back to top

Uma mãe demitiu uma babá após um vídeo de sua bebê recebedo um balde de água ter viralizado

Brittany Dixson disse ter ficado horrorizada quando soube que um vídeo viral de uma bebê levando um balde de litros de água era de sua filha de 7 meses.

publicado

Uma mãe do estado norte-americano de Indiana disse ter ficado horrorizada quando soube que um vídeo viral de uma bebê levando um balde de água era de sua filha, que estava sob os cuidados de uma babá.

Desiree Howell, de Indianápolis, gravou o vídeo em um parque aquático local na quarta-feira, após testemunhar o que ela classificou como um "comportamento deplorável" por parte babá.

Facebook: video.php

O vídeo mostra a bebê levando um grande balde de água enquanto a babá apenas observa a tudo.

A mulher rapidamente carrega a bebê após ela ter sido atingida pela torrente de água.

Desiree afirmou que achou o comportamento abusivo.

"A bebê está chorando. E engolindo aquela água. Vamos torcer para que a bebê não se afogue no sono", escreveu ela em seu post.

Desiree disse ao BuzzFeed Notícias que tinha visto a babá fazer a mesma coisa "diversas" vezes antes de gravar o vídeo.

"Eu quis gravar o vídeo e colocá-lo no Facebook, para que pudesse encontrar e notificar a mãe", disse ela.

O vídeo logo se espalhou pela comunidade e foi compartilhado 5.000 vezes. Ele eventualmente chegou à mãe da bebê, Brittany Dixson, que disse ter ficado horrorizada quando percebeu que a criança era sua filha, Annora.

WISH TV / Via wishtv.com
Publicidade

"Eu comecei a chorar histericamente", Brittany contou ao site IndyStar. "Eu estava tremendo."

Brittany falou à rede WISH TV que levou Annora ao médico, que disse que a criança está bem.

http://wishtv.com/2016/06/16/mother-responds-after-video-shows-gallons-of-water-dumped-on-baby/
http://wishtv.com/2016/06/16/mother-responds-after-video-shows-gallons-of-water-dumped-on-baby/

Contudo, ela disse que o médico acredita que a bebê de 7 meses passou por algo chamado afogamento seco, que ocorre quando alguém inala água através da narina ou da boca e isso causa um espasmo nas vias respiratórias.

Brittany disse que despediu a babá.

“É muito estressante pensar que alguém faria isso com ela", disse Brittany à rede de TV. "Independentemente do número de vezes que você coloque uma criança embaixo d'água, ela não vai gostar e sempre vai chorar."

Investigadores do Departamento de Polícia de Greenwood disseram ao site Indystar que encaminharam o caso ao conselho tutelar.

Desiree afirmou não acreditar na rapidez com a qual conseguiu encontrar Brittany e que a experiência foi "maluca".

"Eu só queria encontrar os pais daquela doce menininha. Eu não achei que ia explodir desse jeito", disse.