Após divulgação no Twitter, 12 pessoas conseguiram baixar senhas da Presidência

Apesar de erro que pôs em risco segurança das redes sociais da Presidência, assessores do Planalto dizem que as senhas já foram substituídas e que ninguém acessou os perfis.

Michel Temer Evaristo Sa / AFP / Getty Images

Imagine guardar todas as senhas de suas redes sociais num documento do Google Drive e, sem querer, postar o link no Twitter…

Pois é, isso foi o que acabou de acontecer com a Presidência da República, que num tuíte do Portal Brasil divulgou link para um arquivo contendo senhas do Instagram, Facebook, Gmail e de redes de figuras do governo.

Quem percebeu a infeliz postagem foi a coluna Radar, da Veja. O link estava num post sobre a permanência da Força Nacional de Segurança no Rio Grande do Norte.

Reprodução

Assessores da Presidência da República disseram ao BuzzFeed que nos poucos minutos que o tuíte estava no ar, 12 pessoas chegaram a baixar o documento com as senhas.

O Planalto ainda informou que substitui imediatamente as senhas e que nenhum acesso estranho foi percebido nas redes.

Questionados sobre quem foi culpado pelo erro, a Presidência explicou que as postagens em redes são de responsabilidade de uma empresa terceirizada, a Isobar, e que o autor do post já não ocupa mais sua função.



Check out more articles on BuzzFeed.com!

 
  Sua reação
 

Reações

Buzzing agora