back to top

Laura pode ser excluída de campeonato de futebol por ser menina

Os pais da Laura, que é capitã do time, estão divulgando um abaixo-assinado pela mudança das regras.

publicado

A Laura Pigatin, 12 anos, é capitã do time de futebol da Associação Desportiva, Educacional e Social dos Metalúrgicos de São Carlos (SP).

Facebook: LauraPigatin7

Em entrevista ao BuzzFeed Brasil, Lauro Pigatin, pai de Laura, diz que a filha joga desde os 4 anos de idade. “A família inteira adora futebol e ela pegou o gosto. Tem o sonho de ser jogadora, porém cada vez fica mais difícil, com a falta de apoio e estrutura do Brasil”, conta.

Publicidade

Ano passado, a delegada responsável pela segunda fase do campeonato na Secretaria de Esporte e Turismo disse que a Laura não poderia jogar. "Acatamos a decisão, acreditando que esse ano seria feita uma mudança no regulamento, trocando a palavra campeonato 'masculino' para campeonato 'misto'”, conta o pai de Laura.

Publicidade

"Ainda temos a esperança de que, com essa repercussão toda, os responsáveis mudem de idéia para que ela jogue. Caso contrário, continuaremos tentando mudar isso para que as mulheres possam ter o direito de participar de outros campeonatos" diz Lauro.