back to top

As imagens impressionantes do helicóptero da polícia após interceptar avião com cocaína

Antes de fugir, piloto disse pelo rádio que tinha decolado da fazenda da família do ministro Blairo Maggi em MT. Empresa informou que a propriedade conta com 11 pistas de pouso espalhadas sem vigilância permanente.

publicado

A Polícia Militar de Goiás divulgou nesta segunda-feira (26) o vídeo que mostra a operação conjunta com a Força Aérea Brasileira (FAB) e a Polícia Federal para interceptar um avião bimotor carregado com mais de 600 quilos de cocaína.

O avião foi interceptado por um caça da FAB às 13h17 de domingo. Em contato com o caça, o piloto afirmou que havia decolado da fazenda Itamarati Norte, em Campo Novo de Parecis (MT). A fazenda é administrada pela empresa Amaggi, da família do ministro da Agricultura, Blairo Maggi.

Veja este vídeo no YouTube

youtube.com

O piloto do bimotor não obedeceu as ordens do caça, que disparou um tiro de advertência. O avião fez um pouso forçado em Jussara (GO). A asa do bimotor bateu em uma cerca, o que estragou bastante a aeronave.

O piloto e possíveis tripulantes fugiram pelo campo, deixando na aeronave mais de 600 quilos de cocaína.


A PM filmou o momento em que as forças de segurança se aproximaram da aeronave, que já estava vazia. Nas imagens, um dos policiais aponta um fuzil para o bimotor.

No domingo, a FAB divulgou que a origem do voo era a fazenda Itamarati Norte, sem falar de quem era a propriedade. Nesta segunda, em uma nota oficial, a Força Aérea afirmou que as informações sobre o local de decolagem "foram fornecidas pelo próprio piloto durante a aplicação das medidas de policiamento do espaço aéreo".

Tanto a PF como a FAB afirmaram ao BuzzFeed Brasil que o local da decolagem ainda está sob investigação.

Em nota à imprensa, a empresa da família Maggi destacou que a informação sobre a fazenda foi dada pelo piloto foragido e afirmou não ter nenhuma ligação com a aeronave. Ela informou que a propriedade conta com 11 pistas de pouso espalhadas em 54 mil hectares e que não há vigilância permanente por se tratar de operações agrícolas. Segundo a empresa essa é uma "vulnerabilidade" de todas as propriedades da região.

A droga foi recolhida pela polícia e apresentada nesta segunda na Superintendência da PF em Goiânia.

O avião, da marca Piper Aircraft, é de propriedade de Jeison Moreira Souza desde dezembro de 2014. A categoria do registro junto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) é de serviços aéreos privados. O BuzzFeed Brasil não localizou Moreira Souza.






Tatiana Farah é Repórter do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ela pelo email tatiana.farah@buzzfeed.com.

Contact Tatiana Farah at Tatiana.Farah@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.