back to top

Irritados com PSDB, deputados do PMDB querem Ministério das Cidades

Se pleito não der certo, peemedebistas querem levar a secretaria de Governo.

publicado

A bancada do PMDB na Câmara ainda não engoliu a postura do PSDB na votação da denúncia contra o presidente Michel Temer.

De seus 47 deputados, 21 votaram pelo prosseguimento das investigações contra o presidente, o que poderia culminar no afastamento de Temer do cargo.

Devido a isso, parte da bancada tem feito muita pressão nos bastidores para que Temer puna o PSDB retirando o partido do comando de alguns de seus quatro ministérios.

O foco principal é a pasta das Cidades, hoje comandada por Bruno Araújo.

O interesse no ministério se dá especialmente por ele ser um realizador de obras e tocar programas como o Minha Casa Minha Vida.

Caso não consigam levar a pasta, os deputados do PMDB tratam a Secretaria de Governo, ocupada por Antonio Imbassahy, como um plano B. E estão insistindo para que o presidente Temer entregue aos deputados um dos dois ministérios.

Apesar da insistência, dificilmente Temer irá retaliar o PSDB num momento em que precisa dos tucanos para a aprovação de reformas — mesmo que desidratadas — como a da Previdência e tributária.

Com isso, a pressão do PMDB pode acabar resultando não na substituição do comando dos ministérios, mas na entrega de cargos de segundo e terceiro escalão para os deputados do partido.

Severino Motta é repórter do BuzzFeed News, em Brasília

Contact Severino Motta at severino.motta@BuzzFeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.