back to top

Fufuca virou presidente da Câmara, mas está mandando muito pouco

Sem consenso, congressistas tentam desidratar reforma política ao mínimo possível (cláusula de barreira e fim das coligações, mas só para 2020).

publicado

André Fufuca está sentado na cadeira mais poderosa da Câmara dos Deputados como interino, mas não desfruta do poder do titular Rodrigo Maia (DEM-RJ). Logo que assumiu a presidência da Casa, prometeu uma "maratona de votações", mas não é bem isso que está acontecendo.

A reforma política, que já estava amarrada pela falta de consenso, entrou no ponto-morto com Fufuca. Os líderes estão tentando um acordo para votar uma versão mais light da PEC, apenas com a cláusula de barreira e o fim das coligações.

Os chefes das bancadas estão centrando seus esforços na votação da Taxa de Longo Prazo (TLP), base para os empréstimos no BNDES.

Fufuca
Câmara

Fufuca

Com isso, o debate sobre mudanças no sistema eleitoral, com a possibilidade de criação do distritão com legenda e do fundo para o financiamento de campanhas deverá ficar para a semana que vem, quando o presidente Michel Temer deverá ter retornado da China e Rodrigo Maia voltar para o comando da Câmara.

De acordo com líderes ouvidos pelo BuzzFeed Brasil, para não deixar a semana de Fufuca passar totalmente em branco, será proposta uma versão mais branda da PEC que trata do fim das coligações.

Na prática, ao invés de acabar com as alianças já para o próximo pleito, de 2018, a mudança ficaria para 2020.

No caso da cláusula de barreira, a versão atual da PEC já encontra aliados nos diversos partidos. Isso porque a necessidade de obter votos, além de progressiva é pequena.

Para 2018, teriam acesso ao fundo partidário e tempo de rádio e televisão os partidos que obtiverem 1,5% dos votos para a Câmara. Esse número subiria progressivamente até chegar em 3% em 2030.

Severino Motta é repórter do BuzzFeed News, em Brasília

Contact Severino Motta at severino.motta@BuzzFeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.