back to top

Uma mulher de 99 anos acordou com uma criatura da floresta em sua cama

Um jeito bem assustador de acordar.

publicado

Uma mulher de 99 anos da Flórida foi acordada de um jeito estranho no fim de semana: com um animal silvestre exótico sobre seu peito.

Local 10 / Via local10.com

A idosa estava em casa tirando um cochilo quando, de repente, sentiu algo sobre seu peito, disse o veterinário Don Harris ao BuzzFeed News.

"Ela sentiu algo batendo em eu rosto. Ela acordou e estava cara a cara com este animal", disse Harris, que tratou o animal depois que ele foi levado ao Centro Médico de Aves e Animais Exóticos de South Dade.

A mulher não identificada entrou em pânico, e a criatura correu para o porão, disse seu genro Carlos Aguaras à NBC Miami.

"Eu fui acordado por uma ligação às 2:00 da manhã, o que nunca é boa notícia, e era da minha sogra aterrorizada", ele contou à emissora de TV.

Aguaras, a amiga Cathy Moghari e o filho de Moghari correram para a casa da mulher para tentar descobrir o que estava acontecendo e viram que o animal era um jupará, um mamífero nativo das Américas do Sul e Central.

Local 10 / Via local10.com

Os animais, também chamados de "ursos de mel", são parentes dos guaxinins. Harris os descreveu como guaxinins que se comportam como macacos.

Publicidade

O grupo conseguiu atrair o animal tocando sons de outros juparás com um celular. Eles levaram à criatura ao centro de Harris, onde o animal foi examinado.

facebook.com

Ele disse que o jupará, que estava sendo mantido como animal de estimação, era uma "animal muito pacífico".

"Ele estava com medo, com frio e um pouco desidratado, mas por outro lado, ele estava em boas condições", Harris disse sobre o animal.

De manhã, ele disse que o jupará parecia ter se recuperado de sua viagem.

"Era o retrato da saúde", disse Harris.

O dono do animal chegou ao centro depois de ver seu bicho de estimação nos noticiários, disse Harris. A dupla foi reunida na quarta-feira.

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1042142415852854.1073741865.125982270802211&type=3
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1042142415852854.1073741865.125982270802211&type=3

Juparás são mantidos como animais de estimação mediante licença, mas Harris disse que eles podem machucar alguém com sua mordida.

Ele acrescentou que o animal também não se adapta à domesticação, pois são acostumados a viverem em árvores.

"Confiná-los em uma casa não seria o ideal para eles", disse Harris.

Aguaras disse que a família tem um recado para o dono do animal: "Deixe-o nas mãos dos especialistas, ele não deve ser mantido em casa como animal de estimação", ele disse à NBC 10.