A atriz que fez a Barb em "Stranger Things" abriu o jogo sobre sua bissexualidade no Twitter

"Sou muito, muito nova na comunidade LGBT."

publicado

Na semana passada, a atriz de 19 anos usou o Twitter para falar sobre como é aceitar sua própria sexualidade — e a ansiedade que pode acompanhar esse processo.

Twitter: @shannonpurser

"Ficar confortável com sua sexualidade é um processo. Vai ficar tudo bem. Quem dera eu soubesse disso antes."

E, nesta semana, ela usou o Twitter novamente, publicando uma nota pessoal esclarecendo que recentemente se revelou bissexual para seus amigos e familiares e que ela é "muito nova na comunidade LGBT."

Twitter: @shannonpurser

"Normalmente não faço isso, mas acho que agora é uma boa hora como outra qualquer para falar sobre minha vida pessoal. Eu só recentemente me assumi como bissexual para minha família e meus amigos. É algo que eu ainda estou processando e tentando entender, e não gosto muito de falar sobre isso. Eu sou muito muito nova na comunidade LGBT."

"É algo que ainda estou processando e tentando entender, e não gosto muito de falar sobre isso", escreveu Purser. Os fãs rapidamente enviaram palavras de apoio e a agradeceram por compartilhar informações tão pessoais.

Twitter: @shannonpurser

"ah, isso me deixa tão feliz, bem-vinda à comunidade lgbt, aqui é divertido

estou tão orgulhosa de você. mais do que orgulhosa. você tem uma bela alma. eu te amo. agradecida por você.

ei, parabéns e bem-vinda à família! te desejo tudo de bom."

Mas esse momento de revelação não foi completamente espontâneo. Na nota, Purser também abordou questões sobre "queerbaiting" (quando é criada uma tensão sexual entre pessoas do mesmo sexo para atrair espectadores LGBT) em sua mais nova série de TV, "Riverdale", da CW, e pediu desculpas a todos os fãs que possam ter se sentido ofendidos com um tuíte anterior, já apagado.

Twitter: @shannonpurser

"Eu sou muito, muito nova na comunidade LGBT. Eu nunca tinha ouvido o termo ‘queerbaiting’ na minha vida até hoje. Dito isso, eu nunca quis alienar ninguém e meu tuíte foi impensado. Eu não estava me referindo de jeito nenhum a todos os shippers de Beronica [Betty & Veronica] só àqueles que foram particularmente cruéis comigo. De qualquer forma, não foi algo inteligente ou legal de dizer e estou desapontada comigo mesma, especialmente como uma cristã que sempre foi ensinada a falar com os outros com amor. Obrigada a todas as pessoas que gentilmente me procuraram e me instruíram sobre a realidade de seus sentimentos sobre o queerbaiting. Peço desculpas aos que ofendi. Com amor, Shannon."

Purser tinha tuitado na terça-feira sobre "shipar" casais fictícios em séries de TV. "Shipar" é ótimo, ser ruim com as pessoas que não curtem sua "shipagem" não é, disse ela.

Twitter: @shannonpurser

"Ships [torcer por um relacionamento em uma série/filme/livro etc] são ótimos, ser horrível com pessoas que não apóiam seu ship não é."

O tuíte dela levou a uma discussão sobre representatividade e "queerbaiting" na televisão, incluindo em "Riverdale". Purser se defendeu, frisando que o elenco não tinha controle sobre o roteiro.

Twitter: @shannonpurser

"jamie not spears
riverdale teve a oportunidade de abrir o caminho e fazer algo inédito, algo que significaria muito para muitas jovens garotas.

Shannon Purser
E eu entendo isso, a representação é poderosa e importante. Mas nós não escrevemos a série? Nós literalmente não decidimos o que acontece."

"Riverdale" recebeu críticas no início da temporada de fãs que não gostaram do fato de que um beijo entre Betty e Veronica não levou a um relacionamento gay. Lili Reinhart, que interpreta Betty Cooper na série, esclareceu que o relacionamento seria apenas de amizade.

Purser foi criticada por um tuíte que já foi apagado direcionado aos fãs da série, referindo-se a eles como "fãs nervosos obcecados por Beronica".

"Obrigada a todos que gentilmente me procuraram e me instruíram sobre o 'queerbaiting'. Peço desculpas aos que ofendi", concluiu Purser em sua nota. Alguns fãs aceitaram seu pedido de desculpas, enquanto outros acharam que nem havia necessidade de ela se desculpar.

Twitter: @shannonpurser

"qualquer um que te conhece sabe que suas intenções não foram ruins. quem acredita em outra coisa pode gentilmente se retirar."

Um usuário agradeceu a atriz por ter saído do armário mesmo nessas circunstâncias. Segundo ele, isso pode ajudar outras pessoas a reunirem coragem para se abrir com suas famílias.

Twitter: @shannonpurser

“Obrigada por ‘sair do armário’ no twitter. Sinto muito que tenha acontecido nessas circunstâncias (mas ótima justificativa!)
Eu ainda fico com um pé no armário com minha família, nunca fiz nenhum grande anúncio, mas com celebridades normalizando isso
talvez isso se torne mais fácil para mim quando eu finalmente decidir que quero que minha familia conheça esse meu lado.”

A sexualidade não é a única coisa sobre a qual Purser se abriu com os fãs recentemente — ela também fala regularmente sobre depressão, fé e saúde mental.

Twitter: @shannonpurser

"Obrigada pessoal por sempre serem tão abertos comigo sobre suas lutas pessoais. Não estamos sozinhos em nossos medos e inseguranças."

Este post foi traduzido do inglês.