em uma guinada do que vinha dizendo até então, o ator divulgou uma carta aberta em que pediu desculpas pelas "brincadeiras de cunho machista" contra a figurinista.

A carta foi divulgada pela revista "Veja" no início da tarde desta terça.

Instagram: @oficialdricamoraes

Atriz Drica Moraes exibe camiseta da campanha

O movimento contra o assédio foi encampado por atrizes como Camila Pitanga, Andreia Ribeiro, Sophie Charlotte e Grazi Massafera, que contracenou com Mayer na novela.

Em seus perfis nas redes sociais elas mostraram banners e camisetas onde se lê: "Mexeu com uma mexeu com todas", um dos slogans feministas atuais.

Publicidade

A campanha saiu da raia de atrizes e chegou a homens e mulheres, como o compositor e cantor Caetano Veloso.

Em artigo publicado no blog "Agora é que são elas", a figurinista Su Tonani disse ter sido assediada durante todo o tempo de gravação de "A Lei do Amor" e narrou um episódio em que Mayer teria colocado a mão em sua genitália e outro em que ele a teria chamado, aos gritos, de "vadia".

Primeiro, José Mayer negou ter cometido assédio e disse, por meio de sua assessoria, que era importante não confundir o ator com seu personagem.

Nesta terça, veio a guinada: José Mayer divulgou uma carta em que admitiu ter errado ao fazer "brincadeiras de cunho machista."

"Mesmo não tendo tido a intenção de ofender, agredir ou desrespeitar, admito que minhas brincadeiras de cunho machista ultrapassaram os limites do respeito com que devo tratar minhas colegas. Sou responsável pelo que faço", escreveu.

Aqui está a íntegra do texto:

“Carta aberta aos meus colegas e a todos, mas principalmente aos que agem e pensam como eu agi e pensava:

Eu errei.

Errei no que fiz, no que falei, e no que pensava.

A atitude correta é pedir desculpas. Mas isso só não basta. É preciso um reconhecimento público que faço agora.

Mesmo não tendo tido a intenção de ofender, agredir ou desrespeitar, admito que minhas brincadeiras de cunho machista ultrapassaram os limites do respeito com que devo tratar minhas colegas. Sou responsável pelo que faço.

Tenho amigas, tenho mulher e filha, e asseguro que de forma alguma tenho a intenção de tratar qualquer mulher com desrespeito; não me sinto superior a ninguém, não sou.

Tristemente, sou sim fruto de uma geração que aprendeu, erradamente, que atitudes machistas, invasivas e abusivas podem ser disfarçadas de brincadeiras ou piadas. Não podem. Não são.

Aprendi nos últimos dias o que levei 60 anos sem aprender. O mundo mudou. E isso é bom. Eu preciso e quero mudar junto com ele.

Este é o meu exercício. Este é o meu compromisso. Isso é o que eu aprendi.

A única coisa que posso pedir a Susllen, às minhas colegas e a toda a sociedade é o entendimento deste meu movimento de mudança.

Espero que este meu reconhecimento público sirva para alertar a tantas pessoas da mesma geração que eu, aos que pensavam da mesma forma que eu, aos que agiam da mesma forma que eu, que os leve a refletir e os incentive também a mudar.

Eu estou vivendo a dolorosa necessidade desta mudança. Dolorosa, mas necessária.

O que posso assegurar é que o José Mayer, homem, ator, pai, filho, marido, colega que surge hoje é, sem dúvida, muito melhor.

José Mayer”

Em nota divulgada nesta tarde, a Globo informou que apurou o caso e que, no domingo, em reunião com atrizes, diretoras e produtoras, afastou o ator José Mayer das produções da emissora por tempo indeterminado. Mayer foi notificado ontem sobre a decisão. Ele estava escalado para a próxima novela de Aguinaldo Silva, prevista para o ano que vem, mas teve sua participação cancelada.

A Globo pediu desculpas à figurinista e considerou que ela viveu uma "situação inaceitável".

"O ator José Mayer, de enorme talento e com grandes serviços prestados à Globo e às artes brasileiras, certamente terá oportunidade de expressar seus sentimentos em relação ao triste episódio e esclarecer que atitudes pretende tomar. A Globo lamenta que Susllen Tonani tenha vivido essa situação inaceitável num ambiente que a emissora se esforça cotidianamente para que seja de absoluto respeito e profissionalismo. E, por essa razão, pede a ela sinceras desculpas", diz a nota da empresa.

A Globo também afirmou que a campanha das atrizes é "bem recebida, pois está absolutamente alinhada com as crenças e os valores da empresa".


Tatiana Farah é Repórter do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ela pelo email tatiana.farah@buzzfeed.com.

Contact Tatiana Farah at Tatiana.Farah@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.

Em parceria com