back to top

18 coisas que gringos que mudaram para o Brasil gostariam de te dizer

“Todo mundo me pergunta "o que você está fazendo aqui, por que veio da Europa para esse fim de mundo?". Gente, vocês não sabem o país maravilhoso que têm.”

publicado

1. “No Brasil é mais barato comprar frutas e verduras na feira do que coisas industrializadas, o que é exatamente o contrário nos Estados Unidos!”

Flickr / Luiz Fernando Reis / creativecommons.org

2. “É inacreditável o trabalho que dá para simplesmente entrar num banco. Para passar por aquele detector de metais tem que tirar praticamente toda a roupa.”

Flickr / Carnaval.com Studios / creativecommons.org

3. “No Brasil, várias vezes por dia é preciso dar o número do CPF, coisa que é estranha para os europeus pois lá eles andam até sem documento.”

4. “Para nós é realmente estranho jogar papel no lixo e não no vaso! Desculpem qualquer coisa, é só que é difícil lembrar de fazer certo todas as vezes.”

5. “Quando brasileiros falam que estão chegando, quer dizer que recém saíram de casa. Por mim tudo bem, mas no início não entendia porque demoravam tanto se já estavam chegando!”

Thinkstock / m-imagephotography

6. "O Registro Nacional de Estrangeiro (o RG dos gringos) é emitido só em Brasília e demora cerca de seis meses para o cartão chegar."

O RNE é o documento dos estrangeiros não naturalizados, que não “viraram” brasileiros.
By Ugkoeln at the German language Wikipedia, CC BY-SA 3.0, commons.wikimedia.org

O RNE é o documento dos estrangeiros não naturalizados, que não “viraram” brasileiros.

7. “Por que brasileiros comem com garfo e faca até as coisas que são para pegar com a mão, como uma fatia de pizza ou um hambúrguer?”

“Qual a necessidade de sentar para comer ou beber um suco, coxinha, sorvete? Eu caminho comendo e sempre vejo os olhos horrorizados dos brazucas”, diz o colombiano José Latorre, veternário de 42 anos.
Twitter: @richardwmc

“Qual a necessidade de sentar para comer ou beber um suco, coxinha, sorvete? Eu caminho comendo e sempre vejo os olhos horrorizados dos brazucas”, diz o colombiano José Latorre, veternário de 42 anos.

8. “Achei curioso o fato de ter duas pessoas trabalhando dentro do ônibus: o motorista e o cobrador. Na Espanha o motorista faz tudo.”

Thinkstock / ventdusud

9. “Tem muitos funcionários e pessoal de serviço em todo lugar, porteiros nos prédios, diaristas… na Europa só os muito ricos têm isso!”

Thinkstock / Nastco

10. “É muito legal a variedade de sucos que se encontram em qualquer lugar. Poder tomar em qualquer lugar suco de fruta natural, espremido na hora, é um luxo!”

Disney / BuzzFeed / Via youtube.com

11. “Por que só tem chuveiro elétrico? Difícil ter que escolher entre pouca água quente ou muita água gelada.”

12. "Só estrangeiros naturalizados podem votar no Brasil."

Quem vive no Brasil com RNE não pode fazer algumas coisas como votar, fazer concurso público ou se candidatar nas eleições.
By Senado Federal (Eleições) [CC BY 2.0 (creativecommons.org], via Wikimedia Commons

Quem vive no Brasil com RNE não pode fazer algumas coisas como votar, fazer concurso público ou se candidatar nas eleições.

13. “Quem nasceu em países de língua Portuguesa só precisa morar no Brasil por um ano ininterrupto para se naturalizar brasileiro.”

Por Missionary - Obra do próprio, Domínio público, commons.wikimedia.org

14. “Brasileiros adoram mostrar o polegar pra cima. Significa 'tudo bem', 'oi', 'me perdoa a cagada que acabo de fazer' e mais coisas ainda.”

15. “Sempre tem alguém travando a passagem das pessoas porque parou para conversar ou fumar no meio da rua, ou bem na frente de alguma porta.”

16. “Nos restaurantes brasileiros, as pessoas se chocam quando a gente pede para levar o que sobrou da comida! Nos Estados Unidos, se sobrou até uma batatinha só, o garçom pergunta se você vai levar.”

17. “Brasileiros são os reis da larica! Misturam coisas gostosas como doce de leite com pão de queijo, panetone na chapa com requeijão… nham!”

Instagram: @tfsilva84

18. “Todo mundo me pergunta "o que você está fazendo aqui, porque veio da Europa para esse fim de mundo?". Gente, vocês não sabem o país maravilhoso que têm.”

Instagram: @susanacristalli

Colaboraram: Guillermo Hernandez, espanhol; Phillipp Keydel, alemão; Kim Hale, americana; Filipa Pinto, portuguesa; José Latorre, colombiano.

Veja também: