back to top

O amor entre Adele e Beyoncé no Grammy é o que nos dá esperança neste mundo

Respeito e admiração mútuos.

publicado

No domingo (12), Adele e Greg Kurstin ganharam o Grammy de Canção do Ano com "Hello".

Kevin Winter / Getty Images

Também estavam concorrendo na mesma categoria Beyoncé, Khalif Brown, Asheton Hogan e Michael L. Williams pela música "Formation."

Publicidade

Como não poderia deixar de ser, a galera enlouqueceu com essa troca entre as duas divas.

Twitter: @megirard

"Minha rainha @celinedion entregando o #Grammy para a minha outra rainha @Adele que acabou de dizer "eu te amo" para a rainha-mor @Beyoncé"

Publicidade

No discurso da premiação, Adele disse:

E, é claro, meu sonho, meu sonho e minha diva é a Queen B, e eu te amo. Você consegue tocar minha alma todo santo dia. E tem feito isso pelos últimos 17 anos. Eu te amo e queria que você fosse minha mãe, sabia?

Depois, quando Adele venceu na categoria de Álbum do Ano (à qual também concorria Beyoncé), ela disse:

Não sinto que deveria aceitar esse prêmio. Eu estou lisonjeada e muito grata, mas a minha vida é a Beyoncé, e, para mim, o álbum 'Lemonade' foi monumental e muito bem pensado. Ele é lindo e emocionante, e nós pudemos ver um outro lado seu que você nem sempre mostra, e gostamos muito disso. E todos nós, artistas, te amamos. Você é a nossa luz. E o sentimentos que você desperta em mim e em meus amigos, e a força que você dá aos meus amigos negros é tão poderosa que dá a eles a coragem de lutarem. E eu te amo. E sempre amei. E sempre vou amar. /blockquote>

E, mais tarde, em entrevista a jornalistas, Adele disse como sentiu que era "a vez de ela [Beyoncé] vencer".

Este post foi traduzido do inglês.

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss