back to top

Veja o que acontece quando você se exercita depois de beber

Você vai fugir daquele happy hour ou não?

publicado

Você alguma vez já recebeu uma mensagem de um amigo quando estava prestes a ir para a academia convidando para encontrá-los num happy hour? Almoço regado a álcool? Bebedeira em um boteco?

youtube.com / Via riffsy.com

Sim, isso ja aconteceu com todos nós. E você já deve ter se perguntado: será que eu consigo malhar depois de tomar algumas doses?

Para descobrir isso a fundo, nós conversamos com Aaron White, PhD, conselheiro científico sênior do diretório do Instituto Nacional de Abuso de Álcool e Alcoolismo dos EUA (NIAAA) e com Thomas Allison, PhD, diretor do Centro de Testes de Stress Integrado na Clínica Cardiológica de Esportes de Minnesota.

Ok, isto é o que você precisa saber:

Primeiramente, isto é o que acontece no seu corpo quando você ingere álcool:

gifsec.com

"Quando você bebe, o álcool vai para o seu estômago e depois é absorvido no intestino delgado", disse White ao BuzzFeed Health. "O álcool é uma pequena molécula que vai aos mesmos lugares que a água vai em seu corpo, incluindo seu cérebro."

A velocidade com a qual você irá digerir o álcool em seu estômago depende do que também estiver por lá — portanto se você não tiver comido nada recentemente e seu estômago estiver vazio, o álcool pode ser absorvido em apenas meia hora.

Apenas uma dose de bebida alcoólica já é suficiente para afetar a maneira como seu cérebro funciona.

White disse que basta apenas um drinque, dependendo da genética e da tolerância, para que seu equilíbrio, capacidade de tomar decisões e tempo de reação sejam afetados. Isto acontece pois o álcool ativa as quatro principais áreas do cérebro: o centro de recompensa — que controla as sensações de euforia, fazendo com que você se sinta bem; o cerebelo — que controla a coordenação motora: equilíbrio, movimento e tempo de reação: o lóbulo frontal — que controla o comportamento, tomada de decisões e controle de impulsos e a amígdala — que é o que faz com que você fique ansioso ou sinta medo quando está em perigo.Assim, por exemplo, você pode não estar tão ciente de seus limites ao levantar muito peso, o que pode acarretar lesões. Ou, devido a sua coordenação motora estar afetada, você pode estar praticando um esporte e acidentalmente machucar um colega ou a si mesmo pois o seu equilíbrio está prejudicado.
teded.tumblr.com

White disse que basta apenas um drinque, dependendo da genética e da tolerância, para que seu equilíbrio, capacidade de tomar decisões e tempo de reação sejam afetados.

Isto acontece pois o álcool ativa as quatro principais áreas do cérebro: o centro de recompensa — que controla as sensações de euforia, fazendo com que você se sinta bem; o cerebelo — que controla a coordenação motora: equilíbrio, movimento e tempo de reação: o lóbulo frontal — que controla o comportamento, tomada de decisões e controle de impulsos e a amígdala — que é o que faz com que você fique ansioso ou sinta medo quando está em perigo.

Assim, por exemplo, você pode não estar tão ciente de seus limites ao levantar muito peso, o que pode acarretar lesões. Ou, devido a sua coordenação motora estar afetada, você pode estar praticando um esporte e acidentalmente machucar um colega ou a si mesmo pois o seu equilíbrio está prejudicado.

Para a maioria das pessoas, basta algumas doses para sentir realmente os efeitos durante o exercício.

Allison diz que estudos mostram que basta uma concentração de álcool no sangue de cerca de 0,08 para que você sinta perda de força e resistência muscular ou sinta vertigens e tonturas durante o exercício. Isso pode ser em torno de dois a três drinques para uma pessoa de 65 quilos e entre quatro e cinco drinques para uma pessoa de 72 quilos. Porém ele destaca que todos esses estudos foram feitos em um laboratório. Em um ambiente real, onde estamos em movimento na rua ou em uma academia (com muito mais estímulos), pode levar apenas uma ou duas doses para que alguém sinta esses efeitos. Por exemplo, você provavelmente irá sentir os efeitos do álcool com maior intensidade quando estiver malhando a céu aberto do que fazendo a mesma coisa em uma academia com ar-condicionado ligado.
instagram.com / Via Instagram: @valeriabiondi

Allison diz que estudos mostram que basta uma concentração de álcool no sangue de cerca de 0,08 para que você sinta perda de força e resistência muscular ou sinta vertigens e tonturas durante o exercício. Isso pode ser em torno de dois a três drinques para uma pessoa de 65 quilos e entre quatro e cinco drinques para uma pessoa de 72 quilos.

Porém ele destaca que todos esses estudos foram feitos em um laboratório. Em um ambiente real, onde estamos em movimento na rua ou em uma academia (com muito mais estímulos), pode levar apenas uma ou duas doses para que alguém sinta esses efeitos. Por exemplo, você provavelmente irá sentir os efeitos do álcool com maior intensidade quando estiver malhando a céu aberto do que fazendo a mesma coisa em uma academia com ar-condicionado ligado.

Portanto, tudo que exigir concentração, equilíbrio ou habilidade técnica, não é recomendado.

youtube.com

Se você estiver fazendo algo simples em uma intensidade moderada, como por exemplo trabalhando o bíceps, caminhando ou pedalando na bicicleta ergométrica, White diz que você provavelmente não vai sentir a diferença. Mas se você se inscreveu para uma aula de CrossFit, for o seu dia de pegar pesado ou estiver fazendo qualquer coisa que exija que chegue próximo do seu esforço máximo, você definitivamente irá sentir as consequências do álcool.

