back to top

Um homem resolveu testar os limites de uma moça que deixou claro o que faria se recebesse fotos de pinto

Madi Kohn rastreou a mãe do rapaz no Facebook e encaminhou para ela a foto que recebeu, assim como tinha prometido no Tinder.

publicado

Madi Kohn é uma estudante da Universidade Estadual do Arizona (EUA) de 20 anos de idade. Ela disse ao BuzzFeed News que já recebeu um número decepcionantemente grande de fotos de pintos não solicitadas de estranhos — não muito diferente de muitas mulheres na internet.

"Não sou a primeira pessoa a receber este tipo de coisa, e esta não foi a primeira vez", disse ela. "Estou cansada de algumas pessoas acharem que podem enviar coisas assim sem consequências".

Por isso, ela escreveu um aviso na sua biografia do Tinder: "Se você me enviar fotos de pinto, eu vou enviá-las para sua mãe".

Madi Kohn

"Se você me enviar fotos de pinto, eu vou enviá-las para sua mãe
Dito isso, eu acho que sou bem de boa, você é?"

No entanto, na semana passada, um homem (a quem ela na verdade não deu "match" no Tinder) foi até sua página no Instagram e lhe enviou várias mensagens sexualmente explícitas, incluindo (sim) a foto de um pinto. "Ele tinha me enviado várias mensagens antes disso", disse Kohn. "Eu nunca respondi."

Publicidade

Kohn acredita que o homem deve ter encontrado sua conta no Instagram por meio do Tinder, já que ela havia incluído o link na sua biografia.

"Ele estava me enviando coisas meio bizarras, grosseiras e irritantes", explicou. "Então, um dia às 6h, ele me enviou a foto do seu pinto."

Kohn disse que viu a mensagem enquanto estava no trabalho e que "ficou muito nervosa". Ela então pensou: "Eu vou fazer o que avisei no Tinder". Ela entrou na página do usuário e viu um nome completo dele na sua biografia (desde então, o usuário mudou o nome da sua conta e removeu seu sobrenome).

Ela disse que então procurou esse nome no Facebook, e um resultado pareceu coincidir logicamente.

Kohn disse que havia apenas alguns perfis com aquele nome completo, e apenas um no Arizona (e em uma cidade próxima à dela).

"Como o Tinder tem um intervalo de distância, e com base na localização dele, concluí que deveria ser aquele cara", disse. "E ele também tinha sua família listada no Facebook."

Permanecendo fiel à sua palavra, Kohn então enviou uma mensagem à mulher que ela acreditava ser a mãe do homem. Ela incluiu uma captura de tela da foto que recebeu, juntamente com uma mensagem pedindo que a mulher conversasse com o filho sobre esse comportamento. "Eu tentei ser civilizada quando escrevi a mensagem para a mãe", disse ela.

Madi Kohn

"-- Olá, eu vi que seu filho é o Ryan XXX. Eu nunca conheci ou conversei com ele, mas ele me enviou esta foto pelo Instagram depois de descobrir o meu perfil. Você pode por favor pedir para ele não enviar fotos não solicitadas para mulheres? Eu não pedi por isso."

Publicidade

Kohn disse que sua intenção era que a mãe conversasse com o filho sobre isso.

De acordo com Kohn, ela recebeu uma resposta um dia depois. A mulher pediu desculpas em espanhol e inglês, escrevendo que seu filho normalmente era um bom rapaz, mas que conversaria com ele sobre isso.

Madi Kohn

"— Olá. Claro que sim, não se preocupe, é estranho ele não é assim, é um garoto muito bom, não sei o que aconteceu, mil desculpas. Sinto muito. 1000 desculpas. Meu filho não é este homem, eu acho, mas 1000 desculpas minha filha. não se preocupe. Vou falar com meu filho
— Muito obrigada!
— De nada, deus te abençoe"

Kohn disse que ficou surpresa, não só por ter recebido uma resposta, mas também porque a mãe foi muito receptiva e gentil.

"Ela entendeu a situação muito bem", disse Kohn. "Ela não me atacou. Isso foi superlegal".

Publicidade

Contatado pelo BuzzFeed News no Facebook, o homem criticou Kohn por compartilhar fotos que ela alegava ser dele sem que ela pudesse "provar".

"Vou dizer isto. Se aquilo fosse 'eu', o que ela fez foi ilegal. Você não pode compartilhar esses tipos de fotos 'privadas' sem consentimento ", escreveu. "Não tenho certeza se você está ciente disso".

"Minha mãe, minha irmã, outros membros da família, meus amigos — ninguém se importou", escreveu ele. "Eu acho que o fato de que ninguém ter se preocupado a deixou louca para tentar fazer um grande alarde disso".

"Minha mãe sabe muito pouco inglês, então não sei se ela entendeu o que estava acontecendo", escreveu ele. "Ela apenas ficou surpresa com a foto recebida por ela. Ela se desculpou da melhor forma possível porque não sabia o que estava acontecendo. Ela me ligou e simplesmente me contou sobre isso".

O homem disse que não prestaria queixa contra Kohn, "desde que ela deixasse minha família e eu em paz".

Kohn acredita que, até este ponto, sua biografia do Tinder conseguiu dissuadir alguns caras de lhe enviarem fotos indesejadas de seus órgãos genitais. "Mas ainda estou surpresa que alguns estejam testando os limites", disse. Ela espera que isso possa mostrar aos homens que ela e outras mulheres estão falando sério sobre essa questão.

Este post foi traduzido do inglês.