back to top

Defesa de Palocci entra com recurso para tentar manter caso na turma que soltou Dirceu

Advogado Roberto Batochio apresentou agravo e quer que a 2ª Turma do STF decida se cabe ou não ao plenário julgar pedido de liberdade do ex-ministro.

publicado

O advogado José Roberto Batochio, que defende o ex-ministro Antonio Palocci, enviou ontem ao STF um recurso para tentar manter o pedido de liberdade de seu cliente na Segunda Turma da Corte.

Composta por cinco integrantes, a Segunda Turma tomou decisões recentes determinando a soltura de presos da Lava Jato, entre eles o ex-ministro José Dirceu.

Após ver a existência de uma maioria formada na turma com a tese de que as prisões estão muito alongadas e precisam ser revistas, o relator da Lava Jato, Edson Fachin, decidiu levar o pedido de liberdade de Palocci para o plenário do Supremo, onde votam todos os 11 ministros.

A decisão de Fachin foi dada num curto despacho, em que não deixou explicitado os motivos que o fizeram retirar o caso da Segunda Turma e mandá-lo ao plenário.

Com o recurso, a defesa de Palocci quer que, antes de a matéria ser julgada pelo pleno, os cinco ministros da Segunda Turma decidam se o caso deve ou não ir ao plenário.

Até o momento Fachin não se manifestou sobre o pedido da defesa de Palocci.

Veja também:

Para evitar nova derrota, Fachin mandou caso de Palocci para o plenário do STF

Severino Motta é repórter do BuzzFeed News, em Brasília

Contact Severino Motta at severino.motta@BuzzFeed.com.

Filipe Coutinho é repórter do BuzzFeed News, em Brasília

Contact Filipe Coutinho at filipe.coutinho@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.