Portanto, se você tomou algumas doses, não é uma boa ideia fazer exercícios ou atividades que envolvam muita concentração, equilíbrio ou fazer julgamentos, como pedalar ou correr, fazer yoga, levantamento de pesos com carga alta e principalmente o simulador de escadas.

Sem contar que seus níveis de energia e resistência serão fortemente impactados.

Comedy Central / Via fuckyeahamyschumer.tumblr.com

Allison diz que quando você está malhando, o seu ritmo cardíaco atinge o pico, os vasos sanguíneos em seus músculos se dilatam e seu coração bombeia o sangue para os músculos, abastecendo-os de oxigênio e glicose para queimar e produzir energia. Mas quando você ingere álcool, os vasos sanguíneos em sua pele se dilatam e roubam o sangue de seus músculos, o álcool compete com a glicose como combustível e a capacidade do seu corpo para trabalhar de forma eficiente e usar a glicose na obtenção de energia durante todo o treino é prejudicada.

Ele diz que a maioria das pessoas não é capaz de perceber muita diferença após ingerir uma dose, mas que depois de dois drinques (dependendo da sua tolerância) haverá comprometimento leve, porém perceptível. Você irá notar esses efeitos negativos mais rápido se estiver tentando se exercitar com máximo esforço — como se você estivesse tentando ganhar uma corrida dando o máximo de si — mas pode não sentir os efeitos se estiver correndo na esteira em um ritmo mais tranquilo.

Você também pode ficar desidratado mais rápido e ter que urinar a cada 5 minutos.

Lakeshore Entertainment / Via wifflegif.com

O álcool é um diurético — uma substância que promove a produção de urina. Então, além de tudo que você já irá suar durante um treino, o álcool irá dizer a seus rins para eliminar mais líquidos, o que irá deixá-lo ainda mais desidratado. Isso pode aumentar o risco de insolação e desidratação.

Beber também pode afetar a maneira como você constrói e reabilita os músculos após se exercitar.

Disney / Via naidanaidaworld.tumblr.com

"O álcool prejudica a síntese de proteínas e diminui o hormônio do crescimento e a testosterona, o que retarda o seu crescimento e recuperação muscular", diz Allison. "Portanto, beber antes ou após o treino, mesmo que você consiga executar as repetições e levantar o peso corretamente durante o treino, irá afetar a capacidade do seu corpo de reparar os músculos e ficar mais forte."

E você provavelmente não deveria ingerir álcool para relaxar antes de um grande jogo ou corrida.

Universal Pictures / Via gifstumblr.com

Mesmo que uma bebidinha antes de uma corrida (ou aula de zumba) possa parecer uma boa ideia para diminuir seu stress, White diz que é difícil enxergar o benefício disso. Embora a diminuição temporária dos níveis de stress possa ser legal, ela será rapidamente encoberta pelos efeitos do álcool no cérebro.

Você pode se sentir bem no início, mas meia hora depois você irá se sentir potencialmente irritado e querendo urinar, comer algo ou ir dormir, o que não é o ideal.

Bom, então você foi naquele happy hour mas ainda assim quer ir malhar. ME AJUDA.

A velocidade com que o álcool chega ao intestino delgado será determinada parcialmente pelo o que mais estiver em seu estômago, disse White. Então, para diminuir a absorção do álcool, certifique-se de estar beliscando algo enquanto estiver na bebedeira (não muito pesado para ajudar no seu treino). Allison também recomenda que dê ao seu corpo algum tempo para metabolizar o álcool antes do exercício – uma hora se você tiver tomado um drinque e entre duas e duas horas e meia se tiver ingerido dois drinques. Se você tomou mais de duas doses, bem, melhor matar o treino.
instagram.com / Via Instagram: @shiramcd

A velocidade com que o álcool chega ao intestino delgado será determinada parcialmente pelo o que mais estiver em seu estômago, disse White. Então, para diminuir a absorção do álcool, certifique-se de estar beliscando algo enquanto estiver na bebedeira (não muito pesado para ajudar no seu treino).

Allison também recomenda que dê ao seu corpo algum tempo para metabolizar o álcool antes do exercício – uma hora se você tiver tomado um drinque e entre duas e duas horas e meia se tiver ingerido dois drinques. Se você tomou mais de duas doses, bem, melhor matar o treino.

Balanço final: fazer exercício após ingerir bebidas alcoólicas não é o ideal. Mas se você decidir treinar, mantenha as coisas simples e com intensidade baixa.

ABC / Via abc.go.com

"Se você ficar no happy hour antes de ir para a academia, você definitivamente não está ajudando a si mesmo", diz Allison. "Mas se você estiver tomando apenas uma ou duas doses, e não tiver se esbaldando de comida, então isso não irá doer."

Ele diz que é importante lembrar que cada pessoa irá ter um limite diferente, dependendo de sua genética e tolerância ao álcool, mas que a chave é ter certeza de que está se exercitando sob controle e que não irá colocar você ou as pessoas ao seu redor em perigo.

E quando tiver dúvida, deixe sempre o treino para outro dia.

Um brinde a todos!

imgur.com

🍻 🍻 🍻

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.