back to top

Os colegas de trabalho desta mulher fizeram uma festa depois que ela se apresentou como trans

"Esperamos mostrar para as pessoas que há outra forma de lidar com a comunidade transgênero apesar do ódio e intolerância."

publicado

Amanda escreve sobre a vida de sua família em seu blog, The Maven of Mayhem.

Publicidade

"Ela sempre estava ansiosa, deprimida e retraída", disse Amanda sobre sua filha. "Fizemos tudo o que pudemos para ajudá-la e descobrir o que estava acontecendo com ela, mas foi em vão."

Quando Alexis se revelou, suas mães ficaram imediatamente do seu lado.

"[Esse] foi o chamado de ajuda que precisamos para finalmente sermos capazes de apoiá-la do jeito que ela precisava", disse Amanda.

Mas Amanda disse que, naquela época, ela não tinha percebido que sua esposa sabia pelo que sua filha estava passando. Zoe Knox também era transgênero, mas não podia contar.

"Ver Alexis florescendo como a menina que ela sempre foi fez com que fosse impossível continuar do jeito que eu vivia", disse Zoe Knox ao BuzzFeed News.

"Depois que ela começou a fazer algumas coisas que ela sentiu que eram necessárias — incluindo mudar seu visual enquanto estava em casa e na vizinhança, além de mudar o nome e o sexo em todos os documentos — ela estava pronta para se revelar no trabalho," disse Amanda.

Zoe disse que ela estava muito nervosa para contar tudo para seus colegas de trabalho, já que ela trabalha em um ambiente predominantemente masculino. Mas, no fim de março, ela mandou emails para todo mundo, dizendo o que estava acontecendo, e disse que iria tirar uma semana para trabalhar em casa.

"Escrever aquele email foi provavelmente a coisa mais assustadora que eu fiz na vida", disse ela. "Após enviar, eu pensei: É isso aí, não tem volta, e eu não tinha ideia de como seria a resposta".

A resposta foi imediatamente positiva, disse ela, e ela recebeu mais de 70 emails de apoio de seus colegas de trabalho.

"Esse foi o começo de algo incrível", disse ela.

Publicidade

Depois de ela ter recebido estas surpresas, os colegas de trabalho dela revelaram uma reunião que estava marcada no calendário dela era na verdade uma festa para ela, com cupcakes e café.

Amanda compartilhou a história dela em seu blog, dizendo que estaria preparada para intervir caso sua esposa tivesse uma reação negativa às novidades.

"Eu fui para o escritório da minha esposa naquele dia. Mas, em vez de precisar usar meus talentos como advogada, eu preparei meus braços para abraçá-la e levei maquiagem na bolsa caso eu borrasse a minha ao chorar enquanto agradecia a todos", disse ela.

Zoe disse que ela costuma ser uma pessoa reservada, mas ela está feliz ao saber que compartilhando sua experiência, está ajudando muita gente.

"Eu estou muito feliz em ver que estou inspirando muita gente", disse ela.

Amanda disse que a família espera que, ao compartilhar sua história, eles podem dar um exemplo positivo sobre o que é ser transgênero.

"Há muitas pessoas no mundo que apoiam e celebram aqueles que são corajosos o suficiente para viverem de maneira autêntica", disse ela. "Esperamos mostrar às pessoas que há outro jeito de lidar com a comunidade transgênero além de ódio e intolerância."