back to top

Justiça manda Temer pagar R$ 60 mil a Joesley, mas presidente ainda não leu a decisão

Temer perdeu ação que havia movido contra Joesley pela entrevista em que o empresário o acusava de liderar uma organização criminosa.

publicado

Derrotado por Joesley Batista numa ação de danos morais, o presidente Michel Temer parece que não quer nem olhar a decisão o obriga a pagar R$ 60 mil para o empresário da J&F.

Apesar de a Justiça do Distrito Federal ter proferido a sentença do caso no último dia 12, até hoje os advogados de Temer não foram ao TJDF recolher uma cópia da decisão — que acabou vindo à tona ontem, após divulgação do próprio tribunal.

Na ação, Temer havia pedido que Joesley lhe pagasse R$ 600 mil por terlhe chamado de corrupto e chefe de organização criminosa, em entrevista à Época.

De acordo com o juiz Jayder Ramos, da 10ª Vara Cível de Brasília, Joesley narrou em entrevista fatos ditos em delação premiada e já conhecidos do público, por isso não teria tido a intenção deliberada de macular a imagem do presidente.

O juiz ainda determinou que Temer pague R$ 60 mil devido às custas processuais e honorários advocatícios.

Cabe recurso à decisão.

Severino Motta é repórter do BuzzFeed News, em Brasília

Got a confidential tip? Submit it here.